19/03/2014

Only Best Friends Second Season: Capítulo 4 - Just one word: divorce

| |
                  
Katherine Collins Bieber P.O.V
- Kath, por favor vamos conversar
- Tira a mão do volante – berrei –, eu só quero ir embora. Me deixe ir Justin, por favor. Eu só preciso ficar sozinha – coloquei minhas mãos em meu rosto e comecei a soluçar
- Por favor – ele implorou
- Eu não quero ouvir sua voz, eu não quero te ver
- JUSTIN! – virei meu rosto e ri incrédula ao ver Amanda correndo ate o carro
- Tira a mão agora – tentei empurra-lo para poder ligar o carro – Anda, solta caramba, vai com a Amanda
- Katherine olha para mim
- Justin deixe ela ir – falou Amanda pegando seu braço
- ME LARGA PORRA! – ele gritou – VOCÊ NÃO TA VENDO O QUE FEZ?
- Eu não te obriguei a nada – ela falou - Não tenho culpa de nada. Aliás o problema não é meu se o seu marido não consegue se segurar quando vê... 
- SUA VADIA! – grunhi sem deixá-la terminar. Abri a porta fazendo-a bater em Justin, ele gemeu de dor e eu fui para cima da Amanda. Lhe lancei um tapa em sua cara e ela soltou um gritinho, sem esperar ela reagir, a empurrei e subi em seu colo assim que Amanda caiu no chão. Eu estava fora de mim, a raiva e a dor transbordava e eu precisava descontar em algo. Cerrei meu punho e acertei um soco abaixo do seu olho, seu rosto virou para o lado e no mesmo instante ela recebeu mais um tapa.
Amanda não demorou para reagir, suas mãos agarraram meu cabelo e começou a puxa-los com força, grunhi de dor e segurei seus punhos para tentar fazer ela soltar. Ela então me empurrou e minhas costas bateu com tudo no chão, segundos depois senti seu peso sobre meu corpo e meu rosto ardeu. Se ela pensa que vou apanhar, ela esta enganada. Com meu joelho, bati com força em suas costas e Amanda se curvou, aproveitei sua deixa e dei um soco em sua barriga, ela caiu para o lado e antes que eu pudesse subir nela novamente, senti duas mãos segurar meus braços e me puxar para cima
- ME LARGA! – gritei e virei o rosto para ver quem me segurava – RYAN ME LARGA
- Katherine para! – ele me chacoalhou olhando em meus olhos – Bater nela não vai adiantar em nada
Virei meu rosto e fiquei encarando Amanda se levantando, ela me olhou com ódio e depois disse
- Eu não tenho culpa se você não foi o suficiente para Justin. Admito, deixei bem claro o que eu queria – ela riu – e ele simplesmente não resistiu
Puxei meu braço – que Ryan segurava – e caminhei ate Amanda que estava sendo segurada por Chaz. Justin nos encarava perplexo. Segurei seu rosto com força a obrigando olhar em meus olhos
- Você já destruiu meu casamento, já apanhou e ainda não esta satisfeita? – ela revirou os olhos e com esse ato eu dei mais um tapa em sua cara. Da sua boca saiu mais um gemido - Você é uma vadia
Passei minhas mãos em meu rosto, o secando e respirei fundo. Olhei para Justin e ele sustentou o olhar. Senti uma lagrima escorrer demoradamente em meu rosto, não fiz o esforço de limpá-la. Eu queria que ele visse o tanto que havia me machucado. Seus lábios estavam entreabertos e sua respiração ofegante, ele só estava de calça deixando seu peitoral musculoso á mostra. Me aproximei dele e fiquei na ponta dos pés para olhar em seus olhos
- Espero que você se arrependa do que fez – sussurrei – agora... podem terminar o que começaram
Ele abaixou o olhar e suspirou, achei que falaria algo, mas não ousou olhar em meus olhos novamente. Olhei novamente para Amanda e sorri fraco ao ver o estrago que eu havia feito em seu rosto. Mas nada seria comparado a sentir na pele a dor de uma traição. Alguns tapas e socos não chegavam nem perto do que eu sentia no momento. Meus olhos pararam em Ryan que me olhava piedoso
