13/09/2013

ILWMB: Capítulo 4 - I need to talk to you

| |
"Parece que nada realmente importa mais quando você vai embora, eu não posso respirar e eu sei que você nunca quis me fazer sentir desse jeito, isso não pode estar acontecendo"

15 de agosto de 2016 - Nova York, terça-feira, 8:20PM
Sarah: E você não foi falar com ele? - Sarah perguntava animadamente sobre o meu almoço com Blake em que Justin apareceu.
Charlotte: Não Sarah, eu não fui. Nós discutimos por causa de bobeira dele, enquanto ele não vier me pedir desculpas eu não falo com ele.
Sarah: Para de ser orgulhosa, Char. Tá pior do que criança.
Charlotte: Não interessa, ele errou, ele quer se meter na minha vida, mas não percebe que não dá mais. Nós não somos como antes.
Sarah: Mas bem que poderiam ser. - A fuzilei com os olhos. - Tá, desculpa, mas você sabe que eu sempre apoiei o relacionamento de vocês.
Charlotte: Eu sei, mas não dá mais, Sarah. Olha a pessoa que ele se tornou, como que vai assumir um relacionamento com a irmã? E mesmo assim eu não quero mais, é errado, Pattie não quer e ninguém apoiaria. Deixa assim, nossas vidas estão ótimas, nos tornamos independentes e somos felizes. Pra que mudar?
Sarah: Bom, você que sabe o que fazer, eu vou te apoiar em qualquer decisão que você tomar. - Sorri e a abracei.
Charlotte: Obrigada, amiga.
Sarah: Não precisa agradecer. - Falou retribuindo o abraço.
Nós nos afastamos quando ouvimos a campainho tocar. Sarah levantou antes de mim, com um copo de suco em mãos, e foi até a porta.
Blake: E aí, coisa irritante? - Eu  reconheci pela voz e pelo jeito de chamar Sarah. Eles brigavam, mas eram amigos. Vai entender...
Sarah: Aff, chegou você pra estragar a noite. - Blake riu enquanto entrava no apartamento e caminhava até mim, segurando uma sacola.
Blake: Sua ingrata, eu trouxe morangos e Nutella para comermos e você me xinga. - Ele falou e em seguida me deu um selinho. - Oi amor.
Sarah: Não Blake, me desculpa, você não é nada disso. - Nós rimos. Nutella era o ponto fraco de Sarah.
Blake: Nem se aproxime, você não vai comer. - Blake falou mostrando o pote de Nutella pra ela, que fez bico, igual uma criança.
Charlotte: Eu deixo você comer, porque eu sou legal. - Disse tomando o pote das mãos de Blake e caminhando em direção à cozinha com os dois atrás de mim.
Blake: Poxa amor, você me traiu.
Sarah: Bem feito. - Ri.
Nós caminhamos até a cozinha e cada um pegou uma faca para cortar os morangos. Blake mais bagunçou do que cortou, ele era um desastre na cozinha, até mesmo para fazer uma tarefa fácil dessa e Sarah não parava de o zoar por isso.
Eu os deixei sozinhos enquanto fui atender meu celular. No visor indicava que o número não era identificado, mas eu sabia quem era. Scooter Braun.

Charlotte: Alô?
Scooter: Charlotte?
Charlotte: Sim, é ela.
Scooter: Aqui é o Scooter, empresário do Justin. Ele me falou sobre a entrevista.
Charlotte: E o que vocês decidiram?
Scooter: São as férias dele e eu queria que ele ficasse esse tempo longe disso tudo, mas ele disse que quer                 fazer, então eu não tenho como lutar contra isso. Ele vai fazer a entrevista.
Charlotte: Muito obrigada! Devo marcar pra quando?
Scooter: Marque para quinta-feira. Me passe seu email e eu irei te passar todas as regras que devem ser                     seguidas durante a entrevista. - Revirei os olhos. Celebridades e suas frescuras.
Charlotte: Claro. - Passei meu email pra ele.
Scooter: Daqui 20 minutos você já vai ter recebido o email.
Charlotte: Ok. Muito obrigada mais uma vez.
Scooter: Não há de que. - Ele falou e quando eu pensei que a ligação ia ser encerrada, ele começou a falar                 novamente. - Eu não queria me meter na sua vida, mas peço que tenha paciência com Justin. Ele                   está confuso em relação à vocês e tem recebido muita pressão da mídia, então tenta não                               pressioná-lo em nada ok?
Charlotte: Ok. - Falei confusa com o que acabei de ouvir. Qual o motivo dele falar isso agora?
Scooter: Ótimo. Nos vemos quinta então. Até logo.
Charlotte: Até.

