16/05/2014

Only Best Friends Second Season: Capítulo 14 - Like a family! PART II

| |

               Justin Bieber P.O.V 
- O filme foi muito legal! – Brian disse animado mais uma vez. Eu e Kath segurávamos suas mãozinhas enquanto caminhávamos em direção ao meu carro – Você gostou mamãe? – parecendo se despertar de um transe, Katherine olhou para Brian e sorriu fraco.
- Gostei sim filho! – fiquei a olhando por longos segundos ate ela perceber. O que foi? Perguntei apenas movendo os lábios. Ela negou com a cabeça e voltou a olhar para frente. Enruguei a testa e fiz o mesmo que ela.
Justin, você precisa reconquistar essa mulher!
Quando estacionei meu carro em frente à casa de Katherine, ou o melhor; em frente à casa que um dia já morei, virei para trás e sorri para o pequeno.
- O que achou do passeio? – ele sorriu alegre, tirou o cinto que o prendia na cadeirinha e se colocou entre eu e Katherine. Brian não disse nada, apenas passou seu braço por meu pescoço e o outro pelo de Kath e nos abraçou fortemente. Sorri com isso. Baguncei seu cabelo e dei um beijo em sua bochecha quando ele se soltou – Eu te amo muito tá?
- Também te amo pai! – ele riu e deu um longo beijo em minha bochecha –  A gente pode jogar no vídeo game agora. O tio Jace me deu um jogo. Vem, eu vou te mostrar
Brian se virou para abrir a porta, mas eu segurei seu braço, ele me olhou confuso e eu sorri fraquinho.
- Hoje não meu anjo – falei suavemente. Por mais que eu quisesse mais que tudo passar o resto do dia com ele, sabia que não era o certo. Aliás hoje era o dia em que ele ficava com Kath – Eu tenho que ir embora agora
- Mas papai... – ele desfez seu sorriso e enrugou sua testa. Ele pulou para frente e sentou no colo de Kath, batuquei no volante e suspirei em meio uma risada.
- Amanha vamos passar a tarde juntos ok?
- Eu, você e a mamãe? – enrijeci meu corpo e olhei para Katherine esperando algo dela. Kath apenas revirou os olhos e negou com a cabeça
- Só você e eu – Brian tombou a cabeça para o lado e fez bico – Um dia de homens, hein? Que tal?
- Ai Bry será legal, sim – Kath falou sorrindo.
- Tá, só se me prometerem que vamos sair todo mundo junto, de novo – ele colocou sua mãozinha a frente do corpo e me encarou. Um brilho de esperança passou pelos seus olhos fazendo meu coração se amolecer. Quando eu iria me pronunciar, colocando minha mão por cima da sua; Katherine colocou a sua primeiro.
Eu não sei bem o que eu senti naquele exato momento. Não sei se foi uma onda de extrema felicidade, ou apenas um alivio por saber que ela não só queria como iria passar mais tempo comigo e com Brian.
Poderia ser a coisa mais idiota isso, poderia ser uma ilusão de um cara apaixonado. Mas eu sei que não era. Eu sentia que minha vida estava finalmente sendo consertada.
- Ok! Nós prometemos – finalmente falei, colocando minha mão por cima da de Kath, ela apenas sorriu fraco e deu um beijo na bochecha de Brian
- Verdade? – ele perguntou animado. Quando ambos assentimos ele gritou e novamente nos abraçou de uma vez – Como uma família... de novo!

