20/04/2013

7º Capítulo - Vegas Girl: What Happened?

| |
Tumblr_mjtbopuvm81qlxd5jo1_500_large

Eu: Sai daquuuuuuuuui!!! - Gritei estressada com Jason que de 5 em 5 minutos me acordava ao entrar no meu quarto. Nós já estávamos na minha casa e aquele garoto tava achando que estávamos na dele.
Jason: Qual é Lilo? Para de ser chata! - Atacou uma almofada em mim.
Eu: Olha Jason, se eu fosse você, também ia dormir porque a noite vamos sair. - Me cobri
Jason: Você ta insuportável.
Eu: Jason, vem aqui. - Ele se aproximou e sentou num espaço que tinha na minha cama - O que você acha de...
Jason: Deixa eu falar. Ou você sai daquela merda de equipe, ou você me perde. Deu pra entender? - Me interrompeu - Eu te amo e não quero você envolvida com esse tipo de coisa. - Puxei ele colando nossos rostos, como se fosse beijá-lo
Eu: Ninguém nunca diz o que eu tenho que fazer. - O soltei empurrando pra trás
Jason: Vai se foder. - Saiu andando e bateu a porta do meu quarto, e eu voltei a dormir.

Quando deu 19h eu acordei, tomei banho, me arrumei, peguei meu celular, uma garrafa de Smirnoff Ice no frigobar do meu quarto e fui até a sala pegar a chave do carro. Jason e meu pai estavam jogando vídeo-game... mais desocupados, impossível!

Eu: Tchau pai. - Ignorei a presença do Jason.
James: Se cuida pequena. - Sorri, peguei a chave do carro e sai de lá, em direção à casa do Ryan. Logo cheguei porque era perto e não tinha tanto trânsito.
Ryan: E aí gata! - Me deu passagem assim que abriu a porta de casa.
Eu: Oi Ryan. - Respondi seca, ainda irritada com Jason.
Ryan: Cadê o seu namorado?
Eu: Se você está querendo se referir ao Jason, saiba antes de tudo que ele não é meu namorado. E ele não quis vim. Na verdade, quando fui falar, ele me interrompeu e disse "ou você sai daquela merda de equipe, ou você me perde." - Imitei a voz do Jason - Então acho que isso significa que ele não quer né.
Ryan: Tudo bem, desde que ele não abra a boca pra ninguém.
Eu: Isso não vai acontecer.
Ryan: Ótimo. Então, vamos?
Eu: Tá. Você dirige. - Joguei a chave do meu carro pra ele que pegou rapidamente, trancou a casa, e dirigiu feito louco. 
Ryan: Chegamos. - Sorriu malicioso e entregou a chave pro manobrista
Eu: Planos pra noite? - Entramos na boate, lotada.
Ryan: Divirta-se.
Eu: Assim que eu gosto. - Pisquei e sai andando, como sempre em direção a pista de dança. Aliás, dancei muito e não coloquei um gole de bebida alcoólica na boca, e nenhum tipo de droga. Acho que o Jason se orgulharia de mim, se soubesse que não fiz nada disso pensando no que ele me falou mais cedo.
Lucy: E aí, amiga sumida! - Começou a dançar comigo
Eu: Eaí! - Não dei muita atenção, continuei dançando. 
DJ: Lucy e Lindsay, Chaz está procurando vocês. - Ele anunciou rapidamente. Puxei a Lucy e fomos procurar Ryan, Chaz, Jane e o resto da equipe. Eles estavam reunidos numa sala que tinha naquele lugar.
Lucy: O que ta acontecendo? - Perguntou desesperada
Chaz: Um atentado.
Eu: Explica!
Ryan: Não façam perguntas. Vocês três coloquem essas blusas - Nos deu duas blusas de moletom com capuz, acho que era dele ou do Chaz - e vão embora! A gente se vira.
Jane: Não vou deixar vocês aqui.
Eu: Muito menos eu. Falem logo o que aconteceu.
Ryan: A gente explica e vocês se mandam! 
Chaz: A "concorrência" mandou dois caras pra cá. Estavam de preto, trajados e pá. Enganava fácil vocês! E era o que eles queriam, mas a gente descobriu. O Kenny, nosso segurança, deu um tiro em um deles e esse aí ficou ferido, então o outro saiu na mão com o Kenny, depois fugiram.
Jane: Temos tempo pra passar em casa?
Ryan: Acho que vocês não deveriam sair de lá.
Eu: Mas vamos com vocês.
Chaz: Vocês tem 1 hora! Encontrem a gente no galpão na rua de trás da casa da Lucy.
Lucy: Tá, mas vocês não vão contar o resto do plano?
Ryan: Deixa que a gente sabe o que ta fazendo. Vão logo!
Eu: Demorou! Logo menos a gente se tromba.
Chaz: Suave, tchau. - Eu e as meninas pegamos nossas coisas e saimos correndo de lá, cada um foi pro seu carro, pra sua casa.