- Ry, você pode me levar? - minha voz saiu falhada por conta do choro. Ele assentiu e então caminhamos ate o carro e dessa vez Justin não me impediu de fazer tal ato. 
- Katherine? - fechei os olhos ao ouvir sua voz, me virei e o fiquei encarando, esperando-o continuar. Ele olhou em meus olhos e falou alto, para que todos que assistiam a cena ouvissem - Eu nunca vou deixar de te amar - engoli em seco e sem demonstrar a fraqueza que suas palavras causaram em mim, apenas sorri falso e cerrei os olhos
- Problema é seu! 
[...]
"- Alô? - a doce voz de Pattie inundou a linha. Assim que ela ouviu meus soluços, entrou em desespero - Katherine, é você? O que houve? Por que você esta chorando?
- P-Pattie me a-ajuda - implorei
- Pelo amor de Deus, me diz o que aconteceu
- O J-Justin... ele me traiu - sem acreditar, Pattie ficou muda por longos segundos enquanto só se ouvia meu choro compulsivo. Eu não conseguia controlar, a dor era tão grande. Tudo, tudo o que criamos havia sido destruído. Tudo o que construímos em todos esses anos que ficamos juntos, havia acabado. 
- Ah Kath - lamentou com a voz embargada -, ele não fez isso. Não, não pode ser
- Ele fez Pattie, ele me traiu. Ta doendo tanto - solucei -, por que ele fez isso comigo? O que eu fiz para merecer toda essa dor? Será que não sou o suficiente?
- Não diga isso querida, você é uma mulher incrível
- Então por que ele preferiu outra? - gritei - Sabe como eu estou me sentindo? Uma inútil, uma inválida. Alguém que não capaz de segurar o homem da sua vida
- Para de dizer essa coisas
- Eu estou voltando para Nova York hoje - falei séria - Quando chegar, passo ai para pegar Brian e... vou para casa
- Kath, onde esta Justin?
- Eu mandei ele ficar na casa de Robert. Não quero ver ele - choraminguei 
- Fique ai, vocês conversam e resolvem a situação 
- NÃO! Eu não vou conversar com ele, não tem nada para resolver entre nós. Acabou Pattie, acabou.
- Querida...! Eu sinto muito
- Eu já comprei a minha passagem, chego aí de madrugada
- Tudo bem, eu te espero
- Obrigada Pattie, obrigada!"
[...]
Coloquei minhas malas ao lado da cadeira e me sentei. Por mais que já estivesse escuro, eu usava um óculos escuro por dois motivos: para não me reconheceram e por conta da situação em que meu rosto se encontrava. 
Desbloqueei a tela do meu celular e fechei os olhos ao ver uma foto minha junto com Justin e Brian. Tratei de trocá-la colocando uma somente do Brian. Meus pensamentos estavam vagos, a cada segundo um sentimento novo nascia dentro de mim. Eu sentia meus pelos se arrepiando e uma dor aguda no meu peito, era como se eu estivesse morrendo aos poucos. Como se eu pudesse sentir os pedaços do meu coração se partindo. "Última chamada para o voo 453, rumo a Nova York" fui tirada dos meus pensamentos por aquela voz irritante. Suspirei me levantando e segurando minhas malas. Caminhei ate o portão de embarque e ao passar por ele, senti uma lágrima escorrer pelo meu rosto. Mordi o lábio inferior e engoli em seco. 
Se Justin queria terminar nosso casamentos dessa forma, tudo bem, ele conseguiu. Não vou ficar pensando em coisas do tipo "ele tem que ver o que perdeu". Não, não vou ser tão convencida a esse ponto, eu só tenho que pensar que dei meu melhor e ele não soube aproveitar. Eu me entreguei de corpo e alma para o nosso relacionamento, e infelizmente não deu certo.
Só desejo uma coisa nesse momento: que eu possa me recuperar. Por que viver sem ele, sempre esteve fora da minha lista de sobrevivência. Eu o amo mais que a mim mesmo, mas isso já não importa mais. 
[...]
O táxi parou em frente a casa de Pattie, ás exatas uma da manha. Paguei a corrida e o simpático motorista me ajudou a levar as minhas malas ate a porta de entrada. O agradeci mais uma vez e o observei partir. Me virei para a porta e suspirei, apertei a campainha e esperei por alguns segundos.
