12/07/2013

ILWMB: Capítulo 24 - Forbidden

| |
Wall Photos
"But I'd stop the world
If it'd they finally let us be alone, let us be alone"
(Stop The World - Demi Lovato)

Atlanta - Geórgia, domingo, 1:15PM
Pattie: O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI? - A voz dela ecoou pela sala, fazendo Justin se separar de mim rapidamente e olhar assustado pra ela. Meus olhos se arregalaram imediatamente, meu coração disparou e minha respiração ficou falha. Justin não estava muito diferente de mim.
Charlotte: Ér... oi, mãe. - Falei com um sorrisinho no rosto, tentando amenizar a situação, o que não adiantou muito. Pattie parecia que ia explodir.
Pattie: Eu não acredito no que eu acabei de ver. - Disse passando as mãos no cabelo e andando pela sala, parecendo desesperada.
Justin: Mãe, deixa...
Pattie: NÃO FALEM COMIGO! - Ela gritou e nós demos um pulo pra trás. Nunca tinha visto Pattie assim, ela era sempre tão doce e calma. - Vão... vão se arrumar e voltem. Eu quero conversar com vocês. - Disse e nós subimos a escada rapidamente. Antes de entrar no quarto Justin me abraçou e disse que tudo ia ficar bem, mas eu não acreditava nisso, nada ia ficar bem entre nós a partir de agora. Fui para o banheiro e tomei um banho rápido, enquanto chorava sem perceber. Como fomos deixar isso acontecer? Nós fomos sempre tão cuidadosos e por um minuto de descuido fomos pegos. E pensar que eu estava me preocupando com Wendy...
Depois que eu terminei de me vestir e pentear o cabelo fui para a sala, onde Pattie estava sentada no sofá me fuzilando com os olhos. Fiquei em pé ao lado do sofá e ela me mandou sentar, então assim o fiz. Nós ficamos em silêncio até Justin chegar. Ele sentou do meu lado e me olhou de uma forma tentando passar segurança, mas não conseguiu, nada me passaria segurança agora.
Pattie suspirou e então ficou de pé, nos olhando de uma forma que eu estava ficando com medo.
Pattie: Desde quando? - Ela perguntou e nós nos entreolhamos.
Justin: Desde quando o que? - Revirei os olhos, ele é um idiota.
Charlotte: Tem alguns dias.
Pattie: Eu sou uma burra, como eu não fui ver? - Falou mais para si mesmo do que para nós.
Justin: Não, mãe, você não é burra.
Pattie: Sou sim! Essa aproximação de vocês não ia acontecer à toa. - Falou e pareceu pensar um pouco. - Lá no Texas, vocês já...
Charlotte: Não! A viagem só nos aproximou.
Pattie: É tudo culpa minha, eu não deveria ter inventado essa viagem.
Charlotte: Não é culpa sua, mãe.
Pattie: Fiquem quietos, por favor. - Falou andando pela sala. Após alguns minutos ela parou na nossa frente novamente. - Vocês vão se separar, entenderam? Se eu souber que vocês estão juntos mando um de vocês pra morar em Nova York.
Justin: Mãe, por favor... eu a amo. - Justin disse e eu sorri.
Pattie: ISSO É ERRADO! - Ela gritou. - Vocês são irmãos!
Justin: Não somos irmãos de sangue! - Disse a afrontando e eu fiz um sinal para ele parar.
Pattie: Não interessa, vocês continuam sendo irmãos! - Falou. - Se eu descobrir que vocês estão juntos, vocês já sabem né? - Assentimos. - Agora subam, vão para o quarto de vocês.
Charlotte: Você pode deixar nós conversamos? - Ela assentiu.
Pattie: 5 minutos. E sem aproximações. - Falou e saiu da sala, nos deixando à sós. Justin estava com a cabeça baixa e ele chorava em silêncio, a única diferença entre nós é que eu chorava desesperadamente.
Charlotte: Hey Biebs. - Falei levantando seu rosto, fazendo ele me olhar. - Tudo vai dar certo. - Sorri fraco.
Justin: Eu espero. - Suspirou. O abracei fortemente, aspirando todo seu perfume para gravá-lo em minha mente.
Pattie: Já conversaram? - Falou surgindo na sala e nós nos separamos. - Subam agora. - Justin me olhou e suspirou, depois levantou sem olhar na cara de Pattie e subiu.
Charlotte: Muito obrigada, mãe. - Falei com raiva e fui para o meu quarto. Eu não estava com ódio de Pattie, eu até entendo o lado dela, mas estava chateada sim. Eu e Justin só somos irmãos em um papel, não temos o mesmo sangue correndo nas nossas veias, então qual o problema?