A ligação foi finalizada e eu continuei parada no mesmo lugar, olhando pro celular e pensando no que Scooter falou. Será que eu peguei pesado com Justin? Tudo que ele queria era fazer as pazes e eu acabei transformando isso em uma briga, como se já não bastasse tudo que a mídia anda falando sobre ele.
Blake: Char, eu e Sarah já terminamos tudo. Vamos pra lá? - Ele falou me despertando dos meus pensamentos. - O que houve com você? Parece distante.
Charlotte: Não é nada. - Disse colocando o celular novamente em cima do sofá. - Eu só estava pensando em algumas coisas que tenho que fazer amanhã. Não é nada sério. - Ele continuou me olhando preocupado.
Blake: Tem certeza?
Charlotte: Sim. - Falei dando um selinho nele.
Blake: Você sabe que pode confiar em mim, certo? - Assenti.
Charlotte: Eu sei. - Sorri fraco, sentindo ele me abraçar carinhosamente.
Caminhamos até a cozinha de mãos dadas, encontrando Sarah comendo os morangos que tínhamos cortado.
Blake: Gorda! - Ela mostrou a língua. Eles agiam feito crianças.
Charlotte: Poxa, nem nos esperou. - Falei puxando uma cadeira e sentando ao lado dela.
Sarah: Não resisti, desculpa.
Blake: Tá bom. - Disse com ironia e ela mostrou o dedo do meio pra ele. - Me conta aí, seu namorado te abandonou de vez? - Blake disse colocando um dos morangos na boca.
Sarah: Ele não me abandonou seu otário, ele só precisou viajar.
Blake: Eu não me surpreenderia se ele te abandonasse. - Ri. Era impossível não rir com eles.
Charlotte: Parem com isso, vamos conversar como pessoas adultas.
Blake: Tá bom, então me conta porque você e o Justin estavam brigando hoje mais cedo. - Estremeci, o que eu diria à ele? Que eu e Justin tínhamos um caso? Eu odiava mentir para Blake, mas nesse caso era necessário.
Charlotte: Justin queria que eu fosse almoçar com ele, mas eu recusei porque não queria que descobrissem sobre o nosso parentesco. - Disse a primeira desculpa que eu inventei. Pelo menos ele pareceu acreditar.
Blake: Eu acho que você deveria contar. Não dá pra esconder isso pelo resto da vida.
Sarah: Eu devo estar ficando louca, mas eu tenho que concordar com o Blake.
Charlotte: Pensem comigo: se eu contasse, eu automaticamente me tornaria famosa, as pessoas iriam querer fazer as coisas por mim e eu não quero isso. Minha vida está ótima assim.
Sarah: Você não vai poder fugir disso pra sempre.
Charlotte: Eu sei, mas vou fugir enquanto puder.
Blake: Bem, você deve fazer o que achar melhor. Estamos com você pro que der e vier, né Sarah? - Blake falou e depositou um beijo na minha bochecha.
Sarah: Af, segunda vez que concordo com você em um dia. - Disse revirando os olhos, nos fazendo rir.
Ficamos ali até comermos todos os morangos e então Blake disse que precisava ir embora, pois amanhã teria que estar no trabalho bem cedo para resolver na faculdade. Ele fazia o último ano de Engenharia Automotiva e se formaria no fim desse ano, se tudo desse certo.
Nós nos despedimos e então ele partiu, deixando Sarah e eu sozinhas.
Sarah: Eu vou tomar banho e dormir, Char. Estou muito cansada. - Disse e largou o pano de prato que usou pra secar as louças em cima da bancada.
Charlotte: Ok, eu só vou ver o email do Scooter e já vou também. Boa noite.
Sarah: Boa noite. - Mandou um beijo e saiu da cozinha, me deixando sozinha com os meus pensamentos. Justin não saia da minha cabeça, a forma que ele me olhou quando nos vimos, os sentimentos colocados nos abraços, sua risada e seu sorriso e a forma que ele saiu daqui por causa do meu namoro. Por mais que eu quisesse que ele ficasse longe, eu também queria ter ele por perto. Ninguém nunca me fez tão feliz igual ele fez, mas infelizmente, nós não poderíamos ter nada mais além de uma amizade.
Balancei minha cabeça, afastando esses pensamentos e fui até meu quarto, onde meu notebook estava. O liguei e acessei meu email, onde o email de Scooter estava destacado em negrito, sendo o único que eu ainda não tinha lido. O abri e comecei a lê-lo.
Lá não falava nada demais. Pedia que não ficasse muitas pessoas ao redor dele enquanto ele fazia a entrevista, não o induzirem a responder algo que ele não quiser, tomar cuidado com as coisas que são ditas e por último e em negrito estava escrito: é proibido fazer qualquer pergunta e/ou falar sobre os relacionamentos do Justin, seja diretamente ou indiretamente.
Era de se esperar que isso estivesse lá, pelo que eu ouvi ele odeia falar sobre todas as garotas com quem ele já ficou ou namorou. Até que ele tem razão, isso dá uma repercussão enorme.
Imprimi duas cópias desse email e guardei em uma pasta, levaria amanhã para entregar às pessoas que iriam o entrevistar.
Depois fui até o banheiro e tomei um rápido banho, vesti uma roupa para dormir e deitei na cama. Quando estava quase pegando no sono, meu celular começou a vibrar em cima do meu criado-mudo. Era número desconhecido, mas eu atendi mesmo assim.

