27/12/2013

ILWMB: Capítulo 15 - I just want to be happy with him

| |
"Querida, estou aqui. Estou aqui para ficar, não posso ir em nenhum lugar. Sei que isso é frustrante porque você foi magoada. Querida está tudo bem. Perdido em seus olhos, toda vez que você olha para mim prometo ser tudo que você precisa. Não irei deixar você querida, não, porque só quero amar você. Nunca colocarei ninguém acima de você. Só quero beijar você, quero lhe abraçar até o fim querida, até o fim."

28 de agosto de 2016 - Nova York, segunda-feira, 3:45PM
Justin Bieber P.O.V.
Charlotte chorava sem parar enquanto eu a abraçava. Vê-la chorar era horrível, ainda mais sabendo que parte da culpa era minha. Eu queria poder jogar tudo pro alto e levar uma vida normal com ela, mas eu não podia, eu precisava continuar pelos meus fãs, as pessoas que dariam a vida por mim mesmo sem me conhecer.
Meus olhos já estavam marejados e eu queria chorar, mas eu tinha que ser forte pela Char, tinha que mostrar pra ela que tudo iria ficar bem.
Charlotte: Me desculpa por ter contado, por favor. Eu não estava mais aguentando esconder isso. - Ela falou com a voz abafada e eu a abracei um pouco mais forte.
Justin: Está tudo bem, não se preocupe. - Depositei um beijo na cabeça dela.
Charlotte: Não está tudo bem, é óbvio que não está! - Ela praticamente gritou, se afastando e me olhando nos olhos. - Olha o que isso vai causar, Justin! Milhares de pessoas vão ficar contra você, você vai perder fãs!
Justin: Eu posso perder fãs, mas minhas Beliebers de verdade não vão me abandonar só porque eu estou procurando minha felicidade. Se eu tenho você e tenho minhas Beliebers, então eu não preciso de mais nada. - Ela sorriu, limpando uma lágrima que escorreu pela sua bochecha. - Vem aqui agora. - Abri meus braços e ela se aproximou novamente, se aninhando nos meus braços.
Não sei por quanto tempo ficamos ali, apenas sentindo a presença um do outro, mas quando voltamos a realidade Scooter estava nos chamando.
Scooter: Graças a Deus achei vocês! - Falou soltando um suspiro de alívio. - Venham, a polícia vai retirar vocês daqui.
Charlotte: Polícia? - Ela perguntou levantando e passando as mãos no cabelo.
Scooter: Sim, o local está cercado de fãs e repórteres, tive que chamar a polícia. - Ela me olhou assustada e eu segurei sua mão, tentando lhe passar segurança.
Justin: Cadê o Alfredo? - Perguntei enquanto descíamos a escada.
Scooter: Ele está nos esperando lá embaixo, nós vamos no carro com vocês. - Assenti.
Nós caminhamos até a porta dos fundos e fomos rapidamente até uma Range Rover preta. Scooter sentou no banco da frente e eu, Char e Alfredo fomos atrás. Charlotte olhava para aqueles vários carros de polícia com os olhos arregalados, então passei meu braço pelo ombro dela e a beijei rapidamente.
Alfredo: Não precisa ficar assustada com isso. - Ele falou.
Charlotte: Vocês não ficam? Olha o tanto de gente.
Alfredo: Nós convivemos com isso desde 2013. É algo que estamos acostumados.
Charlotte: Acho que vou ter que me acostumar com isso também.
Justin: Se ainda quiser ficar comigo... - Ela sorriu.
Charlotte: É óbvio que eu quero. - Sorri também. Era bom ter minha garota comigo novamente.
O carro andava rapidamente, pois tínhamos que sair dali antes de descobrissem que saímos pelos fundos e Charlotte olhava para trás toda hora, provavelmente com medo de estarmos sendo seguidos.
Scooter: Acho que vocês deveriam sumir por um tempo, deixar tudo se acalmar. - Falou, quebrando o silêncio que se instalara ali.
Charlotte: Hã? Como assim? - Falou agora fitando Scooter.
Scooter: Vocês deveriam viajar, ficar longe disso por alguns dias e tirar um tempo só pra vocês.
Charlotte: Ah, eu adoraria, mas eu tenho um emprego que não posso abandonar.
Justin: Eu falo com a Miranda se você quiser.
Charlotte: Não, Justin. Eu quero fazer meu trabalho como qualquer outra pessoa, eu já te disse isso. Não se preocupe com o que vão falar, eu vou enfrentar tudo. - Sorri. Essa mulher é incrível.
Justin: Ok, eu só queria ajudar.
Charlotte: Eu sei. Obrigada por se preocupar. - Ela me deu um beijo e sorriu depois.
Scooter: Atrapalhando o momento romântico de vocês, tenho que dizer que isso não vai ser bem visto pelas pessoas. Um romance entre irmãos é um incesto, vocês sabem, certo? Se eu fosse vocês evitaria a televisão, a internet e os jornais por alguns dias. - Assentimos. Queria poder livrar ela de tudo isso.

