16/09/2013

ILWMB: Capítulo 5 - Everything's alright now

| |
"Onde você tem andado ultimamente, você sabe que isso me deixa louco, você sabe que sinto falta do seu beijo, odeio deixar que você me veja assim"
(11:11 - Austin Mahone)

"Charlotte: Alô? - Falei sonolenta.
  xxx: Charlotte? Eu preciso falar com você. - Meu coração disparou.
  Charlotte: Eu também preciso falar com você.
  Justin: Você pode me encontrar daqui meia hora no Catch?
  Charlotte: Está meio tarde, não? Acho melhor marcarmos amanhã... - Falei olhando no relógio em cima da minha escrivaninha. Lá marcava 10:38PM.
  Justin: Eu não conseguirei dormir enquanto não falar com você. - Suspirei.
  Charlotte: Ok, te encontro lá daqui a pouco então.
  Justin: Estarei te esperando.

Finalizei a ligação e fui até o closet, retirei meu pijama e vesti uma outra roupa à altura do Catch. Não ficaria bem se eu aparecesse em um restaurante de luxo com o Justin Bieber usando uma roupa simples. Peguei meu celular que estava carregando, o coloquei dentro da minha bolsa e fui até o quarto de Sarah para avisá-la que estava saindo, mas ela estava dormindo então saí assim mesmo.
Quando entrei no elevador me vi refletida no espelho e reparei que meu cabelo estava horrível. Nem tinha lembrado de arrumá-lo antes de sair de casa, então apenas o prendi em um coque frouxo e simples.
Ao chegar no térreo já avistei um táxi estacionado em frente ao prédio. Essa era uma das vantagens de se morar em Nova York, existem táxis em todo lugar que você vai. Pedi à ele que me levasse ao Catch e ele disse que chegaríamos em 20 minutos.
Assenti. Eu não tinha pressa, quanto mais demorasse, mais tempo eu teria para me preparar para encontrar Justin de novo e pensar em como eu pediria desculpas à ele.
Infelizmente não demorou tanto quanto eu achei que demoraria. Nós chegamos depois de uns 15 minutos e ao virar a esquina, eu já podia ver vários paparazzis se espremendo para conseguir o melhor lugar para ter uma foto quando Justin saísse.
xxx: Fiquei sabendo que o Justin Bieber está aí. Talvez a senhorita o encontre. - O motorista do táxi falou sorrindo pra mim.
Charlotte: É, talvez... - Disse abrindo minha bolsa e retirando o dinheiro para pagá-lo. - Aqui está, pode ficar com o troco.
xxx: Obrigada.
Charlotte: De nada. - Sorri e saí do carro. Arrumei meu cabelo mais uma vez e tomei coragem para entrar no meio daqueles loucos que me espremiam cada vez mais. Ao chegar na porta, um segurança enorme (que eu poderia dizer que dava 3 de mim) estava na porta impedindo que as pessoas entrassem. - É... pode me dar licença? Eu preciso entrar. - Falei chamando a atenção dele, que quando me olhou, um medo preencheu meu corpo.
xxx: Tenho ordem pra não deixar ninguém entrar. - Ele disse sem me olhar.
Charlotte: Mas tem alguém me esperando aí.
xxx: Você não pode entrar. - Bufei.
Charlotte: Justin Bieber está me esperando. - Agora ele voltou a me olhar.
xxx: Você é Charlotte? - Assenti. - Me desculpe, pode passar. - O armário segurança me deu passagem.
Charlotte: Obrigada. - Falei entrando no restaurante e sentindo um alívio enorme por ter saído do meio daqueles loucos. Comecei a procurar Justin com os olhos, mas não o avistei, então fui até um dos garçons que me guiou até uma sala privada nos fundos do restaurante.
Ao entrar na sala, os olhos do Justin saíram do celular e se direcionaram à mim.
Charlotte: Oi. - Foi a única coisa que consegui dizer.
Justin: Oi. - Ele sorriu. - Pode sentar se quiser. - Fiz o que ele disse e sentei em uma cadeira à sua frente. Enquanto ele fazia alguma coisa no celular aproveitei para reparar na sala em que estávamos e que eu nunca tinha ido antes. As paredes eram revestidas com madeira, o chão era branco e dava pra ver seu próprio reflexo nele de tão limpo que estava, havia também um tapete muito bonito embaixo da mesa, um lustre que eu deduzi ser de cristal e uma estante com alguns vinhos que deveriam custar mais caro do que o apartamento que eu morava com Sarah. A decoração era impecável. - Desculpe, estava respondendo uma mensagem do Usher.
Charlotte: Tudo bem.
Justin: Quer comer ou beber alguma coisa?
Charlotte: Só uma água. - Falei e o garçom que estava em pé ao lado da porta desde quando eu cheguei me serviu, serviu Justin depois dele indicar que queria o mesmo e então saiu, nos deixando sozinhos.
Um silêncio horrível tomou conta do local me fazendo pensar se deveria ou não pedir desculpas primeiro. Decidi que sim, eu não tinha nada a perder mesmo.
Charlotte/Justin: Me desculpe. - Nós falamos ao mesmo tempo e rimos juntos.
Justin: Sério, me desculpe. Você não tinha a obrigação de me contar nada, eu não deveria agir daquele jeito.
Charlotte: Me desculpe também, eu fui grossa com você e você só queria fazer as pazes.
Justin: Então está tudo bem entre a gente? - Justin falou sorrindo.
Charlotte: Aham. - Sorri também.
Justin: Amigos de novo? Quer dizer, irmãos de novo? - Ele estendeu a mão para mim sorrindo.
Charlotte: Irmãos de novo. - Confirmei segurando a mão dele e ele levantou e me abraçou, me pegando de surpresa. Eu demorei a corresponder, mas depois de alguns segundos o abracei de volta, ficando arrepiada ao sentir ele tão próximo de mim.
Justin: Muito obrigada por me perdoar, eu não parei de pensar em você e na nossa discussão nenhum segundo. - Ele falou me olhando nos olhos e eu sorri.
Charlotte: Eu senti sua falta.
Justin: Eu também senti a sua, mas agora eu vou vim te ver todas as vezes que eu estiver de folga. - Sorri. - Aquela sua amiga que você disse que mora com você, ela sabe sobre o nosso passado? - Perguntou sentando novamente na cadeira. 
