26/05/2014

Only Best Friends Second Season: Capítulo 16 - Nothing Like Us

| |

Katherine Collins P.O.V
Me encolhi mais no sofá ao notar que todos haviam deixado a sala, apenas Justin havia ficado. Seus braços estavam caídos na lateral do corpo e seu corpo um pouco encurvado para frente, os seus olhos me observavam atentamente e em seu rosto estava estampado confusão. 
- Kath? - ele me chamou, sussurrando. Apenas me encolhi mais e escondi meu rosto nas mãos - Kath por que você esta chorando?
O sofá ao meu lado afundou e segundos depois seu braço pousava em minhas costas, estremeci com o seu toque e ele percebeu já que tirou seu braço rapidamente. A sua respiração bateu contra o meu ombro quando ele se aproximou para depositar um beijo no mesmo. Funguei e virei meu rosto para poder ver tal ato dele. Nossos olhos se encontraram e Justin sorriu fraco, sua mão pousou em minha bochecha e começou a acaricia-la com o dedão 
- Eu fiz uma música para você - ele sussurrou novamente. Sua respiração bateu, dessa vez, em meu rosto e eu respirei fundo para não atacar seus lábios - Ela diz tudo o que eu sentia em todos os dias que fiquei longe de você - ele abaixou os olhos para as mãos e começou a brincar com os dedos. Abracei mais forte minhas pernas e apoiei meu queixo no joelho. Eu estava parecendo, definitivamente, uma adolescente - Não pretendo lança-la - ele deu de ombros e suspirou -, queria que você a escutasse. De verdade, pode parecer algo bobo mas...
- Tudo bem - o interrompi -, eu escuto - Justin voltou a olhar para mim, ele sorriu e antes de falar passou a língua sobre os lábios
- Sério? - assenti e ele esfregou as mãos animado. Se levantou e eu fiz o mesmo, ele me conduziu ate o salão onde havia alguns de seus inúmeros instrumentos musicais. No canto esquerdo do comodo havia três violões, todos em seu devido suporte, no canto direito a bateria e no centro do salão estava o piano de cauda branco. 
Justin se sentou no banquinho e bateu ao seu lado, indicando que era para mim sentar ao seu lado, assim eu fiz. Ele pousou os dedos nas teclas e abriu a boca, travando em seguida 
- Promete que a escutará inteira? - assenti e ele respirou fundo. Justin fechou os olhos e começou a tocar 

Justin Bieber P.O.V

Lately I've been thinking
Thinking about what we had
And I know it was hard, it was all that we knew, yeah
Have you been drinking
To take all the pain away?
I wish that I could give you what you deserve

Eu tentava de todas as formas, expressar tudo o que eu sentia quando cantava. Tentava deixar claro o quanto que eu precisava que ela voltasse para mim. Nunca seria o bastante um "eu te perdoo Justin", tudo ficaria bem se Katherine simplesmente voltasse a ser minha. Voltasse aos meus braços. Era somente isso que eu desejava nesse instante. 

Cause nothing can ever
Ever replace you
Nothing can make me feel like you do, yeah
You know there's no one
I can relate to
I know we won't find a love that's so true

Abri meus olhos brevemente e olhei para aquele mar, eles estavam mais azuis do que o comum. Sorri para Kath e ela retribui só que sorrindo fracamente.  Dei de ombros e voltei a fechar os meus olhos cantando com mais firmeza o refrão:

There's nothing like us
There's nothing like you and me
Together through the storm
There's nothing like us
There's nothing like you and me
Together

I gave you everything baby
Well, everything I had to give
Girl, why would you push me away?
Lost in confusion
Like an illusion
You know I'm used to making your day

Eu estava arrependido porra, será que ela não conseguia ver isso? Não estava estampado na minha cara o quanto eu a desejava? O quanto eu precisava mais que tudo, dela? Eu sou completamente apaixonado por Katherine e eu sabia que ela ainda sentia o mesmo em relação a mim. 