Katherine Collins P.O.V 
The Mistress estava finalmente criando vida. E eu estava satisfeita com isso, estava satisfeita com meu trabalho.
Faltava cerca de cinco ou seis cenas á serem gravadas e puff o meu primeiro filme estaria pronto. Essa semana ficaria pronto o trailer e o mesmo seria lançado três dias depois dos Dia das Mães. Claro, gravaríamos as cenas que não aparecerá no trailer.
E de falar em Dia das Mães, eu planejava passar o dia inteiro com Brian e com minha mãe. Talvez fazer uma sessão de desenhos da Disney ou passarmos o dia inteiro jogando vide-game, coisa que ele mais gosta de fazer. Tenho que colocar limites nele, Bry esta ficando viciado naquele treco. Ás vezes acho que por eu estar passando muito tempo no estúdio, ele não tem o que fazer – mesmo que Naomi brinque algumas vezes com ele -, então o que resta á ele é o aparelho.
- Ficou perfeito – Dylan murmurou encarando a tela do computador de edição. A cena em questão que víamos era a que Amy, ou seja eu, dizia finalmente que amava 'James'. Eu havia gostado de gravar ela, não sei bem o por que, mas quando eu comecei a ditar todo a minha parte, eu simplesmente comecei a chorar. A equipe inteira ficou abismada achando que tudo aquilo era encenação, mas simplesmente não era. Eu estava chorando de verdade.
- Eu amo você 'James', e não tem mais como esconder isso!  - foi o que eu dissera. E vendo a cena já pronta agora, com a música de fundo tornando tudo mais dramático, com alguns efeitos e transições de câmeras, eu me lembrei do dia em que disse para Justin, pela primeira vez, que eu o amava. Me lembrei de cada detalhe e devo dizer que não gostei de tal lembrança.
- Ficou mesmo – sorri satisfeita
- Só vou pedir Cody – disse Dylan para o chefe de edição – Que na hora do beijo, aumente um pouco mais a musica ok? E depois disso vamos partir para a próxima cena
- Ok! – Cody assentiu e se virou para o notebook
- Eu ainda tenho esperança de que terminemos esse filme em duas semanas – Dylan disse enquanto encarava a mim e Ian. Ambos assentimos – Mas para isso precisamos de trabalho duplicado, esforço duplicado. Precisamos de... de a animação ao lembrar que estaremos finalizando o filme, as partes mais importantes do mesmo. Entenderam?
- Sim – respondemos em uníssono
- Beleza! Estão liberados por hoje. Vejo vocês amanha aqui ás oito em ponto. Sem atraso viu Katherine?
Dylan não me deixou responder, apenas virou as costas e seguiu a caminho de alguma sala. Ele estava incrivelmente insuportável nas ultimas semanas, não sei se é pelo fato de que eu faltei para a gravação no dia em que fui no cinema com Brian e Justin.
Eu sentia que estava a beira de ter um colapso nervoso com essa cara. Olhei para Ian e apenas revirei os olhos fazendo-o rir
- Eu to com vontade mata-lo – ele deu de ombros e começamos a caminhar em direção a entrada do estúdio.
- Você não é a única – ele sussurrou como se fosse um segredo, dei risada e me empolguei com o assunto
- O que acha de montarmos um plano maligno contra Dylan Bremann?
- Uma ótima ideia, amada Amy – dei risada e corei quando Ian passou seu braço por meu ombro e me apertou – Estou gostando muito de trabalhar com você Kath
- Digo o mesmo Ian – contorci minha boca. Ele se soltou de mim quando paramos em frente ao seu carro
- Quer carona?
- Não – fiz careta – Estou de carro – apontei para o Cadillac Escalade prata e Ian assobiou
- Tudo bem então. Ate mais – ele acenou e eu sorri. Caminhei ate o meu carro e destravei o alarme. Quando entrei no carro e estava prestes a ligar o mesmo, meu celular tocou escandalosamente me assustando.O procurei na bolsa a assim que vi escrito “Mãe” atendi rapidamente.
“- Oi mãe!
Filha onde você esta?
- Saindo do estúdio, por que?
Passa aqui no Hospital Mount Sinai
- O que aconteceu com a senhora? – perguntei preocupada
Comigo nada. Foi com Brian – arregalei os olhos e senti meu coração acelerar. Minhas mãos começaram a tremer – Ele passou mal, vomitou e esta branco como um papel. A Naomi ligou para mim e nós o trouxemos ate aqui
 - Tá! – falei confusa e piscando freneticamente – M-mas ele esta bem mãe?