Ouvi o som da porta sendo destrancada e logo em seguida Pattie apareceu vestida em um hobby de seda. No mesmo instante meus olhos se encheram de lágrimas, pulei em seus braços e a abracei fortemente, como se isso pudesse de alguma forma tirar toda a dor que eu sentia. 
- Calma, vai ficar tudo bem - ela sussurrou docemente. Peguei minhas malas e as deixei no canto da sala, em seguida me sentei ao lado de Pattie no sofá. Deitei minha cabeça em suas pernas e ali eu me permiti chorar tudo o que eu não chorei. Sim, eu já havia chorado, mas ainda não era o suficiente, eu tinha que continuar colocando para fora. Meus soluços eram altos e ás vezes eu tossia por conta da falta de ar repentina. Minha boca estava entreaberta para poder respirar melhor, já que meu nariz estava entupido.
Depois de quase meia hora chorando, respirei fundo e me sentei, sequei meus rosto com a manga do meu moletom e prendi meu cabelo em um coque. Olhei para Pattie, que estava com seus olhos lagrimejados e mordi os lábios 
- Brian esta dormindo? - perguntei e ela negou
- Estávamos assistindo um filme no meu quarto, quando eu disse que você voltaria hoje ele disse que queria te esperar - sorri fraco 
- Ele não perguntou do... - me interrompi
- Sim, ele perguntou - ela suspirou - Eu só disse que ele voltaria depois, só isso - assenti
- Posso vê-lo? - perguntei chorando novamente 
- Claro, vamos lá - nos levantamos e seguimos ate seu quarto. Assim que Pattie abriu a porta, Brian olhou para nós e sorriu radiante ao me ver. Ele deu um pulo da cama e correu ate mim, me agachei e abri meus braços, senti seus pequenos bracinhos envolver meu pescoço e ele escondeu seu rosto na curvatura do meu pescoço. Sentei no chão e o apertei mais, um soluço escapou de minha boca e no mesmo instante Bry desfez o abraço e me olhou
- Por que mamãe ta chorando? - perguntou. Seus olhinhos estavam brilhando, demonstrando que ele iria chorar também
- Só estava com saudades de você, meu amor - sorri e o abracei novamente
- Eu também estava, mamãe - ele sussurrou 
- Kath, por que você não dorme aqui essa noite e amanha vocês vão para casa? - Pattie perguntou e eu assenti concordando. Era melhor - Vou preparar a cama para você - ela saiu pelo corredor e eu sorri fraco para Brian
 - Dorme comigo? - perguntei e ele assentiu. Fiquei olhando para ele em silêncio, ate ele soltar uma risada
- O que foi?
- Eu te amo tanto, meu anjinho - Bry riu e acariciou minha bochecha com suas pequenas mãozinhas 
- Eu também te amo mãe, muitão - ele pulou em meu colo e eu ri o abraçando firme. 
Alguns minutos depois, Pattie voltou ate seu quarto e avisou que o quarto de hospedes já estava pronta para mim. Eu e Brian seguimos ate lá e nos jogamos na cama, começamos a conversar. Ele me contava tudo o que tinha feito nesses dois dias, enquanto eu ouvia atentamente e acariciava seus fios loiros.
Estar com ele me fazia sentir viva e feliz, apesar de não estar no meu melhor dia. Brian era a pessoa mais importante na minha vida e de alguma forma, mesmo não sabendo, ele estava fazendo eu me sentir melhor. 
- Vamos dormir agora? - perguntei assim que percebi que Bry estavam fechando seus olhos dourados
- Aham! - dei um longo beijo em sua testa e o cobri ate o ombro - Boa noite mamãe!
- Boa noite meu anjo - fiquei o observando ate ele pegar no sono, sua respiração serena me acalmava. Sorri fraco e me levantei, peguei um pijama em minha mala e fui ate o banheiro. Tomei um rápido banho e ao sair me vesti rapidamente por conta do frio. Prendi meu cabelo em um rabo e me deitei ao lado de Brian.
Puxei seu pequeno corpo o aconchegando ao meu e assim eu dormi. Tentando ao máximo esquecer todos os problemas que vinha me atormentando.