But that is the past now
We didn't last now
I guess that this is meant to be
Tell me, was it worth it?
We were so perfect
But baby I just want you to see

There's nothing like us
There's nothing like you and me
Together through the storm
There's nothing like us
There's nothing like you and me
Together

Eu chorei todos os dias, todas as noites dos exatos dois meses em que estamos divorciados. Chorava todas ás vezes em que acordava e não a via ao meu lado, com nossas pernas enroscadas, seu cabelo em meu rosto e nossos corpos abraçados aquecendo um ao outro. 
Aquela mulher era e é tudo para mim. Ela é como o ar, sem ele não posso viver. Eu sinto meu coração se dilacerando ao ver o quão distante estamos um do outro. Sinto as forças se distanciarem de mim, uma vez que seus beijos sempre foram a minha fonte de energia. O que restou agora? Santo Deus, eu só podia observar seus lábios se mexeram enquanto ela falava, enquanto ela sorria. Eu não podia tocá-los, eu não podia saboreá-los. 
Apenas observá-los. 
Sua voz, seu jeito arrastado de pronunciar meu nome. O modo como olhava para nosso filho e ria de algo bobo que ele fazia. 
Tudo me encantava em Katherine Collins.

There's nothing like us
There's nothing like you and me
Together through the storm
There's nothing like us
There's nothing like you and me
Together