Não consegui falar com os médicos ainda. E ah, o Justin acabou de chegar aqui. Eu o avisei também!
- Estou indo para aí mãe – falei sentindo as lagrimas salgadas escorrendo pelo meu rosto”
Joguei meu celular no banco e acelerei para Manhattan.
Ao chegar no hospital, estacionei o carro e corri para dentro do prédio. Uma mulher nova com o cabelo comprido escuro atendia as pessoas na recepção. Ao parar – devo acrescentar: feito uma louca – em sua frente, a jovem arregalou os olhos.
- Pediatria, onde fica? – falei ofegante
- Terceiro andar senhorita Katherine! – revirei os olhos quando ela me reconheceu. Corri para o elevador e apertei o botão apressadamente. Assim que a porta metálica se abriu o adentrei feito um furacão e apertei o numero três.
Demorou cerca de vinte segundos, o que mais pareceu horas. A porta se abriu e eu corri em direção a minha mãe, quando a encontrei.
- Como ele esta? – minha mãe veio ate mim e beijou o topo de minha cabeça
- O médico acabou de passar aqui – ela falou de forma arrastada e calmamente – Ele disse que Brian esta com febre e vomitou mais uma vez quando ele o examinava. Talvez pode ser uma virose ou uma gripe forte, não garantiu nada
- Como? Ele estava tão bem hoje de manha mãe – falei enrugando a testa
- Se acalma ok? Sente ali
- Não, eu quero ver meu filho.
- Kath eles estão cuidando do Bry, ta legal? Daqui a pouquinho você ira vê-lo – ela secou meu rosto. Assenti fraco – Senta ali do lado de Justin.
Só então fui notar sua presença ali, mesmo que minha mãe tenha falado que Justin já estava no hospital, eu nem se quer me lembrei disso. Quando o encarei nos olhos, Justin desviou. Ele estava com uma expressão séria, parecia com raiva. Seu queixo estava apoiado na mão e seu braço em seu joelho. Engoli em seco caminhando ate ele e me sentei no banco ao seu lado.
Olhei para Naomi que estava a três bancos de mim e a chamei
- Na, o Brian comeu alguma coisa diferente?
- Não. Ele só tomou o café da manha com a senhora e depois almoçou
- O que a Luce fez de comida?
- Ela fez sopa, já que Brian havia pedido para ela – assenti fraco e entrelacei minhas mãos. Estava nervosa e precisava conversar com alguém para me distrair um pouco
- Justin? – sussurrei. Ele respirou fundo e se virou para mim. Meus olhos marejaram ao ver como ele me olhava, engoli diversas vezes antes de falar algo – Por que esta assim comigo?
Ele riu irônico e balançou a cabeça
- Por que Katherine? Onde você estava quando Brian passou mal? – mordi meu lábio e continuei encarando seus olhos – Onde Katherine? Para que você contratou uma babá? Eu nem se quer sabia que Brian precisava de uma babá. Quer dizer, você esta colocando uma responsabilidade sua nas mãos de uma outra pessoa? – ele negou novamente, eu apenas abaixei minha cabeça e deixei que ele continuasse – Se você não tem tempo o suficiente para o seu filho, deixasse-o comigo. Sim, eu estou passando dias no estúdio, mas pelo menos ele ficaria com o pai. O que vem fazendo para não parar em casa?
Fiquei em silencio encarando o chão ate Justin perguntar mais uma vez
- Eu arranjei um trabalho – falei baixo ainda sem olhar para ele
- Para que? Você não precisa trabalhar Kath, tem dinheiro de sobra. Eu deixei uma boa parte para você e Brian – revirei os olhos e passei a mão em meus cabelos
- Não é por questão de dinheiro Justin – o olhei – Eu precisava de algo para me distrair quando nós nos divorciamos, eu não estava nada bem e... só precisava esquecer todo meu sofrimento por algumas horas – dei de ombros e suspirei – Então ouço você me falando tudo isso agora e parece ser errado o que estou fazendo - Justin ficou em silencio e franziu a testa
- Do que exatamente esta trabalhando? – ele arqueou a sobrancelha. Desviei mais uma vez nossos olhos. Depois de um breve silencio e quando eu iria me pronunciar, um homem velho e gorducho passou á minha frente. Seu perfume inebriando e tomando conta de todo o local. Parecia uma mistura de cigarro com sabão em pó. Um cheiro horrível que fez meu estomago embrulhar. Coloquei as duas mãos na boca e corri para o banheiro mais próximo. Antes de passar pela porta só escutei os gritos preocupados de minha mãe e Justin.

