06/02/2014

Only Best Friends: Capítulo 29 - I'mma put you down

| |
Eu imagino ou eu vejo seu olhar?

Ainda existe saudade?
Ah, eu me odeio, e me sinto louca
É um clássico conto
Britney Spears - Perfume

Katherine Collins POV

- Agora eu posso, literalmente, te mostrar o gay aqui! – foi inevitável não morder os lábios, muito menos não se arrepiar. Uma vez que Justin sussurrou sensualmente em meu ouvido, me diz; você se arrepiaria se um Deus Grego desse sussurrasse perdições em seu ouvido? Claro que sim!
Ignorando totalmente a sede que eu sentia, me virei para Justin e dei uma leve risada que ele logo me acompanhou. Suas mãos deslizaram sobre a lateral do meu corpo ate parar em minha cintura, onde ele começou a acariciar e apertar. Levei minhas mãos para o seu pescoço e aproximei meus lábios do seu. Nossas línguas se tocaram e eu sorri entre o beijo, os dedos da minha mão direita se enroscaram em seus cabelos e eu comecei a puxar de leve arrancando suspiros da boca de Justin.
Começamos a andar, ainda sem partir o beijo, ate a cama. Justin me deitou lentamente ficando por cima de mim e uma perna sua ficou ao meio das minhas. A sensação de ter nossas peles se tocando daquela forma me dava choques e diversas sensações. Prazer. Muito prazer.
Justin começou a puxar a blusa que eu usava para cima, levantei meus braços e a atirei por completo. Ele mordeu os lábios ao ver que eu estava sem sutiã, o que é obvio já que o vestido que eu usei na premiação era tomara que caia. Seus lábios foram de encontro ao meu pescoço, onde ele começou a beijar lentamente e dar leves mordidas.
- Quero que você me faça sentir como se eu fosse a única garota no mundo – falei no pé do seu ouvido e ouvi ele soltar uma risada baixa
- Aos meus olhos, você sempre será a única – respondeu me olhando nos olhos. Sorri e movi meus lábios sussurrando “eu te amo”, Justin sorriu e me deu um longo selinho. Então voltou ao meu pescoço, depois beijou minha clavícula e em seguida passou sua língua no espaço entre os meus seios. Isso fez com que eu arqueasse as costas e mordesse os lábios, Justin começou a massagear meu seio esquerdo e o outro foi tomado por sua boca, onde ele chupo e deu mordidas fazendo-me gemer. Sua língua circulou meu mamilo e em seguida ele deu mais uma mordida, não demorou para ele trocar de seio e dessa vez fazer o que bem entender com o esquerdo.
Eu comecei a arranhar seus braços e mordia os lábios quanto ele levantava o olhar para ver minhas reações. Droga ele quer me matar desse jeito! Sua boca passou a deslizar por minha barriga, onde eu sentia beijos sendo depositados. A essa hora eu já estava mais do que excitada, eu explodia de tesão por aquele homem. Não havia como negar. Justin puxou minha calcinha para baixo e eu ajudei a tirar puxando-a com os pés. Pronto! Eu estava nua, como ele gostava.
Senti o toque gélido de sua boca na minha intimidade, fechei os olhos fortemente e mordi os lábios me impedindo de gemer. Foi quando sua língua começou a me estimular e fazer movimentos circulares e lentos, suas mãos apertaram as minhas coxas me dando mais prazer ainda. Pousei minha mão em seu cabelo e fiz um certo carinho ali enquanto gemia baixo.
Quando eu estava chegando ao meu limite Justin trocou sua língua por dois dedos, o que me fez gritar de prazer arrancando dele um sorriso de satisfação. Nossos olhos se encontraram e não se desviaram mais, a não ser quando eu os fechava para sentir melhor o seu toque. Justin se aproximou de mim e mordeu meu lábio inferior o puxando em seguida, senti minhas pernas fraquejarem e em seguida eu liberei o meu liquido. Suspirei aliviada, Justin voltou a sua posição anterior e passou sua língua por minha vagina tirando qualquer resíduo do meu ápice.
Ainda com minha respiração ofegante, puxei ele para cima e o empurrei para trás brutalmente. Ele soltou uma gargalhada vendo minha “violência” e mordeu os lábios quando eu sentei no seu colo.
- Por que você ainda esta de roupa, hein bonitão? – perguntei com uma voz sexy e Justin soltou uma arfada. Sorri satisfeita. Puxei a blusa dele para cima e comecei a beijar seu pescoço violentamente, e, sem me preocupar se iria ou não ficar a marca eu dei um forte chupão em seu pescoço arrancando um gemido de Justin – Minha marca! – ri e comecei a dar beijinhos em seu peitoral. Ao chegar na sua calça mordi os lábios e comecei a puxa-la deixando um Bieber gostoso somente de cueca.
- Você esta selvagem hoje amor! – ele falou malicioso e riu.
- Senta! – pedi autoritária e assim ele fez, encostou suas costas na parede e não desgrudou os olhos de mim. Engatinhei ate ele e sentei no seu colo deixando uma perna de cada lado da sua cintura, rebolei lentamente e ele gemeu
- Num faz isso – resmungou encarando meus seios
- Shhh! – falei risonha e grudei nossos lábios. As mãos de Justin foram ate minha cintura e me puxou mais para si, colando nossos corpos mais ainda, se isso era possível. O beijo, violento e intenso, deixava as coisas ainda mais quentes. Eu precisava senti-lo. Em meio ao beijo eu rebolava rapidamente e Justin separava os nossos lábios para poder soltar seu rouco e alto gemido. Comecei a puxar sua cueca para baixo com muita dificuldade já que eu não queria cessar o beijo, depois de um bom tempo a cueca preta de Bieber foi parar em seus pés. Fiquei ajoelhada no meio de suas pernas e mordi os lábios ao ver o quanto seu amigo estava animado
