03/12/2013

Summer Paradise - Trust me

| |

"O amor é irracional, lembrei a mim
mesma. Quanto mais você ama alguém,
menos tudo faz sentido."
Saga Crepúsculo: Lua Nova


                Lucy Montgomery’s P.O.V.

                - Senti sua falta... – A mesma voz rouca e ouvi alguns minutos antes falou quando seu dono sentou-se ao meu lado.
                - Não, você não sentiu. – Falei olhando para ele chorando.
                - Tem razão. Não sei ao certo o que eu senti. Pode ter sido falta, amor ou apenas vontade de fazer amor com você novo. Mas de alguma forma queria você ao meu lado. Sei que não escrevi nem mandei mensagens, eu deveria ter feito isso, mas algo me impedia. Sentia medo, medo de me apaixonar mais, medo de me apegar demais a você. Só Deus sabia quando e se nos veríamos de novo. Mas não adiantou. Durante todos esses anos, você era a única que ocupava a minha cabeça. Festas, bebidas, garotas loiras... Nada mais tirava você da minha cabeça. Eu só precisava de você, apenas você. – Ele dizia cada palavra olhando para o mar. Eu também não fazia questão de olhá-lo. Uma troca de olhares e eu me renderia.
                - Você nem me reconheceu! – Disse indignada. – Como consegue falar todas essas palavras se nem lembrar de mim você lembra mais?!
                - Já pegou uma foto sua de 2010 e uma de 2013? Garota, você mudou muito! Está mais bonita, seu corpo está mais maduro! Não aja como se fosse mentira, não tinha como eu reconhecer você! – Ele disse olhando para mim. Fiquei sem graça quando ele disse que estava mais bonita e que meu corpo estava mais maduro.
                - Caitlin me reconheceu... – Disse o desafiando.
                - Você conversa com a Caitlin todos os dias desde 2010! – Ele disse se defendendo.
                - Ok, me convenceu – disse rindo. – Mas ainda acho que deveria ter me reconhecido.
                - Eu também acho, mas é difícil. Apenas reconheci quando me chamou de Drew. Até hoje você é a única, mesmo que tentem me chamar assim, eu nunca deixaria.
                - Acho bom. Drew é um apelido exclusivamente meu – falei e fiz bico. Justin se aproximou e me deu um selinho rápido. Nós rimos e nos abraçamos.
                - Eu senti muito sua falta... – Ele disse.
                - Eu também, Drew. Mas Deus sabe o que faz, agora estamos aqui, não estamos? – Perguntei com um sorriso de canto.
                - Sim, mas temos pouco tempo – ele disse triste. – Queria poder ficar com você quando fôssemos embora.
                - Quando eu for, vou direto para a Califórnia... – Disse triste também.
                - Você está brincando? – Ele disse feliz, me levantando de seu colo.
                - Não, por quê? – Perguntei confusa.
                - Vou para a Califórnia fazer faculdade, também! Vou para a Universidade da Califórnia! – Ele disse feliz.
                - Está brincando? Eu vou para Stanford, não é muito longe! – Exclamei
                - Eu não acredito! – Ele me abraçou feliz. – Vamos poder ficar juntos, Lucy! Depois de tanto tempo, vamos ficar juntos!
                - Eu sei! Cara, eu não acredito! – Abraçamo-nos novamente e quando desfizemos o abraço ficamos olhando um nos olhos do outro. Seus olhos amêndoas não tinham perdido o brilho, eles continuavam da mesa forma de três anos atrás.
                - Eu preciso disso, Lucy...
                - Eu também...
                Aproximamo-nos mais e logo senti seus lábios nos meus. Depois de tanto tempo esperando por esse momento, ele finalmente aconteceu. Seus lábios macios tocavam o meu de forma delicada. Sua língua pediu passagem e eu cedi. Nossas línguas traçavam uma guerra, onde ninguém sairia ganhando. Depois de três anos, eu ainda sentia as famosas borboletas no estômago quando o beijava. Era como se aquele fosse o nosso primeiro beijo. Seus lábios eram carnudos e muito beijáveis. Como sentia falta daquela sensação... Encerramos o beijo com alguns selinhos. Mordi seu lábio inferior levemente, fazendo ele rir baixo e eu também.
                - Como eu senti falta disso... – Falei ainda de olhos fechados.
                - Você não faz ideia o quanto precisava disso... – nós abrimos os olhos juntos. – Eu te amo tanto, Montgomery – ele falou.
                - Justin... – abaixei minha cabeça.
                - O que foi? – Ele perguntou preocupado.
                - Eu não sei devemos. Você sabe... Tudo bem que vamos para a mesma cidade, mas somos pessoas diferentes agora. Eu amo muito você, mas tenho medo disso – apontei para nós dois. Ele tinha uma cara de decepção.
                - Não estamos diferentes, apenas amadurecidos. Confie em mim, por favor – ele disse. – Prometo que dessa vez vai dar certo.
                - Eu não tenho certeza disso, Justin. E se não der? Não quero sofrer como sofri durante todos esses anos.
                - Eu também sofri, ok? – Ele disse já um pouco alterado. – Eu preciso de você, eu preciso de nós, eu preciso de nós juntos para sempre! Eu amo você, Lucy!
                - Justin, foi um amor de verão! Amores de verão nunca dão certo! – Falei triste.
                - O nosso vai dar! Confie em mim, pelo amor de Deus! Eu preciso de você! – Ele falou. – Eu amo você! – Ele praticamente gritou. Olhei em seus olhos e eles estavam marejados. Não me contive e o beijei. Ele na hora correspondeu. Deitamos na areia ainda nos beijando. Suas mãos percorriam cada canto do meu corpo. Elas pararam nas minhas coxas e lá ficaram até encerrarmos o beijo. – Confia em mim, ok? – Ele perguntou com os olhos ainda um pouco lacrimejados.
                - Ok... – falei me rendendo. Dei-lhe um selinho e levantei da areia. – Vamos com o pessoal agora... – falei e ele esticou a mão para eu ajudá-lo a levantar, mas o que ganhei foi um puxão para baixo, fazendo-me cair em seu colo. – Justin! – Falei o repreendendo.
                - Qual é? Estamos há anos sem nos ver, quero aproveitar – ele disse se fazendo de inocente. Eu ri.
                - Tudo bem, tudo bem. Acho que podemos ficar mais um pouco. Espere só um momento.
                Tirei da minha bolsa uma canga e estiquei na areia. Eu e Justin deitamo-nos sobre ela e ficamos lá namorando. Como eu senti falta desse homem, Senhor!

