31/03/2013

California Sky: Capítulo 33 - Officially

| |
"What makes you so beautiful, is you don't know how beautiful you are, to me"



Santa Monica - California, segunda-feira, 7:40PM [roupa do Justin]
Não era uma festa grande, havia poucas pessoas ali e eu conhecia todas. Acho que não chegava a ter nem 40 pessoas.
Assim que nós entramos - de mãos dadas - minha mãe e Pattie vieram até nós.
Sandy: Oi queridos, onde estavam? - Ela disse passando o braço pelos meus ombros.
Sophie: Eu estava andando por aí e o Justin foi me procurar.
Pattie: Gostou da festa? Foi ideia dos seus pais. - Disse e bebeu alguma coisa que tinha no copo vermelho que ela segurava.
Sophie: Sim! Eu nem imaginava que vocês iam fazer isso, me enganaram muito bem. - Eles riram.
Sandy: Pattie, vamos ver quando vai ser aquilo. - Ela disse piscando para Pattie. Justin riu. Eles estavam me escondendo mais alguma coisa.
Pattie: Ah sim, aquilo... Vamos lá! Divirtam-se. - Ela disse e saiu atrás da minha mãe.
Sophie: O que é "aquilo"? - Perguntei pro Justin, que apenas riu.
Justin: Não faço a mínima ideia, amor. Vamos dançar. - Disse me puxando. Olhei desconfiada pra ele e ele piscou pra mim. Decidi deixar pra lá, uma hora eu ia descobrir.
Justin me puxou para onde umas pessoas dançavam e nós começamos a dançar ao som de Titanium do David Guetta. Comecei a dançar no ritmo da música e Justin segurou na minha cintura, fazendo nossos corpos se chocarem e eu sentir o membro de Justin encostando em mim. Me afastei um pouco dele e virei de frente pra ele, que estava tímido.
Sophie: Que safadeza é essa, Biebs? - Perguntei fazendo ele dar uma risadinha sem-graça.
Justin: Desculpa, não deu pra controlar. - Disse timidamente. Nunca imaginei que veria o Justin tímido.
Sophie: Vamos beber alguma coisa. - Disso sorrindo e ele assentiu.
Justin: Eu vou no banheiro antes. Já volto. - Me deu um selinho e saiu correndo com a mão na frente do pênis. Ri com isso, mas também corei. Justin tinha ficado excitado comigo. Com certeza deve ter ido resolver o problema no banheiro, mas afastei esses pensamentos. É constrangedor.
Fui até a cozinha e vi meu pai pegando uma cerveja.
Sophie: Pai! - Gritei e ele deu um pulo, me fazendo rir alto.
Paul: Quer fazer seu pai ter um infarto é? - Disse e eu ri. Fui até ele e lhe dei um abraço.
Sophie: Porque planejou isso tudo e não me disse nada? - Perguntei de braços cruzados, fingindo estar chateada.
Paul: Não foi eu, foi o Justin. Ele disse que precisava muito fazer isso. - Disse bebendo a cerveja.
Sophie: Interessante... - Peguei uma coca-cola na geladeira e a abri.
Paul: Vou procurar sua mãe. Beijo. - Disse e saiu da cozinha. Fui para a sala e sentei no sofá que estava no canto e continuei a beber minha Coca. Justin apareceu depois e agora não tinha mais aquela ereção acompanhando ele. Me segurei pra não rir disso.
Justin: Voltei, shawty. - Ele me deu um selinho e sentou do meu lado.
Sophie: Resolveu o problema?
Justin: Para com isso, tá me deixando com vergonha. - Ri.
Sophie: Ok, parei.
Justin: Cadê seus irmãos?
Sophie: Sei lá, devem estar se agarrando com as namoradas.
Justin: Bem que a gente podia fazer isso também né? - Ele disse me beijando enquanto ríamos. Justin me puxou pela cintura colando mais nossos corpos, mas uma tosse falsa fez a gente se afastar. Era meu pai e quando a gente viu ele parado com os braços cruzados nos olhando, coramos fortemente. As bochechas de Justin ficaram muito vermelhas, mas acho que as minhas não estavam diferentes.
Paul: Não precisa tanto né?
Justin: De-desculpa. - Disse gaguejando. Senti vontade de rir, mas me controlei.
Paul: Tá, tá. - Disse abaixando os braços. - Justin, acho melhor você fazer aquilo logo porque já são 9:20 e amanhã a Sophie tem aula. - Olhou rapidamente o relógio de pulso e voltou a nos encarar.
Sophie: Fazer o que?
Justin: Vem comigo. - Ele disse me puxando pela mão para a frente do palco, onde tinha 2 banquinhos que não estavam lá antes. Justin me deixou parada ali e subiu no palco.
Justin: Ér, oi gente. - Disse e todos pararam o que estavam fazendo para olhá-lo. - Preciso da atenção de vocês. Acho que todos já devem saber o motivo disso tudo né? - Ele disse e várias pessoas começaram a sussurrar. - Eu gostaria de cantar uma música pra Sophie. - Disse sorrindo. Olhei confusa para as pessoas que estavam do meu lado - Alfredo, Ryan G, Matthew e Mandy - e Ryan me empurrou até a escada do palco. Subi e Justin me fez sentar em um dos banquinhos, enquanto ele sentou no outro do meu lado.
Justin: Mas antes de cantar... - Ele colocou a mão no bolso e ia tirar algo de lá, mas pareceu lembrar de alguma coisa e permaneceu com ela lá. - Paul, antes de fazer isso, eu queria saber se você deixa eu namorar a Sophie. - Justin disse tímido e todos gritaram um "awwwwn" em coro. Justin e eu sorrimos.
Paul: Se você prometer nunca mais fazer ela sofrer. - Meu pai disse.
Justin: Eu prometo.
Paul: Vá em frente então. - Disse e Justin sorriu, não tão tímido quanto antes. Eu continuava do mesmo jeito: vermelha, tremendo, suando frio, com borboletas no estômago e coração disparado. Ainda não estava acreditando que ele ia fazer isso em cima de um palco para todos verem.
Justin ajoelhou à minha frente e só então tirou uma caixinha de veludo roxo do bolso.
Justin: Então, shawty. Eu não sei como começar isso, então vou dizer o que vier à mente. Se ficar embolado não me bate. - Disse e eu ri, assim como todos os outros. - Ok, vamos lá. - Ele suspirou. Parecia pensar no que dizer. - Lembra quando a gente se conheceu na praia? - Assenti. - Eu achei que você ia me agarrar e gritar, mas não foi bem isso. Você só faltou me bater e até hoje eu não sei porque. - Ri. - E depois você me atropelou de skate, aí eu te chamei pra tomar sorvete e você recusou. - Sorri. Ele lembrava de tudo. - Foram coisas assim que me fizeram ver que você era especial e que não se importava com o fato de eu ser famoso. Você não está nem aí se eu sou o Justin Bieber, você me trata como uma pessoa comum e eu quero te agradecer por isso. Agradecer por você ter aparecido na minha vida e feito de mim uma pessoa melhor. Me desculpa por todas as vezes que eu te fiz chorar, não era a minha intenção, eu nunca quis fazer você derramar uma lágrima sequer. Me desculpa se te fiz sofrer, me desculpa por tudo. O que eu mais quero é ficar do seu lado, fazer você rir e ouvir sua risada que é como música para os meus ouvidos. Quero te abraçar quando estiver triste e dizer que tudo vai ficar bem. Quero sentir teu beijo, teu abraço, quero poder compartilhar cada momento com você, quero você para me dar boa noite, quero você para dormir comigo. Te quero. Mais que tudo, mais que o mundo. Pode parecer clichê, mas é essa a verdade. Eu preciso de você ao meu lado. Por favor, aceita namorar comigo, shawty? - Justin disse e abriu a caixinha, revelando o anel mais lindo que eu já tinha visto. Sem exageros, era realmente lindo.
Sequei uma lágrima que insistiu em cair. É, eu estava chorando por um garoto. De felicidade. Nunca achei que isso aconteceria.
Sophie: Eu... eu aceito. - Disse sorrindo. Ele sorriu também e pegou minha mão. Colocou o anel no meu dedo e então selou nossos lábios em um longo selinho. Ainda sentia minhas bochechas vermelhas e a timidez ainda não tinha passado.
Justin me puxou pela mão e me fez sentar novamente em um dos banquinhos. Sentou na minha frente, pegou um violão e puxou o microfone para perto dele. 
Então seus dedos começaram a dedilhar as cordas e sua voz suave ecoou pela casa. Eu conhecia aquela música, ontem quando eu estava pesquisando sobre Justin eu ouvi ela. Se eu não me engano o nome é Die In Your Arms.
Não conseguia fixar meu olhar em mais nada que não fosse os olhos de Justin. Eles tinham um brilho especial, diferente dos que eu estava acostumada a ver. Brilhavam muito mais do que o normal.