Justin Bieber P.O.V
- Por que eu não posso ir agora? - berrei para Ryan - Katherine voltou para Nova York sem me avisar
- E ela ta errada? - ele perguntou - Cara, você traiu sua esposa e ainda acha que tem o direito de ficar bravo por que ela voltou para Nova York sem avisá-lo? Ah meu irmão, eu achei que você tivesse um pouco de consciência
- Ryan, não me enche ta legal? - bufei e me joguei no sofá do chalé. Era em torno das quatro da manhã, eu só havia voltado a alguns minutos e não encontrei Katherine aqui. Nem ela e nem seus pertences.
Ryan se sentou na poltrona de frente a mim e apoiou seus cotovelos nos joelhos. Minhas mãos escondiam meu rosto para não deixar que Ryan me visse chorando
- Não adianta chorar Justin - ele falou - Você errou e feio.
- Eu sei disso - sussurrei -, e me arrependo tanto
- Me diz o por que de ter feito isso
- E-eu não sei, ela, a Amanda me empurrou para o quarto quando eu estava indo para o banheiro, e começou a se insinuar para mim. Ela estava agindo como uma vadia mas.... aquilo tava chamando a minha atenção. Eu tentei Ryan, eu juro que tentei de tudo para não partir para cima dela. Mas eu não consegui - soquei o braço do sofá e puxei os meus cabelos. Me levantei e fui ate a janela, fiquei encarando a rua ate sentir as lágrimas escorrerem pelo meu rosto. Não medi esforço algum para secá-las. Eu estava sofrendo.
Katherine. Eu amo tanto aquela mulher e veja o que eu fiz. Eu simplesmente destruí meu casamento, por culpa da maldita tesão. Estava tão arrependido, o que será que eu poderia fazer para ela me perdoar?
Eu não podia perde-la, não podia deixá-la escapar entre meus dedos. Não, eu não podia. Ela é a mulher da minha vida e viver sem ela estava fora de cogitação para mim.
E ver ela chorando, ver a dor em seus olhos, ver o quanto ela estava magoada comigo... aquilo me partiu. Aquilo me quebrou, por que a última promessa que fiz a ela, foi que eu jamais a machucaria. E tudo que eu fiz foi machuca-la.
Mas então, a imagem de Amanda mexendo seu corpo de forma sensual, invadia meus pensamentos e eu não conseguia tira-lá de lá. E eu queria me matar por isso, a quem eu queria enganar? Amanda mexe comigo, mas não da forma de anos atrás, é só uma... simples atração. Só isso.
- Você pensa na possibilidade de Kath querer pedir...
- Não, não fale isso - o interrompi engolindo em seco - Ela não pode fazer isso
- Justin - ele sussurrou -, desculpe te dizer, mas ela pode sim fazer isso e, creio que Katherine não pensará duas vezes.
- Eu só não quero perde-la - murmurei - Eu amo a Katherine, Ryan. Amo tanto, ninguém sabe o quanto. Só que eu tenho um ódio tão grande de mim por que... - pausei bufando
- Por que o que?
- Porque o meu corpo deseja a Amanda. Isso não podia acontecer, eu não podia sentir atração por outra mulher - me virei para ele - Eu não podia, eu não posso.