Justin Bieber P.O.V 
- O que ela tem? – Emma perguntou para si mesma – Filha! Filha abre essa porta. 
O barulho da tranca da porta fez com que eu olhasse atentamente para a mesma. Quando ela se abriu, vi uma Katherine completamente pálida, seus olhos azuis não tinha o mesmo brilho de sempre.
Engoli em seco quando ela se pôs a chorar.
- Hey meu anjo, o que foi? – perguntou Emma a puxando pela mão ate o banco
- Não aguento mais isso – ela respondeu – É quase todo dia a mesma coisa – ela fez um bico e soluçou
- Todo dia? – perguntei chamando sua atenção – Não foi só daquela vez? – ela negou e se encolheu toda e fungou
- Vou pegar algo para você comer ali na lanchonete ok? – Emma falou se levantando. A observei ate virar o corredor e em seguida voltai a olhar para Katherine
- Não acha melhor passar com um medico Kath?
- Não é nada Justin, eu sei que não é
- Você não sabe, é melhor você falar com um medico. Ele pode, sei lá, te dar um remédio de enjoo ou fazer um exame.
- Eu não quero. Não hoje. O que importa agora é meu bebê, só isso.
- Vem aqui – a chamei. Minha voz saiu mais suave do que eu imaginava – Anda! Você esta tremendo – ela me olhou em duvida, mas eu apenas assenti com a cabeça a incentivando. Katherine fungou novamente e se aproximou de mim lentamente, parecendo com medo de completar tal ato. Passei meu braço pelo seu ombro e a puxei para se aconchegar em meu corpo. Fechei meus olhos ao sentir o contato de nossas peles juntas. Seu corpo estava quente, não pelando apenas na temperatura normal, porem isso bastava para me deixar em chamas. Kath passou seu braço por minha barriga e a deixou parada em minha cintura. Apoiei meu queixo em sua cabeça e a apertei mais forte.
- Eu quero ver meu filho – ela murmurou baixinho
- Já já vamos vê-lo amor – Katherine estremeceu e enrijeceu o corpo. Arregalei os olhos quando me dei conta do que tinha falado – M-me desculpe. E-eu... não era a intenção
- Tudo bem – ela falou e eu pude notar que estava com vergonha.
Cerca de quinze ou talvez vinte minutos depois, o pediatra que atendia Brian parou a nossa frente. Eu e Kath, que nos encontrávamos ainda abraçados, nos levantamos rapidamente e caminhamos ao lado do médico quando o mesmo disse que poderíamos ver nosso filho.
Os corredores eram todos iguais, aquilo mais parecia um labirinto do que um hospital. Nunca gostei de hospitais. O quarto de Bry era o 345 da ala 6. O médico abriu a porta e nos deu passagem para entrarmos. Katherine correu ate a cama e se curvou sobre o pequeno corpo de Brian e o encheu de beijos no rosto.
- Brian irá ter que ficar de observação – falou o medico se pondo ao meu lado. Assenti para ele e encarei as duas pessoas mais importantes da minha vida. Kath agora sorria lindamente e segurava as mãozinhas do Brian enquanto o mesmo falava alguma coisa para ela – Ele está cansado e por conta do remédio que injetamos ele ficaria meio mole mesmo. Só peço a vocês dois que não o forcem a nada ok?
- Tudo bem doutor, mas já sabe o porquê dele ter passado mal?
- É apenas uma virose – falou calmo – Nada grave, o segredo é apenas descansar e se alimentar bem – assenti voltando a olhar para Katherine e Brian – Mais uma coisa Justin.
- Sim?
- Quando estava diagnosticando Brian, ele pediu muito pelos pais. Imagino que ele ainda não tenha se acostumado totalmente à separação de vocês dois. Será comum ele ficar carente, então é muito bom também que você e a senhorita Katherine fiquem com ele. Juntos.
Assenti e o médico apenas sorriu fraco e antes dele sair do quarto, deu dois tapinhas em meu ombro.
- Oi papai! – Brian murmurou quando eu me sentei ao seu lado. Segurei em sua mão e comecei a acariciar com o meu dedão
- Oi filho! Como esta se sentindo?
- Melhor – ele se sentou e encostou-se à cabeceira da cama – Mamãe eu vou ter que passar a noite aqui?
- Sim meu anjo!
[...]
Katherine Collins P.O.V 
- Through the sorrow and the fights Don't you worry, cause everything's gonna be alright – cantei baixinho a última parte da musica. Brian já dormia novamente.