Só queria deixar a entender que não há nada nesse mundo, como nós dois. Não há nada mais perfeito que nós dois juntos. Não há nada como Justin e Katherine, como Jatherine. 
Encerrei a música e abri os olhos, deixando-os fixos nas teclas do piano. Suspirei e dei uma risada fraca ao sentir meus olhos se encherem de lágrimas. Céus, o quanto eu ainda iria me humilhar por Kath? 
- Quando você vai finalmente destruir esse muro que construiu em volta do seu coração? - perguntei em um sussurro, não esperava resposta alguma dela, então continuei - Eu... eu venho te mostrando o quanto estou arrependido por todo o sofrimento que fiz você passar. S-seu eu pudesse eu tiraria toda a dor de você. Se eu pudesse eu faria com que eu sofresse duas vezes mais que você sofreu. Eu faria qualquer coisa por você, faria e faço - olhei para ela e senti as lágrimas serrem finalmente liberadas. Katherine estava da mesma forma que eu, mas ela não esboçava reação alguma - Eu te quero de volta - sussurrei 
- E-eu... eu sinto muito - ela falou negando com a cabeça. Meu coração acelerou com suas palavras - Sinto muito - ela se levantou e foi andando para a porta do salão
- Kath não, por favor - corri ate ela a puxando pelo braço. Seu corpo trombou com o meu fazendo-me cambalear pra trás – Por favor
- Eu não posso
- POR QUE VOCE NÃO PODE PORRA? - gritei segurando seus braços. Katherine fechou os olhos e negou com a cabeça - RESPONDE! POR QUE NAO PODE?
- Me deixe ir - ela sussurrou abrindo os olhos, os mesmos se encontravam repletos de lágrimas
- Se você for embora agora eu nunca mais vou tentar algo com você. Eu sumo da sua vida
Ela paralisou com minhas palavras, seus olhos arregalados e sua boca aberta
- E Brian...
- Eu quero saber de você - vociferei - Quer que eu suma da sua vida? - ela lentamente negou 
- Não, eu não quero 
- Então pare com isso, pare de negar algo que você quer - franzi a testa e passei meus dedos pelo cabelo. Katherine suspirou e desceu seu olhar lentamente, ate pará-lo no chão - Diga que não me quer - sussurrei passando meu dedo sobre seus lábios 
- Eu não quero - falou olhando para minha boca. Palavras vazias
- Repita - falei no mesmo tom - Agora olhando em meus olhos
Aquele par de olhos azuis se encontraram com o meu e eu senti minha respiração falhar. Arquei minha sobrancelha e comecei a empurrar Kath lentamente 
- Diga que não deseja meu corpo, que não sente minha falta, que não pensa em mim todos as noites e em todas as manhãs em que acorda sozinha. Diga - insiste rude - Diga que não me ama mais 
Quando ela não respondeu, empurrei seu corpo, brutalmente, para a parede. Quando bateu no mesmo, nossos corpos se chocaram fortemente. Minha mão parou em sua cintura, ate começar a subir pela lateral de seu corpo. Kath me olhava atentamente. Meus lábios estavam entreabertos e meus olhos estavam cansados, quase se fechando, direcionados para sua boca. A minha outra mão puxou sua coxa para cima fazendo-a se entrelaçar em minha cintura.
Pressionei mais o meu peitoral contra o seu me fazendo arfar e fechar os olhos brevemente. 
Eu não quero - ela repetiu ofegante. Olhei em seus olhos sustentado um olhar intenso, onde eu poderia, de alguma forma, mostrar toda a mistura de sentimento. Amor. Medo. Insegurança. Desejo. Paixão.
Aproximei lentamente, esperando alguma reação dela. Nada. Como eu pensei, palavras vazias. Coloquei uma mão em sua bochecha e a escorreguei para a sua nuca. Katherine abriu a boca lentamente e arfou quando eu pressionei mais a minha pélvis contra a sua.
