17/11/2013

Only Best Friends: Capítulo 2 - Nightmare Again

| |
Eu sou muito leve, 
                                      é melhor ter cuidado com o que você diz 
- Demi Lovato Lightweight


Katherine Collins POV
Seattle, Washington, EUA – 14:35PM
Chegamos no hotel onde iríamos ficar hospedados. A maioria do pessoal da equipe morava aqui perto, então foram para suas respectivas casas. Justin alugou o último andar para os que não foram embora. Os quartos eram imensos, todos com banheiro, closet e uma sala com uma TV enorme. Eu e Chloe iríamos dividir o quarto, já que é com ela que eu tenho mais afinidade.
A porta do elevador se abriu e eu segui para o restaurante do hotel. Chegando lá, encontrei uma enorme mesa com diversas pessoas que convivo todos os dias. Me sentei ao lado de Ry Butler e de frente para Justin.
— Cadê a Chloe? – perguntei ao Ryan.
— Ela saiu com Jace. Disse que queria mais “privacidade”, se é que você me entende – ri.
— Caramba, já cedo?
— Fazer amor não tem hora, querida – ele respondeu com uma voz afetada fazendo eu o olhar estranhamente – Que é?
— Você é estranho garoto.
Todos falavam ao mesmo tempo. E eu te pergunto como conseguimos entender um ao outro. Justin, Ryan Good, Ryan Butler e Alfredo faziam gracinhas, fazendo eu me matar de tanto rir. Dizem que quinze minutos dando risada, aumenta um dia de sua vida. Se isso for verdade, vish então eu sou imortal por que né... Era um mais idiota que o outro, isso pega?
— Ai! – respirei fundo para recuperar meu fôlego – Vocês não prestam.
— Eu sei que você gosta, Katherine – disse Justin sorrindo malicioso e eu revirei os olhos.
— Cala boca Bieber.
— Amo quando você me chama de Bieber – os meninos riram – Isso é sexy.
— Justin – o repreendi – Para!
Justin pode até ser engraçado, mas uma coisa que não suporto nele é que; quando está somente eu de menina junto com seus amigos, ele fica insuportável.
— Gostosa! – mandou beijo e Alfredo juntamente com os dois Ryan caíram na gargalhada.
— Para de me chamar assim – resmunguei.
— Gostosa! – repetiu.
Tá, pode ate parecer criancice, mas é serio. Eu não gosto que fica me chamando dessas coisas. Por mais que seja um “elogio” – que para mim, gostosa, não seja um elogio – eu não gosto. Sinceramente, se for para entender melhor acho falta de respeito com uma mulher. Um fato é; eu sou super feminista, daquelas que gosta de coisas clichês. Estilo “minha linda” ou ate “anjinho”. E isso faz com que eu não gosto de elogios machistas, tipo esse que Justin fica me chamando.
É eu sei que sou difícil de lidar, mas fazer o que? Eu nasci assim.
Me levantei da mesa bufando e fui em direção ao elevador. Quando ia apertar o botão Justin puxou meu braço me virando bruscamente.
— O que você tem?
— Você fica incrivelmente irritante quando está com seus amigos.
— Fico?
— Fica – afirmei – Eu sei que parece besteira tá? Mas você sabe muito bem que eu odeio que se refira a mim dessa maneira – cruzei os braços.
— Foi mal então, eu só estava brincando com você – revirei os olhos. Justin olhou para trás vendo os meninos nos encarando e rindo.
— Justin... – o chamei.
— Hum?
— O que você falou para eles?
— Como assim?
— Moleque, você é idiota?
— Que?
— Seu mongo! – gritei socando seu ombro – Sério Justin, você é lerdo demais – ele riu – Agora, porque que os meninos estão olhando para mim desse jeito? Hoje de manhã, Ry e Kenny sorriam maliciosos, agora Alfredo me encara da mesma forma.
— Eu não falei nada – disse e comprimiu os lábios.
— Você est mentindo – ele franziu a testa – Toda vez que mente, comprimi os lábios.
— Ahhhh que linda! – me abraçou – Essa menina me conhece tão bem.
— Justin me larga – pedi uma vez e ele me soltou – Agora me diz o que disse a eles.
— Nós vamos sair hoje.
— Que?
— Vamos sair hoje. Eu, os Ryan, Alfredo e Lil Za. Quer ir junto?
Cerrei os olhos para ele. Era sempre assim, quando eu, vamos dizer, encurralava ele, Justin simplesmente muda de assunto.
— Não, eu não quero ir – respondi, sabendo que eu poderia ficar o dia inteiro o perguntando e ele não iria me responder. Apertei o botão do elevador, assim que ele abriu fui entrando.
— Kath – Justin me chamou – Quando eu chegar eu passo no seu quarto tá?
— Eu não quero ser acordada por você bêbado.
E a porta se fechou. Quando cheguei no quarto, fui ate o banheiro escovar os meus dentes. Voltei e me joguei na cama adormecendo logo em seguida.