Era por volta de duas da manhã. Fazia cerca de meia hora que eu tinha pegado no sono, quando Brian acordou chorando. Ele correu para o banheiro e vomitou. Isso ocorreu cerca de duas vezes. E depois pediu para cantar uma música para ele. A primeira que me veio em mente foi Be Alright.
- Por que ainda esta acordada? – escutei a voz rouca de Justin ecoar pelo quarto ate então silencioso. Me virei para ele e o encontrei coçando os olhos enquanto bocejava. Ele piscou algumas vezes antes de fixar seu olhar em mim
- Brian tinha acordado – falei baixinho para não acorda-lo. Voltei a me sentar no sofá onde minutos atrás eu e Justin dormíamos. Puxei o cobertor ate o ombro e abracei minhas pernas.
Eu e Justin havíamos discutido sobre quem iria passar a noite com Brian. Não entravamos em acordo de jeito nenhum. Então o médico nos deixou dormirmos aqui. Como nos velhos tempos, Justin dissera quando nos sentamos no sofá prestes a dormir. Nem preciso dizer que corei com tal comentário.
E agora estávamos novamente da mesma forma; em silencio e encarando o teto branco.
- Em que esta pensando? – Justin perguntou, dei risada com sua pergunta e sentei-me de lado no sofá para poder melhor vê-lo
- Em nada – dei de ombros. Ficamos novamente em um grande silencio
- Eu queria te fazer um convite – Justin falou novamente – E antes que nega mesmo sem saber sobre o que, me deixe falar ok? – revirei os olhos e assenti – Meus avós e todo o pessoal do Canadá vão vir para cá no Dia das Mães – ele pausou e passou a língua sobre os lábios e em seguida fechou os olhos – Eu queria que passasse o dia conosco, pode parecer algo bobo mas... realmente quero que você passe o Dia das Mães comigo
- Justin... eu, não sei. Estava pensando em passar o dia todo com o Brian e com minha mãe
- Pattie disse que estava pensando em chamar sua mãe também. Por favor Kath? Eu ainda creio que vamos voltar e....
- Então quer dizer que tem segundas intenções nesse pedido? – o interrompi incrédula
- NÃO! – ele gritou e eu tampei sua boca rapidamente
- Cala boca – murmurei brava e ele riu baixo
- Desculpe
- Idiota – ele riu novamente e tirou lentamente as minhas mãos da sua boca
- Mas então, você aceita? – ele tombou a cabeça para o lado e sorriu
- Vou pensar – dei de ombros e olhei para Brian
- Ah Kath! Quero uma resposta concreta. Sim ou sim? – ele arqueou a sobrancelha
- Sim ou sim Justin? E se eu não quiser ir?
- Ai eu vou ficar chateado – revirei os olhos e me encolhi mais ainda no sofá, com a intuição de dormir.
- Isso importa? – falei baixo. Já podia sentir o sono tomando conta de mim
- Importa e muito – ele suspirou e depois se encolheu no sofá da mesma forma que eu – Kath?
- Que foi Justin? – bufei
- Um dia você vai me perdoar? Tipo, não dá boca pra fora, mas de coração mesmo?
- Por que quer saber? – perguntei engolindo em seco
- Porque eu preciso do seu perdão.
- Justin isso não é um assunto que devemos falar agora. Eu estou com sono
- Eu ainda te amo e você sabe disso. Você me ama ainda? – deslizei meu olhar lentamente por ele. Justin tem uma expressão apreensiva no rosto, ele tinha medo da minha resposta – Só quero saber se... temos chance
- Não sei te dizer – me virei para a almofada do sofá e escondi meu rosto ali. Estava me segurando para não me entregar a ele.
- Kath?
Respirei fundo e respondi
- Sim?
- Eu te amo tá?
- Você já disse isso – respondi tentando esconder meu sorriso. Droga, ele estava conseguindo o que queria – Vá dormir Justin, vá dormir.
Ele soltou uma risadinha. Senti ele pousar sua mão em minha coxa por debaixo do cobertor e acariciar, com meu pé tirei a mesma dali e pressionei os dedos contra sua cintura fazendo coceguinhas nele. Justin se contorceu todo no sofá o que me fez rir.
- Para, para, para! – ele riu mais uma vez e segurou meus pés. Justin sorriu enquanto me encarava – Boa noite Collins
- Boa noite Bieber! – murmurei sorrindo. Isso tudo me fazia lembrar nossa época de melhores amigos.