Suas delicadas mãos pousaram em meus braços, uma em cada. E começou a deslizar para cima e para baixo. Ainda sem desviar nossos olhos, encostei minha testa na sua e rocei nossos narizes
- Justin – ela falou em meio a um gemido
- Hum? - perguntei fechando meu olhos enquanto sentia sua respiração se chocar contra meus lábios. 
- Pelo amor de Deus - ela sussurrou e por conta de tal ato, nossos lábios se roçaram. Essa foi a deixa para mim, qualquer sanidade que ainda me restava, simplesmente evaporou com esse pouco contato.
Colei nossos lábios em um selinho brusco, assustando Katherine. Puxei seu corpo para mais perto e enrosquei meus dedos em seu cabelo. A boca de Kath se abriu lentamente quando eu ameacei a pedir passagem com a língua, quando elas se enroscaram eu apenas a suguei. Mordi seu lábio o puxando para mim e em seguida voltei a beija-la. Katherine lançou seus braços em volta do meu pescoço e me puxou para mais perto de si – se isso era humanamente possível.
Desci meus braços e os enlacei em sua cintura fazendo, em seguida, a mesma coisa que ela. Parecia que iríamos nos fundir a qualquer instante, como se fossemos se transformar em um só.
Meu coração explodia. Eu estava elétrico. Aquilo era surreal.
Meu corpo foi empurrado para trás com força e eu bati minhas costas na lateral do piano. Grunhi de dor e olhei incrédulo para a loira em minha frente
- Mais que... – sabe-se lá o que eu iria dizer. Kath avançou sobre mim, atacando meus lábios novamente. Virei seu corpo a imprensando contra o piano e meu corpo. Nossas bocas se moviam vorazmente tentando de alguma forma matar toda a saudade existente.
Coloquei minhas duas mãos em seu rosto e novamente mordi seu lábio o puxando para mim. Depositei um longo selinho no mesmo e sorri ao sentir meu lábio ser sugado. Assim que separamos nossas bocas, desci meus lábios pelo pescoço de Kath dando leves mordidas e sugadas que ficariam a marca, mesmo que fossem fraquinhas. Seus pelos se arrepiavam a cada selinho que eu dava naquela região e eu ficava extremamente satisfeito com isso. 
Katherine tombou a cabeça para trás e soltou o ar enquanto enroscava seus dedos em meu cabelo. Dei mais uma mordida em seu pescoço e fui subindo ate encontrar seus lábios. A beijei lentamente, transmitindo toda a minha saudade. Nossas línguas se enroscavam e disputavam por lugar. Mordi levemente seu lábio inferior e lhe dei um último selinho. Abri meus olhos e fiquei encarando Katherine, encostei minha testa na sua e me pronunciei, um tanto receoso
- Isso realmente aconteceu? – Kath ficou em silencio por um longo tempo ate esboçar um sorriso sapeca. Senhor como eu amo esse sorriso
- Acho que sim – sorri negando com a cabeça e a abracei forte. Ela logo retribui, escondi meu rosto na curvatura do seu pescoço e dei um leve beijo ali. Não demorou muito para que as lágrimas escorressem livremente sob meu rosto e caíssem na pele de Kath – Hei o que foi? – funguei e olhei em seus olhos, o olhar que ela me lançou fez com que a intensidade das lagrimas aumentasse. Ela me olhou preocupada e com...amor
- Me diz que não vai se arrepender disso daqui a dois minutos – implorei pousando meu rosto em seu peito e abraçando forte sua cintura – Me promete por favor, diga que não se arrepende. Ai meu Deus Katherine eu preciso saber. Preciso saber se você realmente dará uma chance a nós e... se ainda me ama e que
- Justin calma – ela me interrompeu, rindo – Calma – ela acariciou meu cabelo com os dedos e riu novamente – Qual pergunta quer que eu responda primeiro?