Um dia depois...

Katherine Collins Bieber P.O.V
Assim que terminei de descer as escadas da casa de Pattie, Brian agarrou minhas pernas e puxou minha blusa
- O que foi pestinha?
- Eu ganhei um presente do vovô - ele respondeu sorrindo
- O que ele te deu? - perguntei curiosa.
- Vem ver - ele segurou minha mão e me puxou ate a parte do fundo da casa.
Era o segundo dia que eu passava na casa de Pattie, Justin não havia voltado ainda, e isso me fazia pensar que ele realmente queria fazer... aquilo com Amanda. Porem, eu sabia que ele iria voltar hoje, já que iriamos passar apenas quatro dias na Califórnia. E hoje era o último.
Estava na hora do almoço e eu deduzia que ele estava prestes a chegar. Por mim eu estaria em minha casa, mas a pedido de Pattie e para o bem de Brian, eu fiquei dormindo aqui. Ao chegar no quintal arregalei os olhos
- Gostou? - perguntou Bry animado, olhei para ele e ri
- Ele é lindo - me aproximei do enorme labrador e me sentei ao seu lado
- É menina, mamãe - falou Brian - E ela se chama Layla
- Hum, já teu ate nome é? - perguntei e ele assentiu
- Eu gostei dela, a gente estava brincando ate agora
- É mesmo? - ele assentiu. O barulho do portão sendo aberto chamou nossa atenção, me virei e congelei ao ver Justin saindo do carro. Eu não estava preparada para vê-lo e muito menos conversar com ele.
- PAPAI! PAPAI, O PAPAI CHEGOU - Brian gritou e saiu correndo em direção a cozinha, me levantei relutante e percorri o mesmo caminho que o pequeno. Ao chegar na sala, vi Justin abraçando Brian fortemente e depois ele o colocou no chão. Os dois conversavam animados e Bry fazia Justin sorrir a cada segundo. Mas isso foi por pouco tempo, já que quando Justin percebeu que eu os observava, ele paralisou com os olhos arregalados, seus olhos lagrimejaram no mesmo instante e eu engoli em seco
- Filhão, você deixa eu conversar um pouquinho com a sua mãe? - ele perguntou docemente para Brian, o garoto assentiu e saiu correndo para o quintal. Respirei fundo e continuei no mesmo local esperando alguma palavra de Justin - Eu só preciso que você me perdoe - ele falou
- Eu vou ser clara e rápida com você - falei grossa -, apenas uma frase
- Você não pode falar isso - ele sussurrou já chorando

- Eu quero divórcio! 
É O SEGUINTE, 43 COMENTÁRIOS? É ISSO MESMO? OMB VOCÊS QUEREM ME MATAR NÃO É MESMO? PERCEBI QUE TODO MUNDO CHOROU, HAHAHA SOU MALVADA!
[desativando capslock] o capítulo ficou uma bosta que eu sei. Sobre a demora, me desculpem só que esse ano vai ser mais complicado para mim. Meus planos é entrar em uma escola técnica ano que vem e para isso eu preciso me esforçar hoje e tals. E eu realmente espero que vocês entendam quando eu demorar para postar, eu venho tendo muitas lições e quando vou escrever OBF, já estou cansada e sem criatividade. Dia 3 agora, eu tenho uma prova de um livro - chato por sinal - que eu tenho que ler, sem contar nas inúmera redações e trabalhos que eu tenho que fazer e entregar. E mais uma vez eu peço para que todas vocês tenham paciência de esperar os capítulos, pq meninas de qualquer forma eu tenho minha vida fora do blog. Minha mãe, por exemplo disse que eu estava muito preocupada com minhas fanfics e não estava me dedicando muito aos estudos e isso não era para estar acontecendo. Vocês já devem ter percebido que eu não estou postando com tanta frequência como eu postava a primeira temporada e infelizmente vai continuar assim. Pelos menos umas três ou duas vezes por semana eu garanto que posto. E espero que vocês não fiquem chateadas comigo, por favorzinho.
MAS TA, já falei demais. 
OBRIGADO POR TODOS OS COMENTÁRIOS DE OBF E DE BROKEN TBM TÁ?
E outra coisa, eu fiz uma novas capas ok? Quem quiser ver clica aqui:
Link da page que uma leitora fez para OBF: https://www.facebook.com/onlybestfriendss
É isso, beijokaaaas :)

50 comentários:

  1. Me fez chorar dnv :( Me diz q ela tá sonhando,q eles não vao se separar :(

    ResponderExcluir
  2. Primeira? Continuaaaaaaaa cara eu quero o justin sofra muito!pois e sou malvada mas cara,tipo como assim sente atração pela amanhã,vai se ferrar ele então!continua bjo seria legal o próximo cap cm o ponto de vista dele logo depois do q ela falou

    ResponderExcluir
  3. Mds que perfeição é essa ??? To chorando aqui 😭😭

    ResponderExcluir
  4. Caraca não o justin tem que sofrer pacas agora, poha ele traiu ela, a se eu fosse ela metia a porrada nele. CONTINUA