Oieeeee :)
Capítulo pequeno esse heeeein?
Bom antes de tudo eu havia falado no grupo que talvez iria postar a segunda parte ainda essa semana. E eu postei. O capítulo deu 9 páginas no word, ou seja deu o tamanho de quase dois capítulos que eu costumo postar. Isso significa que eu talvez não poste segunda. Nada garantido. 
Sobre a coisa fofa que eu tinha falado capítulo passado, ela irá ficar para o próximo por que bem eu tinha me esquecido que o Brian iria ficar doente e tals e se eu fosse colocar esse treco fofo o capítulo ia ficar mais grande ainda ok?
Um super hiper mega plus spoiler: esta chegando o capítulo em que o Justin irá descobrir sobre o filme ok? Acho que daqui dois ou talvez ate seja o próximo. Só isso :) haha
É isso! Brigada por todos o comentários tá? Beijokas e até!

34 comentários:

  1. Continuaaaa ta perfeito como sempre.

    ResponderExcluir
  2. Own bem que voce disse que tinha algo fofo, muito perfeito, nao vejo a hora do próximo, continua logo, amo demais Jatharine <3 - Angela

    ResponderExcluir
  3. IN LOVEEEEEEE.. TO SIMPLESMENTE AMANDO A FIC. MDSSS ELA TEM QUE TA GRAVIDA DELE. E TEM QUE SER UMA BABYGIRL HAHAH.