"Charlotte: Alô? - Falei sonolenta.
  xxx: Charlotte? Eu preciso falar com você. - Meu coração disparou.


Capítulo chato =\
Sorry, o próximo vai melhorar :D
Então... não vou ficar pedindo desculpas, porque isso já ficou chato. Eu demoro, peço desculpa, falo que não vou mais demorar e demoro mais uma vez. Eu não queria que fosse assim, mas eu estou cheia de coisas pra fazer e agora que eu consegui passar no Senai vai ficar tudo mais corrido ainda :c
Peço que vocês entendam, mas eu vou entender se vocês pararem de ler o blog ou de comentar, porque eu sei o quanto é chato entrar todo dia em um blog e nunca ter atualização. Eu também passo por isso.
Desabafem aí nos comentários, falem tudo o que vocês acham do blog, sejam sinceras. Eu quero saber o que vocês acham, quero saber a verdade. Mesmo que vocês não acreditem, isso me motiva. É ótimo receber um comentário gigante falando sobre tudo o que aquela leitora acha, mesmo sendo bom ou ruim, eu sempre fico feliz por aquela pessoa estar sendo sincera comigo. Podem falar comigo pelo ask também.
Beijinhos ;*

Divulgando:

9 comentários:

  1. Ainda bem que Jus aceitou fazer a entrevista, acho que a Char devia continuar escondendo seu antigo relacionamento com o Jus e não contar pro Blake e Deus tenho crrteza que é Jubs que ligou pra ela mas pra falar o que ???Continua logo Bia, eu te entendo, quando vc passa em algo é muito corrido, nào estou brava com vc, Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que Jus aceitou fazer a entrevista, acho que a Char devia continuar escondendo seu antigo relacionamento com o Jus e não contar pro Blake e Deus tenho crrteza que é Jubs que ligou pra ela mas pra falar o que ???Continua logo Bia, eu te entendo, quando vc passa em algo é muito corrido, nào estou brava com vc, Bjs

    ResponderExcluir
  3. Omg nem acredito char volta logo pro justin '-' há so de lembrar tudo de novo eles começando a se gostar o justin atrapalhando ela e o blake haha o primeiro beijo u.u eles presos no banheiro haha eu amei isso :) agr eu to sentindo mt mt mt falta do chris do Ryan do chaz da cait e da stacy omg euy quero a bagunça deles assistido filme a palhaçada omg eu ria de mais eles davam um toque especial na sua ib era tão perfeito '-' n vejo a hora do justin e da char se acertarem o blake é legal mais nd como jarlote u.u

    ResponderExcluir
  4. Ai.Meu.Deus.
    Essa fic é vida !!
    CONTINUAAAAA

    ResponderExcluir
  5. Só uma coisa a dizer: PERFEITO. Cara, ninguém vive só para IB, eu sei como é, por isso, eu espero o tempo que for preciso pela atualização do seu blog, por que sempre vale muito a pena esperar. Você foi uma grande influência pra mim quando eu comecei a escrever. Você é uma das melhores autoras que eu conheço. Te adoro e não vivo sem seu blog, parabéns.

    ResponderExcluir
  6. OMG OMG! Eles tem que se acertar! sera que é o justin?? acho q sim! continua logo amor bjs

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.