                Lucy Montgomery’s P.O.V.




Ayee, guys!
Tudo bem com vocês? Tô ótima...
Meu Bangerz chegou ~dança, pula, samba, cai~ tô ouvindo desde que chegou, lá pra umas 15h haha. Miley pfta feat gostosa feat tudo de bom feat minha.
Espero que tenham gostado, gatas! E... FALTAM 3 DIAS PARA AS FÉRIASSS! COMEMOREM, VAMOS! Haha logo a tortura acaba e logo começa de novo. Eu vou mudar de colégio, já tô até estudado pro vestibular pra passar, mas enfim...
Beijos e até mais :)

Daiana Barbi: Haha Justin é um heartbreaker, que trocadilho péssimo, masok. Cenoura com sal é bom, não tão bom quanto tomate, mas tô traumatizada com tomate por enquanto. Espero que tenha gostado, amor. Beijo.
Carol Mercadante: Haha não ame menos, agora sou eu que vou ficar triste :( Haha brincadeira. Mas se o Justin não lembrasse de mim - e ele não lembra - eu ficaria chateada também hehe. Espero que tenha gostado, beijos.
♡ Júúlie Carter Mahone ♡: Obrigada, fico feliz que tenha gostado. Veja se gosta desse também, adios.
Brenda Lima: Obrigada. Espero que tenha gostado desse também, beijos.
Midiane dos Santos: Haha vai entender esse povo apaixonado! Cara, eu lembro que fiz o maior drama quando o meu primo não me reconheceu, ele nem sabia quem eu era! Só sei que quase dei um tapa na cara dele, haha, masok. Eles voltaram as "mil maravilhas" haha. Beijos e até mais...

7 comentários:

  1. Pode deixa que não vou te amar menos.
    Olha ficou perfeito,mas se fosse eu não o perdoaria tão facilkkkkk#eu mega dramática.
    você arrasou gliterrizada.
    amei estou em love com as suas fic produção.
    Beijos com purpurina

    ResponderExcluir
  2. Ownt, que fofo esses dois *-* Sério, não tem como ser mais perfeito... Continua logo, please! Beijos gata!

    ResponderExcluir
  3. Comi cenoura com sal hoje! Uhuuul, ai q delicia! É mt bom mesmo, mas vc trem razao, nao supera tomate com sal u.u auhuehuaehuahu
    Uhuuul Justinh e Lucy voltaraam::::::: ai q deliciaa (quase voltaram)
    Mdssss continua uhuul

    ResponderExcluir
  4. Awnh gente =3 que perfeitto <3 lovei, continua *-*

    http://imaginejasonmscan.blogspot.com.br/ :pp

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.