    ResponderExcluir
  4. PERFEEEITO ANNA DIVA <3 E TO DOIDA PRA ELES DESCOBRIREM QUE A KATH ESTÁ GRÁVIDA LOGO CARA, NÃO TO ME AGUENTANDO VER OS DOIS SEPARADOS, ME DÓI O CORAÇÃO! CONTINUA LOGO POR FAVOR, TO ME MATANDO DE CURIOSIDADE KK, Beijoooos, Thaynara :)

    ResponderExcluir
  5. Capítulo lindo! Parabéns, continue <3

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH QUE CAPÍTULO LINDO SCRR MDSSSSSS!!!
    AMEI DEMAISSSS!
    COITADO DO BRIAN, SABIA Q ELE TINHA FICADO DOENTE POR ISSO!!
    KATH TA GRÁVIDA, KATH DA GRÁVIDA ÊÊ pelo menos é isso q eu acho kkkkkkkkkkkkkkkk
    FICOU MUITO PERFEITO
    SCRRRR TO CHOROSA!
    TO TIPO MUITO ANSIOSA PRA ELE VOLTAREM!!
    QUERO SABER A REAÇÃO DELE QUANDO DESCOBRIR DO FILME OMG GKFNYMTRMYUNG
    LINDO DEMAIS!
    Continua, xoxo *-*

    ResponderExcluir
  7. Como smp ta perfeito!
    Vc er muito talentosa!
    Xoxo!😍😘

    ResponderExcluir
  8. Continua leitura Nova ta perfeitaaa parabéns. ♡♡♡

    ResponderExcluir
  9. Omg Ameiiii Faz eles voltarem Love My diva das fanfic ♡♥♡ :)
    Xx:Lini Ribeiro

    ResponderExcluir
  10. Omg Ameiiii Faz eles voltarem Love My diva das fanfic ♡♥♡ :)
    Xx:Lini Ribeiro

    ResponderExcluir
  11. Omg Ameiiii Faz eles voltarem Love My diva das fanfic ♡♥♡ :)
    Xx:Lini Ribeiro

    ResponderExcluir
  12. Omg Ameiiii Faz eles voltarem Love My diva das fanfic ♡♥♡ :)
    Xx:Lini Ribeiro

    ResponderExcluir
  13. Omg Ameiiii Faz eles voltarem Love My diva das fanfic ♡♥♡ :)
    Xx:Lini Ribeiro

    ResponderExcluir
  14. Ah minha gente, eu amei esse Capítulo. Por que, tomara que eles se endendão. Porr que me iludo com Jatherine Forever <3

    ResponderExcluir
  15. Ahh mdss que perfeitoo... Continua pf??? Ta mtooo perfeitooo... <3

    ResponderExcluir
  16. está perfeito continua

    ResponderExcluir
  17. Continua ta perfeito amei d+ serio

    ResponderExcluir
  18. Maravilhoso ♥ to viciadaa haha

    ResponderExcluir
  19. Continuaaaaaaaaaaaa ♡♡♡♡♡♡

    ResponderExcluir
  20. UAU ! PERFEITO simplis assim PERFEITO.' Continuua

    ResponderExcluir
  21. Continua to adorando leitora nova *--* /Izabelle

    ResponderExcluir
  22. Oi, 1° ta perfeito, to.apaixonada.*-*
    2° me.passa.seu whattsapp? Eu queria participar do grupo mas tenho medo de.postar meu whatts kkkkkkkkkk é.bobagem eu seikkkkk

    ResponderExcluir
  23. Continua... Eu estou achando que ela esta grávida hahaha" ♥ ♥

    ResponderExcluir
  24. Ah continua concordo com a Gabriela tbm acho q ela ta gravida .Ansiosa pro proximo capitulo posta logooo

    ResponderExcluir
  25. Divulga pls
    http://kissmejustinbieber.blogspot.com.br/

    Thank you sweet :*

    ResponderExcluir
  26. amei.. *-* s palavras aqui !! meu deus quero vai como o Justin vai reagir ao descobrir sobre o filme =0 .... C-O-N-T-I-N-U-A

    ResponderExcluir
  27. Tá perfeito sdds do grupo mas falavam demais bjs —Julia

    ResponderExcluir
  28. AWN TA PFTT CONTINUAAA 😃😍😍😍

    ResponderExcluir
  29. enquanto ele as vezes se diverte ela trabalha só isso ,sério?

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.