08/12/2013

Only Best Friends: Capítulo 9 - I'm sure I'm starting to love you

| |
Oh, e meu coração não baterá novamente
Se eu não puder senti-lo em minhas veias
Não é preciso questionar, eu já sei
Está no DNA dele - Little Mix DNA

Katherine Collins POV
Abri meus olhos e me espreguicei diversas vezes. A cortina estava fechada, fazendo com que os raios de sol não entrassem e perturbasse minha visão. Coloquei o travesseiro e dei um grito, isso ajudava a tirar toda a preguiça.
Levantei-me e fui em direção ao banheiro, me despi e entrei no chuveiro. Em meia hora, já estava terminando de vestir minha roupa. Passei só um rímel e um gloss rosa claro. O relógio em cima da escrivaninha marcava 12h30min, ótimo perdi o café da manhã. 
Desci as escadas correndo e fui até a cozinha, Luce terminava de colocar os pratos na mesa e sorriu assim que me viu.
— Bom dia! — dei um beijo em sua bochecha.
— Bom dia? Já é boa tarde dona Collins — ri — Vai querer tomar café ou já vai almoçar?
— Justin disse que iríamos no cinema hoje, eu vou ligar para ele e se ele não tiver almoçado ainda, nós almoçamos juntos. Okay? — ela assentiu franzindo a testa. Fui até a sala e peguei o telefone, discando o número da casa de Justin.
— Residência Bieber, boa tarde! — Justin atendeu o telefone com uma voz grave me fazendo rir.
— Hum, você ficou sexy com essa voz — ele riu.
— Como vai pequena? 
— Bem! Queria saber se você já almoçou.
— Estava indo comer agora, por que?
— Vamos almoçar juntos? 
— Opa, eu passo ai em vinte minutos — sorri.
— Beleza, tchau!
— Tchau gostosa! — ri e balancei a cabeça. 
— Tchau gostoso! — corri para o meu quarto e coloquei meu salto. Peguei minha bolsa e dentro dela coloquei minha carteira, celular e uma nécessaire de maquiagem. Voltei à sala e fiquei esperando Justin sentada no sofá. Em exatos vinte minutos, ouvi a buzina de seu carro.
— LUCE EU ESTOU SAINDO COM JUSTIN! — gritei antes de fechar a porta, fui andando pelo pequeno caminho de pedras que tinha na entrada até chegar no portão. Justin me esperava distraído, encostado no carro e com os braços cruzados. Assim que me viu, sorriu torto. Me aproximei dele e o mesmo envolveu minha cintura com seus braços. 
— Oi minha gostosa — me deu um selinho, mas não demorou muito para se tornar em um beijo de verdade. Justin pediu passagem com a língua e eu cedi, coloquei minha mão em sua nuca e acariciei o local. Uma mão de Justin subia e descia lentamente em minhas costas. Encerrei o beijo com selinhos seguidos e sorri para ele — Fiquei me achando quando você me chamou de gostoso!
— Que? Eu te chamei de gostoso? — me fiz de desentendida — A cada dia você se supera mais ainda com o lema “ser convencido”. Eu hein!
— Mais você falou Kath — dei risada. 
— Olha, se eu falei ou não, agora não importa por que eu estou morta de fome — sorri para Justin e ele selou nossos lábios rapidamente.
— Tudo bem, vamos comer alguma coisa.


Eu e Justin decidimos passar no Mc Donald's em vez de em um restaurante. Levamos cerca de uma hora para comer e conversar sobre algumas coisas. Quando deu duas horas, seguimos até o cinema do shopping. Justin escolheu o filme enquanto eu comprava somente duas latinhas de coca-cola, já que tínhamos acabado de comer. Entramos na sala de cinema e nos sentamos na última fileira de poltronas.
Tinha, no máximo, dez pessoas ali contando com nós dois. No começo do filme, eu e Justin prestamos atenção. Até quando eu levei um baita susto e Justin começou a rir da minha cara.
— Cala boca seu idiota — dei um tapa no seu braço e voltei a prestar atenção no filme. Cinco minutos depois, Bieber tirou meu braço do apoio e levantou o mesmo, o olhei sem entender e ele sorriu torto. Puxou meu queixo e colou nossos lábios, sua língua quente se enroscou com a minha e isso me fez arfar. Não há beijo igual ao de Justin, eu não consigo explicar, mas consegue ser mil vezes melhor do que chocolate. A mão que antes estava em minha bochecha, desceu até a minha coxa onde ele apertou, mordi seu lábio inferior com certa força o que fez Justin soltar um leve gemido. Agarrei seu cabelo e comecei a puxá-lo de leve. Com a falta de ar á tona, Justin encerrou o beijo com dois longos selinhos. Abri meus olhos e sorri mordendo o lábio inferior ao mesmo tempo. 
— Eu não consigo ficar ao seu lado e não te beijar — Justin sussurrou enquanto eu olhava para o telão, sorri e soltei uma risada fraca.
— Como você é bobo — olhei para ele, nossos rostos estavam bem perto, o que fez instantaneamente eu olhar em seus olhos. Ele sorriu fraco e foi como se o mundo ao nosso redor estivesse em câmera lenta. Com os olhos abertos, e eu o encarando, Justin me deu alguns selinhos e depois puxou meu lábio — Seus olhos são perfeitos!
— Eu ouço isso direto, mais vindo de você é outra coisa — disse com uma expressão séria o que me fez estremecer.
— Por quê? — soltei uma risada nervosa.

— Porque eu tenho certeza que eu estou começando a te amar, Katherine!

Hi!, eu sei que o capítulo ficou pequeno e tal, 
mas é porque eu tenho aniversário agora :/
Foto legal a do começo. né?
Destruiu meu emocional, always Kidrauhl
Então é isso, digam o que acharam e até o 
próximo capítulo 



14 comentários:

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.