- Você ainda me ama? – levantei-me para poder olhar em seus olhos e sorri nervoso, aguardando ansioso por sua resposta
- Eu não disse que sempre te amaria, mesmo quando dissesse que não? – sorri alegremente e enchi seu rosto de selinho escutando sua gargalhada gostosa invadir todo o ambiente
- AI MEU DEUS, ISSO SÓ PODE SER UM SONHO – gritei e a girei no ar. Katherine fez uma careta e negou, a coloquei de volta no chão e a encarei preocupado – Que foi?
- Só fiquei tonta, não faça mais isso – ela respirou fundo e fechou os olhos por cerca de vinte segundos. Quando tornou a abri-los, sorri para ela, que deu uma leve risada e deu de ombros
- Eu amo você princesa – ela sorriu de forma encantada e juntou as duas mãos, como se fosse rezar, e as encostou em a sua boca
- Princesa é? – ela perguntou risonha me arrancando um sorriso gigante
- É, princesa. A minha princesa – ela corou e eu ri com isso. Passei meus braços ao redor de sua cintura e dei um leve selinho em seus lábios
- Vamos ir com calma, ta legal? – ela falou apontando o dedo indicador para mim. O mordi fazendo ela puxa-lo para si e fazer um bico – Combinado?
- Combinado – assenti como uma criança e ela sorriu satisfeita
- Eu senti a sua falta, bobinho - ri e coloquei uma mecha de seu cabelo atrás de sua orelha 
- Eu também senti sua falta. Todos os dias desde que te perdi - sussurrei encarando seus olhos - Me perdoe por tudo o que te fiz passar e...
- Shhhh! - ela falou colocando seu dedo em meus lábios e calando-me - Eu já te desculpei não?
- Mesmo assim, sinto obrigação de te pedir perdão a todo instante. Eu errei feio com você - ela fixou seu olhar na corrente que eu usava enquanto eu falava, eu a olhava atentamente esperando uma expressão de arrependimento ou raiva, mas o que ele fez foi apenas suspirar alto e deixar seus ombros caírem como se não tivesse importância 
- Águas passadas, sim? - segurei seu queixo e levantei seu rosto fazendo ela olhar em meus olhos. Kath sorriu fraco e me abraçou fortemente - Eu te amo mais que tudo 
Fechei meus olhos fortemente e dei um beijo em sua bochecha 
- Eu também te amo e vou provar que estou imensamente arrependido pelo que fiz
- Não precisa provar - ela desfez o abraço e roçou nossos lábios -, seus olhos já dizem tudo 
- E só agora que você percebeu? - perguntei risonho e ela corou, dei risada com isso.
- Vamos dizer que não - ela se soltou de mim e caminho ate o outro lado do piano, apoiou os dois braços nos mesmo e deitou sua cabeça por cima deles. Kath sorriu e mordeu os lábios - Só estava esperando você algo grandioso para poder voltar pra você 
Revirei os olhos e ela riu, tombei minha cabeça para o lado e tentei reprimir um largo sorriso
- Funcionou? - perguntei - Digo, meu presente de dia das mães funcionou? - ela se endireitou e fez uma expressão brava
- Achei que minutos atrás estávamos nos beijando - abri um sorriso gigante e corri ate ela a abraçando forte quando chocamos nossos corpos. Eu parecei um adolescente.
Katherine gargalhou quando eu apertei sua bunda e mordi sua orelha
- Acho que devemos voltar - assenti me pondo ao seu lado - Vamos fingir que não nos acertamos e que vamos continuar sendo amigos - acenei com a cabeça e ela riu
- Por um tempo né? Não vejo a hora de mostrar ao mundo inteiro que você é só minha - murmurei a última parte
- Sim por um tempo Justin. Vamos apenas falar para o Bry tá?
- Imagina o quanto que ele irá ficar feliz - Kath sorriu e seus olhos brilharam, antes de ela sair correndo do salão. Dei de ombros sorrindo. Ali estava a minha Kath. 