Charlotte P.O.V.
Eu estava realmente assustada com tudo o que aquela notícia estava causando. Parecia que o mundo todo parou para saber do relacionamento do Justin Bieber com a irmã adotiva.
Em frente ao prédio onde eu morava havia dezenas de pessoas e todas as pessoas que encontramos no caminho até o meu apartamento nos olhavam estranho, por isso eu evitava olhar em seus rostos.
Ao entrarmos no meu apartamento, Justin sentou no sofá e eu sentei ao seu lado. Por alguns segundos ficamos apenas em silêncio, mas depois Justin decidiu falar primeiro.
Justin: Eu juro que eu não vou deixar ninguém fazer nada de mal à você, Char. Eu vou te proteger e fazer de tudo para podermos ficar juntos, ok? - Falou me olhando nos olhos e me fazendo sorrir.
Charlotte: Não precisa se preocupar comigo, eu já disse que vou enfrentar tudo. - O abracei e ele me abraçou de volta. Eu nunca imaginei que isso seria tão difícil e ainda não estamos nem na metade dos problemas. - Hey, você tá chorando? - Perguntei ao ouvir ele fungando. Justin então se afastou um pouco de mim e me olhou, as lágrimas escorrendo pelo seu rosto.
Justin: Me desculpa por parecer tão gay na sua frente. - Falou sorrindo fraco e limpando as lágrimas com a própria camisa.
Charlotte: Não seja tão machista. - Falei rindo e limpando uma lágrima que acabara de escorrer pelas suas bochechas. Justin riu também.
Justin: Eu to aqui sofrendo e você fica me fazendo rir.
Charlotte: Oh, me desculpa, pode continuar. - Levantei as mãos pra cima como se estivesse me rendendo, fazendo ele rir novamente.
Justin: Agora é sério. - Justin deitou sua cabeça no meu colo enquanto eu mexia em seu cabelo. - Eu to com medo, Char. Não por mim, mas por você. Não quero que você sofra.
Charlotte: Nada vem fácil, você sabe.
Justin: Olha, eu não quero que você me esconda seus sentimentos, ok? Me conte tudo que você estiver sentindo e então eu vou te ajudar. Vou te fazer a mulher mais feliz do mundo. - Sorri e abaixei meu corpo para beijá-lo. Mal sabia ele que eu já era a mulher mais feliz do mundo só por tê-lo em minha vida. - Você já parou pra pensar o tanto de garotas que queriam estar no seu lugar? - Falou quando separamos nosso lábios e eu ri.
Charlotte: Você sempre consegue me fazer rir quando eu tô triste. - Ele sorriu.
Justin: Eu quero te ver sempre feliz.
Charlotte: Então não me deixe.
Justin: Nunca, babe. - Falou antes de juntar nossos lábios mais uma vez. - Que coisa mais brega. É você que me faz ficar gay, tá vendo. - Ri.
Charlotte: Você já é gay de nascença. - Ele sorriu malicioso.
Justin: E a Charlotte-irmã entra em ação. - Ri.
Charlotte: Obrigada por me fazer esquecer os problemas. - Justin sorriu.
Justin: Faço de suas palavras as minhas.
Antes que um de nós pudéssemos dizer alguma coisa, meu celular começou a tocar e Justin levantou para pegá-lo para mim. Percebi sua feição mudar ao olhar quem ligava e meu coração disparou ao imaginar quem era.
Charlotte: É ela? - Perguntei e Justin assentiu. Suspirei e peguei o celular de sua mão, tomando coragem para atender.