Cheguei em casa cansada pois tinha corrido muito. Meu pai estava no escritório e Jason provavelmente no meu quarto. Sei que subi direto pro meu closet e não falei com ninguém, troquei de roupa (look calça vermelha), coloquei um colete a prova de balas por baixo da roupa, peguei uma PT 840 e uma PT 101, as coloquei na cintura e quando sai do closet, dei de cara com o Jason.

Jason: Onde você vai?
Eu: Resolver uns negocios amor, te amo. - Dei um selinho rápido nele, espontaneamente.
Jason: Não Lilo, você fica.
Eu: Eu preciso muito ir, de verdade. Mas não demoro pra voltar. Fica aí, e de preferência, me espera pra dormir. - Sorri meio preocupada e acariciei seu rosto num movimento breve e selei nossos lábios novamente, mordendo seu lábio inferior de leve. - Preciso ir! Amo você, tá?
Jason: Tá... - Respondeu um tanto quanto desanimado, pegou o notebook e se jogou na cama. Coloquei um plástico preto cobrindo as placas do meu carro e dirigi até o tal galpão.
Chaz: Ta pronta?
Eu: Nasci pronta.
Chaz: Ótimo!
Lucy: Cheguei! - Falou ofegante assim que entrou no galpão, parecia cansada. - Corri muito.
Ryan: Tá, tá. Vamos logo! Lilo, eu, Fredo (segurança) e o Chaz no carro 1.
Eu: Blindado?
Ryan: Lógico.
Lucy: Eu vou com quem?
Ryan: Com a Jane, Kenny e o Joe (segurança). Carro 3.
Jane: Não ta equilibrado. No seu carro tem os mais "fortes".
Chaz: Mas nós vamos na frente.
Ryan: Vamos logo. Cada um entrando nos seus carros, vai.
Lucy: E o carro 2?
Ryan: Vai ficar aqui. - Entramos no carro e Ryan dirigia o nosso feito um louco. Já sabiam onde encontrar os caras então fomos ao lugar certo. Um "beco" com pouca movimentação.

Logo notaram nossa presença e o tiroteio começou, óbvio. Mas os caras não eram muito bons de mira, devo comentar.
Aquilo nem durou muito, pois nós estávamos em 8 e eles em 5. Um deles até chegou a pedir arrego! Só me acertaram um tiro na perna, que ardia muito. Então me colocaram no banco de trás do carro mas eu abri o teto-solar e continuei atirando. 

Ryan: Acabou! Acabou! - Gritou e todos se recolhendo, voltando cada um pro carro que tinha ido.
Chaz: Essa foi a melhor concorrência que já tivemos. - Todos rimos
Fredo: E você Lilo, tá melhor?
Eu: to bem, só ta doendo um pouco. 
Ryan: Vamos deixar ela em casa.
Chaz: Ok mano. - Chaz, que estava dirigindo, mudou a rota pra minha casa. Quando chegamos, Fredo me ajudou a entrar e depois eles foram embora. Subi até meu quarto com dificuldade, Jason estava mexendo no notebook.
Jason: O que aconteceu?