Katherine Collins P.O.V

Antes de se quer conseguir entrar na cozinha, meu braço foi puxado e consequentemente meu corpo foi para trás
- É o seguinte - Justin sussurrou tampando minha boca - Diga ao Bry que eu estou o chamando lá no meu quarto, fica algum tempinho ali na cozinha, ai depois de uns minutos você sobe dizendo que irá pegar ele para ir embora ok? - assenti com os olhos arregalados e ele riu antes de dar um beijo em minha testa - Vai lá então, gostosa 
Revirei os olhos. 
Entrei na cozinha e no mesmo instante, todos se silenciaram. Olhavam para mim com uma chama de esperança. Respirei fundo e coloquei em meu rosto a pior expressão possível 
- Bebe, seu pai esta te chamando lá em cima - falei baixo, colocando tristeza em meu tom de voz. Brian assentiu triste e pulou da cadeira saindo da cozinha com a cabeça baixa
- Kath - Pattie começou mais eu tratei de interrompê-la
- To morta de fome, vou pegar um pedaço desse bolo aqui - cortei o bolo de chocolate e coloquei o pedaço em um pratinho - Já estou indo embora, ok? Esta um tanto tarde
- Amiga, vocês... vocês não - Cait disse se interrompendo
- Não Caitlin, e não Pattie se é isso que iria me perguntar. Nós não nos acertamos... - suspirei passando as mãos pelo rosto - Eu... Justin me magoou muito e acho que não serei capaz de superar isso 
- Mas - Pattie começou, mas, novamente a interrompi
- Eu sei que vocês queriam muito que voltássemos, mas é algo muito delicado 
- Tudo bem - sussurrou Cait e Pattie juntas. Sorri fraquinho e terminei de comer meu bolo aproveitando para tomar um copo de suco de uva 
- Bom, vou pegar meu filho. Estou indo 
Me levantei e assim que sai da cozinha, subi a escada correndo ate chegar ao quarto onde Justin estava ficando. Abri a porta sem bater e o encontrei sentado na cama enquanto Brian estava deitado no pequeno sofá de couro que ali tinha. Sua cabeça estava escondida entre os braços. 
O chamei e ele se levantou lentamente 
- O que foi? - Bry caminhou ate mim e estendeu os braços para pegá-lo. Assim fiz e me sentei ao lado de Justin - Por que esta com essa carinha? 
Seus olhos se encheram de lágrimas e ele se começou a chorar. Eu o olhei assustada por que não estava entendo nada
- Filho o que foi? – Justin perguntou
- E-eu... eu queria m-meus papais juntos de novo – ele soluçou alto e voltou a chorar. Abracei seu corpo e depositei um longo beijo em sua testa
- E se eu te disser que isso esta acontecendo? – sorri quando ele me encarou confuso
- Se dissermos que... – Justin entrelaçou nossos dedos e beijou minha mão – logo, logo seremos uma família novamente?
Brian arregalou os olhos e voltou a chorar, só que dessa vez mais alto
- Você não gostou? – perguntei
Ele negou com a cabeça e nos abraçou de uma vez
- Eu não acredito – ele disse baixinho e nós rimos com isso – Era tudo o que eu queria
- Desejo realizado então – Justin riu novamente e deu um beijo em minha testa – Somos novamente uma família
- Isso – assenti e me levantei – Mas agora precisamos ir
- Ahhhhh não! – Brian e Justin disseram exatamente no mesmo tempo e eu gargalhei
- Ahhhh sim! Que tal nos vermos amanha? Nós três? – ambos assentiram – Então vamos filho
Ele deu um beijo em Justin e se levantou
- Ah garotão – Bry se virou para o pai – Faça uma carinha triste ta? Porque é segredo nosso tá legal? – Brian assentiu rindo – Agora vá na frente, quero conversar com sua mãe
Dei risada revirando os olhos. Justin fechou a porta e me prensou contra a mesma
- Vamos nos ver amanha mesmo? – ele sussurrou contra meus lábios
- Que tal você ir lá para casa quando todos estiverem dormindo – sugeri arqueando a sobrancelha. Justin riu malicioso e eu neguei – Não para isso Justin, acho que é
- Eu sei – me interrompeu – Estava apenas brincando ok?
Assenti e lhe dei um selinho
- Nos vemos mais tarde então tá? – ele assentiu e sorriu antes de me beijar profundamente. Suspirei contra seus lábios e ele soltou uma risadinha com meu ato. O abracei com a intuição de trazer seu corpo para mais perto de mim. Eu estremecia a cada vez que nossas línguas se encontravam
- Amo você – sussurrou assim que me deu um ultimo selinho
- Amo você – repeti e ele sorriu. Abri a porta e sai do quarto segurando a mão de Justin. Antes de descer o primeiro degrau, ele me puxou e me deu um selinho antes de descermos como se nada tivesse acontecido.
Voltei com a expressão de tristeza de antes e me despedi de todos. Prometendo, milhares de vezes, a Caitlin que no dia seguinte ela e eu passaríamos a tarde juntas. Antes de fechar a porta da sala atrás de mim, dei uma piscadela para Justin – quando ninguém olhava -, e ele riu fazendo a mesma coisa em seguida.
Isso tudo parecia um sonho.
[...]
Terminei de passar meu creme no corpo e no segundo seguinte a campainha tocou.
Uma e meia da manha.
Sim, eu havia acabado de tomar banho.
Desci correndo e fui ate a cozinha para atender o interfone, mesmo que soubesse quem era
- Quem é? – perguntei risonha
- A pessoa mais gostosa desse mundo – dei risada e mordi os lábios enquanto enrolava o fio do meu cabelo nas pontas de meu dedo
- Não acha que esta um pouco tarde para ir na casa dos outros, senhor-pessoa-mais-gostosa-desse-mundo?
- Nunca é tarde para estar com que se ama  - Justin sussurrou roucamente e eu suspirei. Eu o amava tanto.
- Estou abrindo o portão – falei e desliguei o interfone. Corri ate a sala e quando a abri dei de cara com Justin sorrindo. Pulei em seu colo e ele logo tratou de me envolver
- Senti sua falta – ele murmurou e eu ri
- Vou confessar que também sentia a sua
O puxei pela mão e fomos direto para o meu quarto. Nos jogamos na cama em sincronia, Justin esticou o braço e desligou o abajur.
Me aproximei dele e enroscamos nossas pernas. Ele me envolveu com seus braços fortes e apertou-me
- Ainda não acredito que estamos finalmente juntos, novamente – sorri fraquinho e comecei a acariciar seu abdome.
- E se isso tudo for um sonho? – sussurrei
- Seria mais um pesadelo se não for verdade – ri fraco e o encarei
- Pode ter certeza que é verdade – garanti e ele sorriu – Podemos dizer então que nosso amor jamais foi em vão?
- Jamais – ele me deu um longo selinho – Tudo o que é verdadeiro dura eternamente, pode ter algumas pausas – ele deu de ombros – Nosso amor é verdadeiro, eu sei disso. E como eu disse, ele teve suas pausas. Porem, isso não significa que ele, em algum minuto, acabou ou diminuiu.
- Por que uma vez Jatherine, sempre Jatherine – falei já sentindo meus olhos pesarem
- E uma vez juntos, novamente, jamais estaremos longe um do outro. 