- Para de enrolar, porra! – Justin falou nervoso e eu ri com isso, arqueei meu corpo para frente e peguei seu membro o levando ate a boca em seguida. Um suspiro de alivio inundou o quarto. A parte em que não cabia em minha boca era trabalhada e tocada por minhas mãos. Da boca de Justin escapava gemidos roucos o que me deixava mais louca ainda, senti as veias de seu membro engrossar então apertei minhas bochechas internas fazendo Justin despejar seu liquido em minha boca. Engoli e encarei seus olhos que estavam escuros por conta do desejo
- Gostoso! – ele me deu um selinho e me empurrou para trás e se pôs em cima de mim, sua boca foi de encontro com a minha e iniciou-se um beijo intenso. Dobrei minhas pernas e Justin se ajeitou para poder me penetrar, só que ele estava fazendo graça. Talvez se vingando de mim – Vai logo! – grunhi
- Como é? – colocou somente a cabecinha de seu membro e depois tirou – O que você disse?
- Jus, para de graça – resmunguei manhosa e ele riu repetindo o mesmo ato – Amoooor!
- Oi meu anjo? – perguntou cínico – Diga o que você quer
- E-eu quero v-você, por favor! – ele sorriu e finalmente me penetrou fazendo ambos gemerem.
Nossos corpos se moviam de forma sincronizada e as entocadas de Justin se tornavam cada vez mais rápida e mais forte me levando a loucura. Quando sua boca não estava em meu ouvido sussurrando perdições, ela estava se encontrando com a minha e criando uma terceira guerra mundial. Aos poucos ele foi cansando e eu inverti a posição ficando por cima dele e sentando em seu membro, um alto gemido escapou de sua boca e depois rimos taradamente. Justin segurou em minha cintura e me ajudou com os movimentos tornando-os mais precisos.
Minutos depois cheguei ao meu ápice e logo após Justin chegou ao seu. Me joguei ao seu lado com a respiração ofegante. Aquilo tinha sido loucura, olhei para Justin e o mesmo estava com um sorriso em seu rosto o que me fez rir. Ele me olhou e me abraçou fortemente beijando meus lábios lentamente em seguida
- Sexo selvagem! – ele falou e deu risada – Isso foi insano hein, gatinha!?
- Idiota! – ri e bati em seu braço – Você acabou comigo
- É isso que o papai aqui faz – mordeu os lábios me fazendo rir novamente – Agora... aquele chupão que você me deu vai ficar a marca
- Essa era a intenção querido – arqueei a sobrancelha
- Gostosa! – ele me deu um selinho – Topa um banho agora?
- Com certeza! – me levantei e seguimos para o banheiro. Liguei o chuveiro e entrei, Justin entrou logo em seguida e me abraçou – Sem gracinhas viu?
- Mas eu não fiz nada – protestou se defendendo
- Eu sei que você estava pensando
- Uhum! – falou irônico e revirou os olhos. Coloquei minhas mãos em seu ombro e fiquei na ponta dos pés para poder selar nossos lábios
- Você sabia que eu te amo muito? – perguntei e rocei nossos narizes
- Não, não sabia não – ele sorriu torto mostrando sua covinha
- Pois bem; eu te amo muito! Agora você sabe – ele riu e me deu um selinho
- Eu também te amo bobinha - enquanto lavava meu cabelo, Justin se enxaguava e cantava - Ooh, 'cause you deserve the best And nothing but the best So I give you the best you've ever had I'mma put you down – dei risada e ele sorriu malicioso
- On the roof, balcony, we don't care who sees Girl, I'mma put you down – cantei e fiz uma dancinha sensual
- PYD PYD PYD
- All way down down down
- PYD PYD PYD – ele parou de cantar e então começamos a rir – Sua safada!
- Você que começou a cantar – ri – Agora sai que eu tenho que enxaguar meu cabelo
- Não!
- Vai Justin – o empurrei mas ele nem saiu do lugar – Justin!
- A água esta gostosa, deixa eu
- Ai como você é chato – reclamei e o empurrei de novo mas meu braço foi puxado e Justin me colocou debaixo do chuveiro me afogando – JUSTIN!
- Ué você não queria enxaguar seu cabelinho? – perguntou rindo e eu comecei a bater nele, mas o mesmo segurou meus braços me impedindo de tampar meu nariz e muito menos de protestar
- ME LARGA! – gritei e ele continuou rindo
- Para de gritar, você vai acordar a Pattie
- SOCORRO! – gritei novamente e dessa vez ele tampou minha boca, foi então que eu tive a ideia de usar minhas pernas. Bati em seu membro com meu joelho e Justin se curvou de dor
- Porra! – gritou – Sua cachorra!
- Idiota, me afoga de novo para você ver – peguei minha toalha e sai do chuveiro
- Vem aqui sua safada – ele gritou e eu ri – Katherine! Você me paga
Ele pegou sua toalha e se secou rapidamente, sai correndo do banheiro e fui para o seu closet porem Justin foi mais rápido e me agarrou por trás e me levantou no ar
- Me coloca no chão Bieber! – falei rindo
- Não! – levei minha mão ate seu cabelo e o puxei fazendo ele me colocar no chão – Por que você só ta me machucando? – perguntou fazendo bico lhe dei a língua e ele retribuiu – Seu feia!
- Não era isso que você estava falando a pouco tempo atrás – arquei a sobrancelha enquanto eu vestia uma calcinha – Como é; awwn Kath, isso vai mais rápido! Me chupa! – imitei sua voz e ele caiu na gargalhada
- Eu não gemi desse jeito – ri e balancei a cabeça. Peguei uma blusa dele e vesti seguindo para o quarto depois. Troquei os lençóis e me deitei toda esparramada – Amor? – ouvi Justin gritar do closet
- Que é? – perguntei
- Você é gostosa pra porra!