Mesmo que vocês tenham me abandonado e o cap. anterior não tenha recebido os 15 comentários, eu resolvi postar mas não vou fazer isso de novo. Vocês querem capítulos, e eu quero comentários. É o mínimo, né?!

Massss, então. Hoje, quero fazer um pedido mais que especial pra vocês:

Hoje, o Alan faleceu, de Leucemia (se eu não me engano), e ele era uma pessoa maravilhosa, com um coração enorme, que tinha muita fé e vontade de viver. Eu, nunca fui amiga dele, mas o conhecia. Então quero pedir que vocês rezem, orem, peçam à Deus pela alma dele e para que conforte a família do menino. Não tenho muito o que dizer, só queria pedir isso pra vocês, pois ele era um de "nós", um Boylieber.


Enfim!

Conversem comigo: Facebook / Twitter / Ask

+ 15 comentários.

18 comentários:

  1. Continuaaaaaaa Giiiiiii,já chorei muito com a história do Allan
    Rayane

    ResponderExcluir
  2. Continuaaaa
    O que vai acontecer agora ??!? O jason vai embora ??!? Eu pensei que tipo assim o jason tava mentindo e era ele que invadiu lá hahahahaha so eu mesmo
    Continua logoo

    ResponderExcluir
  3. Aaaaah continuua ta pft
    By bru

    ResponderExcluir
  4. Fanfic nova,que tal dar uma passadinha lá e ler a sinopse da imagine Russian Roulette? http://imaginejbieber.blogspot.com.br/ Ajudaria MUITO.

    ResponderExcluir
  5. ooo, continua.por favor
    Tadinho do Alan, de verdade e ainda reve gnt que ainda faz piadinha com a morte.dele, ridiculo.
    Mas voltando a ib, continua pf
    Leticia

    ResponderExcluir
  6. Continuaaaaa vou orar por ele!so fiquei um pouco perdida quando ela falou "meu amor" "te amo ta" pq no outro cap ela n tava querendo se entregar..ta um pouquinho confuso na minha cabeça beijos c o n t i n u a

    ResponderExcluir
  7. Amei o capítulo, perfeito assim como todos os outros *-* Até que enfim ela admitiu que gosta do Jason né, ou ela só disse aquilo porque estava com medo do que poderia acontecer? Bom, espero que não né. Enfim, continua logo, please!Eu fiquei sabendo do que aconteceu com o Alan, eu não o conhecia, mas ouvi falar dele quando ele ainda estava internado, espero que a família dele fique bem :/
    Beijkkas mesnina linda!

    Ass: Midi dos Santos

    ResponderExcluir
  8. OMG!continua por favoooor!eu preciso do proximo capitulo!CONTINUA!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. awwwww ela gosta do jason *-* continuaaa

    ResponderExcluir
  10. Continua logoooo, tá muito perfeito sua diva! *----*

    ResponderExcluir
  11. Eu vi amor :'( fiquei muito triste por ele, e estou orando para que Deus ajude a família dele a superar tudo isso, porque sei que não deve ser fácil. Bom, eu amei o capitulo! super legal hahaah ela é V1D4 LOK4 tota! e o Jason é um fofo <3 eles são lindos juntos .. bjss na bunda e continua logo ><

    ResponderExcluir
  12. ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeI,desculpa_a_demora_amor_to_sem_net_e_só_pude_vir_agora_ler_e_to_escrevendo_assim_pq_o_teclado_ta_ruim_kkkkk_

    Mas_prometo_comentar_sempre_que_eu_puder_ler_ta_perfeito

    ResponderExcluir
  13. leitora nova mas to amannnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnndo a ib,cara eu juro se tu nao continuar eu vou ai e te esquartejo juro de dedinho-ah e caso vc for lerda ou sei la e so brincadeira ok,

    ResponderExcluir
  14. Continua, tá ótima!!

    ResponderExcluir
  15. heey continuaa, ~~ leitora nova~~

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.