O que acharam? Gostaram? Ai nem acredito que Jatherine esta de volta :3
Estou feliz e radiante haha
Caracas TREZE capítulos separados, eu hein, que trauma
Será que irá durar pra sempre mesmo? Próximo capítulo promete, duas revelações que eu tenho certeza que você sabem quais são. 
Espero que coração que tenham gostado 
AAAH ANTES QUE EU ESQUEÇA, esse capítulo é dedicado a todas as leitoras, mas em especial a Myn ok? Ela esta fazendo niver hoje, não sei quantos aninhos pq ela não me falou. 
Mas esta ai Myn, como pediu espero que tenha sido um bom presente :)
Bye bye!


41 comentários:

  1. U-u primeira
    Cara q perfeito Anna amei
    Continua
    Eles voltaram ahhhh morri

    ResponderExcluir
  2. A fui a segunda pelo menos a net ta ruim nem tinha visto

    ResponderExcluir
  3. Aiii q peffeito jatherine junto novamente morri apaixonada serio continua fiqyei feliz com isso

    ResponderExcluir
  4. Oii sou leitora nova e cara eu AMO JATHERINE q bom q ele voltaram s2 vc pode indicar meu blog? Obg..xoxo e CONTINUA se não eu vou te sequestrar muuaahahahaha(risada má)
    Ta ai o meu blog >> http://kidrauhlandyouforever.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oiii sou leitora nova mas cara eu amo jatherine eu AMO muito... então é melhor vc continuar logo se não eu vou te sequestrar ok? Muahahaha( risada má) CONTINUA
    Ahh e sera q vc pode divulgar meu blog pf? Obg
    Ta ai ó >> http://kidrauhlandyouforever.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Awnnn Cara Choreiii Que Capitulo Lindo
    Continuaaaaa My Diva :)

    ResponderExcluir
  7. acabei de fazer um novo oceano sua liiiiiiiiiiinda s2 esse Justin uhhhhhhhhhhhhhhul ! YEEEEEEEEEEEES JATHERINE

    ResponderExcluir
  8. SCRRRRRRRRRRR ELES FINALMENTE VOLTARAAAM!
    KATH É DIFÍCL HEIN PQP KKKKKKKKKKK
    ALELUIA ALELUIA ALELUIA ALELUIA ALELUIA!!!!!!!!!!
    CARA ESSA FIC É PERFEITA É LINDA DEMAIS MDSSS!!
    MUITO PERFEITO!!!!!!!!!!!!!!!!
    EU JÁ TENHO IDEIA DE QUAIS SEJAM AS REVELAÇÕES!
    FALA PRA MIM Q JUSTIN N VAI FICAR DE CUZAGEM, LOGO AGR Q ELE CONSEGUIU ELA DE VOLTA!
    Continua, xoxo *-*

    ResponderExcluir
  9. AAAAAAAAAAAAAAAAH JATHERINE PORRA <333333333333333333333333333 ALELUIA SENHOR!

    ResponderExcluir
  10. annnnw ameiii !! continua ... obs : não sou leitora nova só estava com preguiça de me identificar ... haha !!

    ResponderExcluir
  11. morta feat. enterrada .eu.a.mei ficou perfect bate aqui mermã \o

    ResponderExcluir
  12. Perfeitoooo continuuua

    ResponderExcluir
  13. Aiq td tá demais agr eles
    Vão se separar de novo? Aí coitados mas Jatherine e forever -Julia

    ResponderExcluir
  14. AAAAAAAAAAAAAAAAAAH SENHOR TO EMOCIONADA *-* não esperava que ia ter essa surpresa bem no finalzinho do meu niver *-* obrigada de coração babe, por ter dedicado em especial esse capitulo para minha pessoa *-* e estou com vergonha de falar minha idade pois tenho ctza que sou a mais velha daqui, estou comemorando meus 21 aninhos, mas o que posso dizer, não tem idade para ser belieber e gostar de fanfics com o Bieber :)
    Nem preciso dizer que como sempre está perfeito e eu ameiii muito *-*
    To ansiosaaa para o próximo o/

    Xoxo Myn

    ResponderExcluir
  15. Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei o capitulo, alguem ai pode me ajudar com o layout do meu blog? Eu nao sei mexer muito bem nisso :/ me ajuda pqf alguem? E ta perfct!