Olha eu aqui de novo genteeee :)
Tá ai um capítulo hot para vocês Beliebers safadas, espero que tenham gostado
Ai gente eu pirei naquele vídeo do Justin com a Caitlin e Com o Chris - não vou comentar sobre o dragão mais conhecido como Chantel - tipo foi super fofo! Jaitlin is lifeeeeee <3 Amo e shippo eternamente, mas se viu como a Cait ta bonitona hein? Será que... sei lá, o Justin não tem um tara por ela não hein? Pensou que divo eles juntos de novo eu iria vomitar arco-íris de tanta fofura. 
Agora eu vou acabar com os 100timentos de vocês
há morri BUM! Essa segunda foto é muito gay mais é a minha preferida :)
BeiJus e até o próximo capítulo 

19 comentários:

  1. ui safada... sexo selvagem :3!!!! Continua diva tah mt perfect......

    ResponderExcluir
  2. continua meu deus eu vou morrer se tu não continuar !

    ResponderExcluir
  3. uii safadinhaaa haha ameii *_* faz mais capítulos hot?? bjj amei d maissss
    ass:Cah

    ResponderExcluir
  4. todos os capítulos são fodas,até os tristes,continuaa

    ResponderExcluir
  5. Continuaaa, amo seus capítulos, beijos

    ResponderExcluir
  6. to ansiosa pra ver a continuação, adoro seus posts principalmente os hot hahahaha

    ResponderExcluir
  7. Continuaaaaaaaaaaaaa mdssss perfeitooooo <3

    ResponderExcluir
  8. CoNtinua miss safadeza! Haha
    Muito perfeito!
    Awnnt sou completamente a favor do Jaitlin! <3

    ResponderExcluir
  9. Ui ui Safadhenha -..- Perfeitoo . Continuua. Sóo num demora pra posta . ;D

    ResponderExcluir
  10. Heyy pq vc n ta postabdo mais?? Posta logo please

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.