Seattle, Washington, EUA – 20:50PM
“Seu rosto era embaçado, – como todas as outras vezes – o rosto da jovem mulher também. Ele conversava comigo, mas eu não entendia as palavras que ele pronunciava. A mulher – a qual eu também não conhecia – me pegou em seus braços e se sentou em uma poltrona, o homem sentou ao seu lado, e assim continuaram a brincar comigo.
A sensação de ter ela me envolvendo em seus braços, era boa, muito boa. Só que ao mesmo tempo estranha. Era como se... a qualquer momento algo ou alguém fosse me tirar brutalmente do aconchego de seus braços.
O mais estranho era que, por mais que eu não conhecesse aquelas pessoas, eu me sentia segura ali. Seja lá quantos anos eu tenha nesse sonho. Eu me sentia protegida mesmo tendo aquela estranha sensação de perda.”
Acordei ofegante e suando frio. Novamente. Senti as lágrimas quentes escorrerem pelo meu rosto. Meu coração parecia que iria saltar do peito. Pulei da cama e sai correndo.
Quando abri a porta do quarto, parece que as lágrimas aumentaram. Se tornou um choro compulsivo.
Justin, Ryan Good, Alfredo, Ryan Butler e Lil Za andavam em direção ao elevador. Os quatro se viraram assim que fechei a porta.
— Katherine? – Justin perguntou com a testa franzida. Ele começou a andar rapidamente em minha direção – Ei, o que houve?
— Justin... – sussurrei e em seguida um soluço escapou pela minha boca.
— Foi o sonho de novo? – ele colocou sua mão em minha bochecha e secou minhas lágrimas.
— Foi – Justin sorriu fraco e se virou para os amigos.
— Podem ir sem mim – eles o encararam e assentiram indo ao destino deles.
— Não quero que perda sua noite por minha causa.
— Eu não me importo – puxou meu braço e entramos no seu quarto. Justin tirou sua roupa, ficando só de cueca box e se deitou em sua cama – Vem cá! – fui ate ele e deitei ao seu lado.
— Você poderia pegar aquelas garotas que está com mania de pegar – disse manhosa e ele riu.
— Prefiro quero ficar com minha melhor amiga – dessa vez eu ri.
— Como foi o sonho? – suspirei.
— Exatamente igual.  A mesma sensação de conhecer aquele casal, só que dessa vez eu sentia como se algo fosse acontecer a qualquer momento. Eu não aguento mais acordar quase todas as noites chorando. E o ruim é que eu não sei o porque de chorar tanto. Dessa... – passei a mão no meu peito – dessa angustia, dessa agonia que vem daqui de dentro.
— Você já falou sobre isso com sua mãe, Kath? – me virei para ele – Ás vezes pode ser um trauma de infância, sei lá.
— Não, eu nunca falei – pausei – Na verdade, você é o único que eu confio plenamente para contar sobre meus pesadelos – confessei e Justin sorriu.
— Que bom saber disso!
— Não fica se achando tá legal? – ele riu.
— Eu não vou ficar, sabe o por quê?
— Hum? – perguntei revirando os olhos.

— Porque comigo é a mesma coisa 


Heeeeey! Como vocês estão? 
Mais um capítulo aeee....
Gente, eu estou vomitando arco-íris de tão fofas que vocês são. Sério cara, estou super feliz pelos comentário, é tão bom saber que vocês estão gostando. Mesmo estando bem no comecinho da fic :)
Ah, quem tem twitter ai? Me segue lá, sigo de volta, é só pedir...
AAH outra coisinha, nessa IB eu vou colocar a verdadeira Team Bieber, quer dizer eu não suporto saber que a maioria esta saindo da Team, então por isso aqui será a verdadeira.
É isso então :) Bjkas e me falem o que acharam do capítulo

12 comentários:

  1. Onw, cada dia me apaixono mais por esses dois juntos... Me diz que eles vão ficar juntos logo, imagina, se como melhores amigos já são fofos, como namorados serão perfeitos *O* Enfim, continua logo com essa IB mega perfeita... Beijos mesnina gata!

    ResponderExcluir
  2. Ooi amora, continua logo, amei *.*
    Obrigada por comentar no ultimo capitulo de MyDear nerd no Dreamings Of J.B, vou tentar divulgar seu blog, mas vou ver se a dona (Júh) deixa, então é isso.
    Bjustin :*

    ResponderExcluir
  3. Aawwwnn que fofooooos ^---^
    Continua looogooo ta pftooo *-*

    ResponderExcluir
  4. amor estou amando sua ib ,sou leitora nova,e já me apaixonei *-*
    CONTINUA, RAPIDO!!!! <33

    ResponderExcluir
  5. Ai que dó dela. E meu, na parte do "gostosa" eu ri. Eu tbm soy igualzinna a ela uhauhsuhsuhduhs gosto de coisas mais calmas yhshsyhushshs. Continua logo por favor. Ah eu tenho twitter: @rollercosteronl bjs

    ResponderExcluir
  6. muito legal o seu ib , eu só não entendi o sonho mais continue assim pq é mt incrível

    ResponderExcluir
  7. Vomitando arco-íris com tanta perfeiçã .

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.