Liguei para Caitlin e então disquei o número dela. Ela atendeu depois de alguns toques.
"Caitlin: Hey, Char!
  Charlotte: Oi, Cait. - Falei sem nenhuma animação na voz.
  Caitlin: Credo, que baixo astral. O que houve?
  Charlotte: Minha mãe descobriu.
  Caitlin: Sobre você e o Justin? - Falou alto, quase gritando.
  Charlotte: É e agora ela proibiu a gente de se ver.
  Caitlin: Ai meu Deus, Char. Eu sinto muito. Como vocês estão?
  Charlotte: Péssimos. - Falei virando na cama e ficando de barriga pra baixo. - Você pode vim aqui?
  Caitlin: Sim, só vou terminar de pentear meu cabelo e estou indo.
  Charlotte: Ok, estou te esperando. "
Me encolhi na cama, abraçando a mim mesma. Algumas lágrimas estavam rolando pelo meu rosto sem eu perceber. Porque tudo tinha que ser tão difícil?
Meu celular começou a tocar e eu atendi, imaginando ser a Caitlin, mas era Justin e eu me arrepiei quando ouvi sua voz.
"Justin: Oi shawty... - Sua voz estava baixa, ele estava chorando.
  Charlotte: Oi Biebs. - Falei, virando na cama e ficando agora com a barriga pra cima. - Como você está?
  Justin: Horrível, imagino que você esteja assim também.
  Charlotte: É... - Falei. - Já estou com saudades de você.
  Justin: Eu também. Muito. - Sorri. - É horrível estar no quarto na frente do seu e não poder ir aí.
  Charlotte: Amanhã é segunda, vamos poder nos ver na escola.
  Justin: Nunca fiquei tão ansioso pra que uma segunda-feira chegasse. - Ri.
  Charlotte: Eu também. - Ouvi um barulho de violão. - Você está tocando?
  Justin: Sim, vou gravar um vídeo.
  Charlotte: Me avise quando colocar.
  Justin: Com certeza, ele é pra você. - Sorri.
  Charlotte: Sério? Sobre o que é?
  Justin: É apenas uma música pra te passar uma mensagem. Você vai ver.
  Charlotte: Estou ansiosa. - Ele riu.
  Justin: Vou terminar de gravar. Depois eu te ligo. Beijos, te amo.
  Charlotte: Também te amo."
Ele encerrou a ligação e eu joguei o celular em cima do criado mudo, soltando um longo suspiro. Isso mal tinha começado e eu já estava cansada.
Caitlin chegou depois de alguns minutos e veio me abraçar. 
Caitlin: Como isso aconteceu? - Disse sentando na minha cama.
Charlotte: Ela nos viu quando estávamos nos beijando. Não tomamos muito cuidado.
Caitlin: Seus cabeçudos. - Me deu um tapa na cabeça e eu ri. - Vou tentar ajudar vocês. Os outros já sabem? - Neguei.
Charlotte: Só você.
Caitlin: Então vou marcar com eles 4 horas com ele lá em casa. - Falou pegando o celular e digitando algo. - Vamos conversar e tentar ajudá-los. - Sorri.
Charlotte: Muito obrigada, Cait. - Falei a abraçando forte e ela riu.
Caitlin: Você vai me sufocar. - Ri e a soltei.
Charlotte: Eu vou descer e almoçar. Quer ir comigo? - Ela negou.
Caitlin: Eu vou falar com o Justin, ele tá aí? - Assenti.
Charlotte: Tá no quarto. - Falei caminhando com ela até a porta. Ela entrou no quarto do Justin e eu desci, indo até a cozinha. Maggie estava terminando de guardar as louças e só notou minha presença ali quando eu arrastei um dos banquinhos para mim sentar.
Maggie: Oi Char. Quer almoçar?
Charlotte: Aham, estou morta de fome. - Ela preparou minha comida e a esquentou no microondas, me entregando em seguida. Comi rapidamente e voltei para o quarto, onde não encontrei Caitlin. Queria ir até o quarto de Justin, mas tinha medo de Pattie me ver lá e você já sabe o que aconteceria.
Fiquei no meu quarto por alguns minutos e então Caitlin surgiu com uma cara nada boa.
Charlotte: O que foi, Cait?
Caitlin: Pattie veio me perguntar sobre vocês e pediu pra mim vigiá-los.
Charlotte: Que bom que foi você né? Pior se ela contratasse alguém para nos vigiar.
Caitlin: Eu não queria mentir pra ela.
Charlotte: É por uma boa causa, Cait. - Falei a abraçando.
Caitlin: Eu sei... Vocês ficam me devendo uma ok? - Ri.
Charlotte: Ok. Agora vamos pra rua porque não aguento mais ficar aqui. - Disse a arrastando para fora do quarto.