    ResponderExcluir
  5. MUITO OBRIGADA POR ME FAZER CHORAR TÁ? :c cara, a kat tem que ouvir o lado da historia do justin (ou não pq ele é idiota e traiu a kat) mas sério esse casal é perfeito ELES PRECISAM VOLTAR LOGO <3

    ResponderExcluir
  6. nao demora tanto dessa vez!!! continuaaa

    ResponderExcluir
  7. Meeeu Deus como assim ele seeentre atraaaaaaçao poooor aqueeela puta? Vou meter um tiro nesse fdp.
    Issso aeeeee mo surraaaa nessa cadellaaa..!
    MEU DEUS CONTINUA A A A .
    BEEIJOO <33
    Naty <3

    ResponderExcluir
  8. Você conseguiu me fazer chorar de novo... continua pelo amor de Jeová... sua fic eh muito perfeita... te admiro muito... ♥Naty

    ResponderExcluir
  9. Eu acompanho desde o começo, e posso te dizer que hoje eu não vivo mais sem suas fanfics. Vicei, e essa parte está me deixando frustrada e emocionada :'( Continua <3

    ResponderExcluir
  10. voce me fez chorar de novo... cotinua amr

    ResponderExcluir
  11. Aiiiiinnnnw , mim acabeii aki choreeei de maiis , Perfeittto , Continuuua .. Ufa :´)

    ResponderExcluir
  12. Pq faz isso? to chorando :(

    ResponderExcluir
  13. O capitulo esta uma bosta?? Eu estou chorando aq e o capitulo esta uma bosta?? Pf néh??? Mdsss coitado do Bryy... Continua pfff???

    ResponderExcluir
  14. Continuaaaaa, e não ouse falar que o capitulo esta uma bosta! Que escola tecnica que você vai estudar? Pois eu estudo no IFES CAMPUS ALEGRE <3
    #Lara

    ResponderExcluir
  15. Coontinuaaaaaaaaaaa Porque não leva sua fanfic para o SocialSprit ?? / Thalia

    ResponderExcluir
  16. CAAAARA, SEM PALAVRAS, SÉRIO. TA PERFEITO E EU AMEI A PARTE QUE A PUTA DA AMANDA APANHOU, MERECIA UM TIRO, ELA E O JUSTIN, MAIS ENFIM.. TA MUITO PERFEITO E EU JA TO MORRENDO DE CURIOSIDADE, VOU CUSTAR A ESPERAR MAIS EU ENTENDO QUE TEM SUA VIDA, SÓ SEI QUE VOCÊ NÃO OUSE A DIZER QUE ESSE CAPITULO FOI UMA BOSTA, VOCÊ ME FEZ CHORAR, TÁ LEGAL. ESPERO QUE O JUSTIN SOFRA MUITO, E EU NÃO QUERO DIVORCIO, MAIS QUERO UMA COISA JUSTA, SEI LÁ.. DEIXO EM SUAS MÃOS PORQUE NGM MELHOR PRA ESCREVER DO QUE VOCÊ. AMO ESSA FIC E NÃO VIVO MAIS SEM. TE ADOOOOORO, VOCÊ É MUITO DIVA E JA FALEI DEMAIS NE. BEIJOOOOOOS, THAYNARA <3

    ResponderExcluir
  17. É ISSO AÍ GAROTA ! ASSIM QUE SE FAZ NEGA ,SIMPLESMENTE DIGA QUE NÃO SE IMPORTA E SEGUE EM FRENTE, SUPERA MINHA FILHA . NÓIS CONTINUA AI

    ResponderExcluir
  18. No próximo cap coloca a música "let her Go" e POV do Justin. Ta perfeito.