    ResponderExcluir
  16. POOOOORRA QUE CAPÍTULO PERFEITO, CHOREI
    TO MUITO MUITO MUITO MUITO FELIZ QUE JATHERINE VOLTOU, DE VDD
    E MUITO ANSIOISA PRO PRÓXIMO CAPÍTULO,
    UMA NOTÍCIA CREIO QUE SEJA A KATH GRÁVIDA,
    E O OUTRO TO EM DÚVIDA SE VAI SER SOBRE O FILME E CONFESSO QUE TO COM MEDO QUE OS DOIS BRIGUEM POR CAUSA DESSE ASSUNTO,
    QUERO JATHERINE FOREVEEEER <3
    Thaynara

    ResponderExcluir
  17. Que fofooooooo *--* continua logooooo ♥

    ResponderExcluir
  18. Ai mds to chorosa ai seus capítulos são um mais perfeitos q o outro
    Ufa que eles voltaram n tava mais aguentando ver eles separados
    Enfim continuaaa
    ~ maria :3

    ResponderExcluir
  19. Hey, you are a good writer! I don't speak portuguese, but i used the translator! Keep doing your texts and answer me if you could!! Xoxo, Hanna

    ResponderExcluir
  20. Don't forget me!!!!

    ResponderExcluir
  21. É JATHERINE NA VEIA CARALHO !

    Agr... eu ja até sei quais são essas revelações. MAS ME DIZ QUE O JUSTIN NÃO FICAR COM CUZAGEM MAN.

    Cara 13 caps. sem Jatherine é dms pro meu coração, se eles se separarem dnv eu corto sua cabeça menina, brincadeira '-'


    MAS TÁ MARAVILHOSA SUA FIC , EU SOU FÃ DMS , AMO MUITO TUDO ISSO

    Bjokas ~ Paula :*

    ResponderExcluir
  22. Owww que bom que Jatherine esta de volta aeeeeeee agora posso ir dormir tranquila... continua logo sua linda.

    ResponderExcluir
  23. DIVULGA?
    eu sei q é chatinho, mas pode divulgar o meu blog? Bjus obg >.<
    http://kidrauhlforeverloveyou.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Aai ela ta gravida!! E o filme mel dels, o que será que o Justin vai achar do filmee, continuaa

    ResponderExcluir
  25. Isso é uma pergunta? C-O-N-T-I-N-U-A!
    Ei amore, aceita afiliação?
    Meu blog: http://imaginegirlagora.blogspot.com.br/
    Ps: Seu blog é perfeito, principalmente na postagem "Para as Beliebers" *-*

    ResponderExcluir
  26. Claro que deve continuar, amei, omg eles voltaram, amei <3 mas e quando ele souber sobre o filme? O.o ah que fofo o mini bieber chorando pq achava que eles nao voltaram.... Amei, como disse a Luuh Alberti, que pergunta é essa, continua logo pq amei - Angela

    ResponderExcluir
  27. Oh yah!! (: Continue está ótimo

    ResponderExcluir
  28. eu to feliz e brava ao mesmo tempo

    ResponderExcluir
  29. to feliz e brava ao mesmo tempo

    ResponderExcluir
  30. Ai meu deus ficou muito perfeito esse capítulo, a volta deles. Chorei demais na parte q Justin começou a tocar no piano nothing like us ♥. Continua sua fic tá perfeita!

    ResponderExcluir
  31. Continuaaaaa ta pftttttt to chorosa 😍

    ResponderExcluir
  32. OOOMMMGGG . O.O Q Capitulooo Perfeitoooooo <333 , Continua tah perfeito

    ResponderExcluir
  33. Por favor eu sei que é chato pedir isso mais eu gostaria vcs lessem minha fanfic tbm http://eternareality.blogspot.com.br/ eu agradeceria muito, é a dona do blog.. troca divulgação?

    ResponderExcluir
  34. Por favor eu sei que é chato pedir isso mais eu gostaria vcs lessem minha fanfic tbm http://eternareality.blogspot.com.br/ eu agradeceria muito, é a dona do blog.. troca divulgação?

    ResponderExcluir
  35. Ehhhhhhhhhh que lindo kra *-*
    Continuaaaaaaa, isso é uma droga, tô viciada *o*
    NOVA LEITORA õ/
    CarenPS aq

    ResponderExcluir
  36. http://imagine--belieber-hot.blogspot.com.br/?m=1 vão lah no meu blog galera ... Ameii esse capituloo jatherinee

    ResponderExcluir
  37. Hey girl !

    Cara, sua IB é viciante ao extremo! Eu n tô mais conseguindo ficar longe dela , pfvr posta logo!!
    Passaram tantos dias e eu aqui esperando :\
    Quais dias você posta? Só pra saber msm, Obrigada ><

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.