Charlotte: Sabe, mas não se preocupe, eu só contei pra ela e ela é de segurança.
Justin: Está tudo bem, você sabe que eu nunca quis esconder nada.
Charlotte: É melhor assim, Justin. Você sabe o que isso causaria na minha vida.
Justin: Eu sei e te entendo. - Ele bebeu um pouco da água. - Você tem falado com a Caitlin, a Tracy e os meninos?
Charlotte: Eu falei com a Caitlin hoje e os outros tem alguns dias que não falo com eles.
Justin: A gente podia marcar de nos encontrarmos algum dia. Faz muito tempo que não falo com eles.
Charlotte: Seria ótimo. Poderíamos ir pra Atlanta.
Justin: Eu tava pensando nas Bahamas.
Charlotte: Só você é milionário, Justin. Não tenho como bancar isso com meu salário e aposto que ninguém pode também.
Justin: Eu banco, isso não é o problema.
Charlotte: A gente vê isso depois, agora me conta como a gente vai embora daqui. Tem vários paparazzis lá fora.
Justin: Eu vou sair primeiro, entro no carro e te pego na porta dos fundos, assim eles não vão nos ver juntos e não vão criar rumores.
Charlotte: Eu posso ir embora de táxi.
Justin: Eu não vou deixar você ir embora de táxi à essa hora.
Charlotte: Você que sabe. - Olhei às horas no meu relógio e lá marcava 11:50PM. - Eu preciso ir agora. Amanhã preciso acordar cedo.
Justin: Ok. Vou pedir pro Dustin ficar com você enquanto eu vou buscar o carro. - Assenti.
Nós saímos daquela sala e as poucas pessoas que estavam ali nos encararam, me deixando tímida, já Justin não estava incomodado. Ele já estava acostumado a ser o centro das atenções.
Eu e Dustin ficamos esperando Justin na porta dos fundos do restaurante e enquanto isso nós ficamos conversando sobre o quanto os paparazzis eram chatos. Dustin me contou que o pessoal do TMZ era os piores, eles estavam em todos os lugares e sempre conseguiam se infiltrar nos lugares para conseguir uma foto ou vídeo. Isso me fez pensar se no outro dia eu apareceria no site deles como "a nova garota do Bieber".
Quando Justin chegou, eu entrei no carro e ele deu a partida rapidamente. Dustin ficou, ele iria voltar junto com uns seguranças que estava em outro carro.
Charlotte: Sarah vai pirar quando souber que eu saí com você. - Ele riu.
Justin: Ela é Belieber?
Charlotte: Não, mas ela te acha "quente". - Justin riu novamente. - Ela vai me matar se souber que eu te disse isso.
Justin: Não se preocupe, ela não vai saber.
Charlotte: Quando terminam suas férias?
Justin: Não é bem umas férias, é mais uma pausa. Eu só volto em outubro.
Charlotte: Mas você continua dando entrevistas e fazendo photoshoots né?
Justin: Não, eu só vou dar essa entrevista pra Teen Vogue porque foi você que pediu.
Charlotte: Estou me sentindo muito importante agora. - Falei passando minhas mãos no meu cabelo e o jogando pra trás, tentando parecer importante e fazendo Justin rir.
Justin: Você sabe que é importante pra mim. - Ele me olhou rapidamente sorrindo e eu corei. - Com vergonha de mim? Quem diria... - Justin falou e riu.
Charlotte: Você não muda né? Continua o mesmo idiota de sempre.
Justin: Também não precisa ofender. - Disse fingindo estar triste e eu ri.
Charlotte: Exagerado! Eu não estou te ofendendo.
Justin: Estou apenas brincando, você sabe.
Charlotte: Sim, eu sei. - Falei e arqueei as sobrancelhas depois de avistar um objeto estranho no chão do carro, próximo aos meus pés. - Justin, o que é isso? - Mostrei o objeto à ele. Eu sabia o que era, mas eu queria ouvir da boca dele, eu queria uma explicação para aquilo, eu queria saber porque aquele cigarro de maconha estava lá. Ele me olhou rapidamente e então arregalou os olhos.
Justin: Isso... isso não é meu. - Reparei que ele apertou o volante do carro com força. Eu o conhecia bem, ele estava muito nervoso.
Charlotte: Não é seu? - Falei jogando aquela coisa pela janela. - Isso estava no seu carro, Bieber! - Gritei.
Justin: É do Twist!
Charlotte: Do Twist?! Seu amigo nem veio pra Nova York com você! Esse carro nem é seu! - Gritei novamente, me sentindo totalmente estressada. Eu não conseguia acreditar que todas aquelas notícias que me fizeram chorar eram todas verdades, Justin estava fumando. - Eu não acredito, Justin. Eu não consigo acreditar nisso. - Disse sentindo meus olhos marejarem.
Justin: Char... - Ele falou me olhando e só então eu reparei que estávamos parados em uma vaga numa rua mais calma.
Charlotte: Não fala nada, Justin. - Pedi passando as mãos nos meus olhos, impedindo que as lágrimas escorressem. - Eu sei que você vai dizer que maconha não faz mal e que é só pra relaxar, eu também pensava assim nas poucas vezes que fumei, mas você sabe que não é difícil ir da maconha pra outra droga mais forte? - Ele não respondeu, estava com a cabeça abaixada no volante. - Você já pensou nos seus fãs, na sua família e nos seus amigos de verdade? O que eles iam pensar?
Justin: Eles me odiariam... - Ele sussurrou. - Eu vou parar, Char. Só não para de falar comigo de novo, por favor.
Charlotte: Eu não vou, eu só quero o seu bem. - Falei e Justin me abraçou de repente. Eu o apertei forte. Poderia ficar assim com ele pelo resto da minha vida.
Justin: Tenho que te levar em casa. - Ele falou e se afastou rindo fraco.
Charlotte: Se a Sarah acordou, ela já deve estar louca.
Justin: Não avisou ela?
Charlotte: Ela estava dormindo. - Justin deu de ombros.
Justin: Nós sempre brigamos e ficamos bem de novo, já percebeu? Somos irmãos de primeira. - Ri.
Charlotte: Tem razão. - Ri também.
O resto do caminho foi em silêncio, a não ser por Justin cantarolando uma música que eu não conhecia. Sua voz foi como um calmante pra mim, porque eu só me lembro de acordar já em frente ao prédio em que eu morava.