"Charlotte: Oi, mãe.
 Pattie: Oi, Char. Eu sei que Justin está aí, então coloque no viva-voz, por favor. - Fiz o que ela pediu.
 Charlotte: Pronto.
 Pattie: Eu não quero brigar com vocês, eu só quero que me expliquem como pretendem levar isso à sério. Vocês sabem que isso não é bem visto por ninguém, sabem o que vão causar, certo?
 Justin: Nós sabemos tudo o que iremos causar, mas já conversamos e estamos dispostos a enfrentar tudo.
 Pattie: Eu quero conversar melhor com vocês. Vou pegar um avião amanhã de manhã para Nova York, ok?
 Charlotte: Ok. Eu vou estar trabalhando, mas o Justin vai estar aqui em casa. Você pode vim direto pra cá se quiser.
 Pattie: Tudo bem. Até amanhã então. Eu amo vocês.
 Charlotte: Também te amamos."

Justin: Será que finalmente ela vai aceitar? - Perguntou.
Charlotte: Eu espero que sim. - Falei o abraçando.


Tá, eu sei que eu deveria ter postado um capítulo melhor depois de tanto tempo sem postar, mas foi só isso que saiu rs
Eu não postei antes pq viajei e quando eu finalmente parei em casa passei mal :(
Fiquei muito decepcionada quando eu vi que a página "O Mundo das Beliebers" estava me plagiando, perdi até a vontade de escrever. É muito ruim quando isso acontece. Bloqueei o botão direito do mouse e o atalho CTRL+C, assim eu não corro a chance disso acontecer novamente.
Enfim, espero que gostem desse capítulo mesmo ele tendo ficado uma bosta kshfkldjfsknd Até o próximo capítulo e digam nos comentários o que acharam do Complete My Journals ;*

Obs.: Obrigada a quem denunciou a página, vocês são as melhores leitoras do mundo ♥

7 comentários:

  1. Eeeeh, primeira a comentaaar. Não fica triste Shawty, no final, tudo se resolve. Quem está plagiando vai pagar, você vai ver ;))) Ah, e a propósito, sua IB e incrível. As duas haha voce é muito diva, pelo amor ;3 Xoxo. @BelieberJB_1994

    ResponderExcluir
  2. Amando demais a Ib, tá muito perfeito *-* Espero que - Finalmente! - a Pattie aceite os dois né u.u Continua logo, please... Beijos gata!


    Obs: Eu amei o novo álbum do Juss, perfeito *-*

    ResponderExcluir
  3. omg! ainda bem que eles vão ficar juntos! eu amo os dois! continua bjs

    ResponderExcluir
  4. Hey! Preciso falar que foi o melhor capítulo de todos? Ok, vou falar pra levantar seu ego, pq eu te amo u-u MELHOR CAPÍTULO DE TODOS! Cara, perfeição e agora eu fiquei curiosa pra saber se a Pattie vai aceitar ou não. Posta logo, antes que eu vá na sua casa com meu machadinho (: Seria uma pena se eu não tivesse um, mas ok! (: Bjs ♥

    ResponderExcluir
  5. Ain vlh como eles sao fofos *---*
    Sera q a dona pattie finalmente vai aceitar esse romance ?! lol
    Continuaa

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.