    ResponderExcluir
  19. VC QUERIA MESMO ME FAZER CHORAR NÉ? caralho, eu chorei lendo o capítulo anterior e esse. eu vou arrancar as bolas do justin. e a kath ta certa de pedir divórcio, ele que vá com a vadia da amanda. aaaaaaaa, to morrendo aqui. continua logo plmdds pq eu to pirando.
    - bia - @jdbwithddl

    ResponderExcluir
  20. Noooooossa man,2 capitulo seguido que eu choro kkkkkkk <333 ameei,continua pq ta perfeito

    ResponderExcluir
  21. Por favor me diz que nào é verdade, eu to chorando por favor.... me diz que é uma alucinação delr/la por favor... não me faz chorar.... :'(

    ResponderExcluir
  22. seria ttão emocionante se a Kath tiver gravida !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se isso contecer, o Justin volta pra ela. Eu quero que ele sofra até chegar o momento certo.

      Excluir
  23. Continuaaaaaaaaa :)

    ResponderExcluir
  24. Continua ta vida sua IB

    ResponderExcluir
  25. Ooow :'( ... Adoro tua fic! Tá muito bom, continuaaa ! *---*

    ResponderExcluir
  26. Amei a sura que kath deu na vadia da quela Amanda !! Fiquei triste pelo o que Justin fez :/ continuaa *0* DIVORCIO

    ResponderExcluir
  27. Puta que pariu ta muito foda , continuaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  28. Seguinte, eu, agora, vou agir como uma sensata leitora. Por favor, não faça o Justin e a Katherine se reconciliarem cedo demais. Tem de haver um pouco mais de drama. Ambos separados por um período, porém, não exagere nesse quesito. Enfim, que eles se relacionem com outras pessoas, mas que depois voltem. Enfim², só te peço que não os junte muito cedo. É isso, continue logo pois está muito bom.
    Grazy (@ollgmendler)

    ResponderExcluir
  29. Ahhhhhhhh ai q divoo e mais uma vez vc me fez chorar 😊😊😊😊😊 continua

    ResponderExcluir
  30. Continue PELO AMOR DE DEUS essa historia é FANTASTICA

    ResponderExcluir
  31. to tão feliz por ela falar isso ! seja melhor que esses dois!

    ResponderExcluir
  32. Chorei aqui!
    Continua logo amore! <3

    ResponderExcluir
  33. Justin fdp =( #Choreii
    (gostou da pagina no face ?? )
    ass:Caroll

    ResponderExcluir
  34. Aiiiwn q perfeita sua fic garota... nunca mais ouse falar q esta uma bosta. Pq se eu fosse escrever uma coisa assim, iria ficar igual a caverna do diabo hehehe.. continua <<
    Xx

    ResponderExcluir
  35. Que raiva do justin serão , enfim continuaaaaaaaaaaaaaaa por favor ta muito bom

    ResponderExcluir
  36. Cara ta muito perfeito
    #Chorando Aqui#
    Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  37. o Justin é muito fdp ~sorry Pattie sogrinha~ cara ele tem que sofre muito pra aprender, ahh da vontade de matar ele de raiva arrg. A Kath podia ficar gravida e dps aborta pra se vingar do Justin, aposto que ele ia ficar puto da vida se ela fizesse isso haha ai eu tó com tanta mais tanta raiva de vc Justin seu arrombado, mais então continua logo plisss eu amo sua fic.
    Eu sei que isso e muito chato e tal mais vc pode dar uma olhada na minha fic e divulgar? http://imagineeebeliebers.blogspot.com.br/ eu comecei a postar hoje e tó precisando de leitoras, obg desde já. bjs

    ResponderExcluir
  38. Continua logo por favor

    ResponderExcluir
  39. PQP Continua Logo Se Não Eu Morro

    Sem or Ta Perfect °-°

    ResponderExcluir
  40. Continuaaaa tá muito perfeito !!!!!!

    ResponderExcluir
  41. Continuaaaa tá muito perfeito !!!!!!

    ResponderExcluir
  42. cara nao consigo parar de chorar eu to tremendo nao consigo controlar meu choro voce e muito malvada acabou com o pouco de sentimento que me restava juro se eeu visse justin agora eu iria estrangular ele ee sem deixar ele perguntar oo porque aa amanda acho que se fosse eeu no lugar de katherine tinha arrastado ela pelos cabelo ate a piscina ee tinha afolgado ela ate ela morrer bjooos de sua fã te amo voce e a melhor escritoras de todas

    ResponderExcluir
  43. annnw , chorei , amei a parte do labrador kk mais chorei !!

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.