- narrado por Justin B. -
Fiquei cerca de 2 horas preparando uma melodia pra música e finalmente eu tinha tudo pronto. Posicionei a câmera, peguei meu violão e então comecei a cantar a música que eu tinha escrito. Era uma ótima canção, Char com certeza ia gostar, assim como todos que estavam me pedindo mais vídeos.
Enquanto cantava eu segurava as lágrimas que queriam escorrer pelo meu rosto, eu não queria chorar e fazer os outros pensarem que eu era um viadinho. Isso foi machista...
Enfim, aquela música era muito especial pra mim, eu coloquei tudo que eu queria dizer para Charlotte nela e foi quase impossível não chorar, mas eu me controlei.
Quando eu terminei de gravar, fiz o upload no YouTube. Não editei o vídeo e nem nada, eu queria que tudo ficasse ao natural, não queria que pensassem que eu não sou bom o bastante para cantar sem edição.
Assim que o upload terminou, mandei uma mensagem pra Char pedindo para ela ver o vídeo e ela disse que estava na casa da Caitlin. Olhei as horas e vi que já eram 3:50, eu tinha marcado de ir pra lá 4 horas. Peguei meu celular e desci correndo, mas quando passei pela sala, minha mãe me chamou.
Pattie: Onde você está indo?
Justin: Na casa do Christian. - Falei pegando a chave do carro que estava em cima da mesa de centro.
Pattie: A Charlotte está lá, então você não vai. - A olhei incrédulo.
Justin: Mãe, você não pode me proibir de sair, eu já sou maior de idade.
Pattie: Ok, então já que eu não posso te proibir, eu vou com você. - Disse pegando sua bolsa e vindo atrás de mim. Revirei os olhos, eu não estava acreditando que aquilo estava mesmo acontecendo.
Justin: Você não vai poder ficar atrás de nós o dia todo sabia? - Falei enquanto dava a partida no carro.
Pattie: Eu sei, é por isso que eu tenho meus contatos. - Bufei.
Justin: Nós não vamos fazer nada, mãe. Você não confia em nós?
Pattie: Claro que confio, só não confio quando o assunto é esse. - Revirei os olhos novamente. - Ainda não consigo acreditar que vocês estavam... - Ela não terminou, apenas balançou a cabeça negativamente, me fazendo rir.
Justin: Mãe, não tem nada de mais nisso.
Pattie: VOCÊS SÃO IRMÃOS! - Ela gritou.
Justin: NÃO SOMOS IRMÃOS DE SANGUE! - Gritei e ela me olhou furiosa, então respirei fundo, tentando me acalmar. - Se você veio pra ficar gritando comigo era melhor ter ficado em casa.
Pattie: Olha como você fala comigo. - Disse com raiva. - Só não te bato agora porque você tá dirigindo, senão ia aprender a me respeitar rapidinho. - Bufei e não disse mais nada, foquei minha atenção na pista.
- fim da narração de Justin B. -