Eaeeeeeeeee! Dessa vez demorei menos *u*
Eu ia postar mais cedo, só que minha internet tava com fogo no rabo -.-
Digam-me o que vocês acharam desse capítulo, a opinião de vocês é muito importante pra mim c:
Jheni, seu comentário me emocionou, muito obrigada. Fico muito feliz em saber que você gosta do blog e que eu servi de inspiração pra você :')
É isso, bjs bjs bjs, falem comigo pelo ask :)

12 comentários:

  1. kkkkkkkk morri com essa ceninha da droga, pena que eu acho que é verdade ='(
    Continuaaaaaa

    ResponderExcluir
  2. Omg! Muito fofo :) amei! To vendo o quanto eles ainda se gostam :p continua, bjs

    ResponderExcluir
  3. "O armario segurança me deu passagem " kkkkkk morri , quase chorei com a cena da maconha aiin gente será que é vdd? To nervosa, posta logo o proximo capitulo ta divo esses cap ~curiosa aqui~

    ResponderExcluir
  4. Mano, esse capitulo esta muitooooooooo perfeito, ame mesmo!!! Continua logo,viu!!

    ResponderExcluir
  5. PERFEIÇÃO DE CAPITULOOO *-*
    AMEI AMEI AMEI AMEI
    CONTINUA LOGO POR FAVOR ...TO ANCIOSAAA :)
    Bjs
    Vick

    ResponderExcluir
  6. Só falei a verdade! *-* hehe Amei o capítulo. Que bom que eles se acertaram. Continua logo! ;)

    ResponderExcluir
  7. heey, divulga por favor ? obg e seu blog é lindo :3 http://apenasumabelieberbelieve.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.