Eu, Christian, Caitlin, Ryan, Chaz e Tracy estávamos vendo o vídeo que Justin gravou e sinceramente, eu estava chorando. Em silêncio, mas estava. Era lindo, a mensagem que a música passava me deixava completamente emocionada.
"Through the sorrow, and the fights
Don't you worry, 'cause everything's gonna be alright"
Ele terminou de cantar e eu sequei minhas lágrimas, não conseguia parar de sorrir nenhum minuto sequer.
Tracy: Awn, amiga, não chora. - Ela disse me abraçando e eu sorri.
Charlotte: É impossível. - Falei.
Christian: O Justin tá virando um viadinho mesmo. - Nós rimos.
Justin: Quem tá virando um viadinho? - Sua voz ecoou pela sala e eu virei sorrindo para ele, mas meu sorriso se desfez quando vi Pattie atrás dele. Não que eu não quisesse vê-la ou não gostasse dela, mas eu achei que poderia passar um tempo com Justin sem ter que esconder nada.
Christian: Você. Olha que viadagem. - Apontou para o computador.
Ryan: É verdade, nem sai mais pra comer umas vadias.
Justin: Cala a boca seus merdas, minha mãe tá aqui.
Pattie: E você acha que eu não sei dessa sua vida? - Rimos. - Sandi está aí?
Caitlin: Está lá em cima.
Pattie: Ok, vou lá, mas estou de olho em vocês. - Falou para mim e para Justin e nós assentimos. Ela subiu e então Justin sentou do meu lado, me dando apenas um selinho bem rápido.
Chaz: Vocês precisam tomar mais cuidado.
Charlotte: Nós sabemos...
Chaz: Mas não parece. - Justin mostrou o dedo do meio pra ele e Ryan e Christian riram.
Tracy: Nós vimos o vídeo que você postou.
Justin: O que acharam?
Christian: Uma viadagem. - Rimos.
Justin: Vá se foder, pirralho.
Christian: Mais tarde eu vou sair com uma garota muito gostosa e eu pretendo fazer isso.
Caitlin: Me poupe disso, Christian. - Rimos. - Seu vídeo ficou ótimo, Justin. Já tá com mais de 50 mil visualizações.
Justin: Sério? Eu postei tem alguns minutos. - Falou tomando o computador da mão de Ryan.
Ryan: Você é muito talentoso, mas não tem nenhuma educação com seus amigos. - Rimos novamente.
Justin: O que você achou? - Ele falou sorrindo pra mim e ignorando Ryan que estava resmungando.
Charlotte: Foi incrível! Sério, não dá pra descrever. - Falei e ele sorriu, juntando nossos lábios rapidamente.
Caitlin: Ela chorou feito um bebê. - Justin riu.
Justin: Sério?
Charlotte: Você é uma fofoqueira, Caitlin Victoria Beadles. - Eles riram.
Chaz: Mas então... porque você chamou todos nós aqui, Cait? - Ele perguntou e então ela começou a explicar sussurrando, para que Pattie não a ouvisse. Eles iam bolar um plano para mim e Justin.


E aí gatas? <3
Capítulo horrível, eu sei. Me desculpem, não estou com cabeça pra escrever :(
Eu não vou mais na BT, pois é D:
Eu até tenho o dinheiro, mas meu pai tá com medo, pq é um lugar MUITO perigoso, cercado de favelas, ele não tem onde ficar e nem onde guardar o carro, não tem como pagar um hotel, etc...
Então não tem como eu ir mesmo :(
To muito mal com isso, então se tem algo errado no capítulo ou se vocês odiarem, me desculpem, por favor...
Boa sorte pra quem vai comprar o ingresso e estou muito feliz por quem vai, vocês não imaginam a sorte que têm...
Bom, é isso... até o próximo capítulo e não esqueçam de mim ><

11 comentários:

  1. Continua! Você ta demorando muito pra postar...

    ResponderExcluir
  2. Amor eu também não vou porque meus pais não deixam :/ eu chorei TO MEGA triste! e sei como você esta se sentindo .. Bom, eu fiquei tipo: FERROU! por causa que a Pattie descobriu! maaaaaaaaaaaaaiss to torcendo para eles darem um jeito! hahahaha a Charlote e o Justin são LINDOS juntos! amor você poderia fazer uma segunda temporada, oque acha? bjs

    ResponderExcluir
  3. Amei o cap. Vei eu to aki tipo: HEART ATTACK, Meu Deus ela nao pode mandar um dos 2 pra New York, mas se depender dessa cambada tenho certeza que eles vão dar um jeito. Continua logo Bia. Eu tambem nao vou na BT, tipo tenho dinheiro e talz mas eu moro em Curitiba e minha mae vai estar trabalhando e ela disse que nao posso ir sozinha entao... Mas tem sortudas que vao e aproveitem ao maximo girls. Bjs Bia

    ResponderExcluir
  4. Ta incrível !!! Que fofo do Justin fazendo a música <3
    A dona Pattie ficou chata hahahahahahaha
    Continuaaaa

    ResponderExcluir
  5. Adoreeeeeeeeeeiii ! Serio, você tem uma imaginação mto mto mto boa, haha! Beijos e continuuuuuuaa

    ResponderExcluir
  6. saudade quando era só bia e liny

    ResponderExcluir
  7. Ohh my gosh continua e rapido nao vivo sem saber os planos deles beijos

    ResponderExcluir
  8. Horrivel? ta louca né! ele ta pfto! triste, mas pfto! Meus olhos chegaram a soar, ajbdsibdaskdbaDB
    BJS!

    ResponderExcluir
  9. Eu tbm n vou pq meus pais ñ deixam,já chorei mt mt mt,mas fica assim ñ! E a IB ta foda d+,mas triste....... bjs flor,posta logo =)

    ResponderExcluir
  10. Vc mora no rio de janeiro?? continua ta pftt

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.