[...]

Justin: Agora somos oficialmente namorados. - Disse sorrindo e me deu um selinho. Estávamos sentados no sofá e eu apoiei a cabeça no ombro de Justin.
Sophie: Obrigada. - Disse observando nossas mãos entrelaçadas e o anel no meu dedo.
Justin: Pelo que?
Sophie: Por entrar na minha vida e me fazer feliz. - Disse sorrindo. Ele sorriu também.
Justin: Eu que agradeço. - Disse e mais uma vez nós juntamos nossos lábios, dessa vez sem sermos interrompidos.

3 meses depois...
Santa Monica - Califórnia, sexta-feira, 8:00PM
3 meses haviam se passado. Estávamos em novembro, inverno aqui nos Estados Unidos. Justin estava viajando em uma mini-turnê já se faziam 3 semanas e ele voltaria hoje para cá, aliás ele já deve estar chegando.
Estava vendo meu twitter. As Beliebers estavam mais acostumadas com o nosso namoro, então só surgia um ou outro tweet me xingando, mas eu tentava ignorar. Com o tempo elas se acostumariam.
Ouvi alguém bater na porta e mandei entrar. Era Justin e ele carregava uma enorme mala com ele.
Sophie: Jay! - Disse feliz e pulei em cima dele, que quase se desequilibrou e caiu no chão comigo.
Justin: Hey shawty. - Disse ele selando nossos lábios com urgência. Parecia sentir tanta falta quanto eu.
Sophie: Estava com saudades. - Disse fazendo beicinho e ele mordeu meu lábio inferior.
Justin: Também estava. - Me deu mais um selinho. - Mas agora estou de férias até a metade de janeiro e tenho uma surpresa. - Disse se afastando de mim e puxando a mala que estava parada na porta.
Sophie: Mais surpresas? - Disse observando ele colocar - com dificuldade - a mala em cima da cama.
Justin: Sim. - Sorriu. Ele abriu a mala e tirou um envelope de dentro. - Abre. - Disse e o olhei confusa, mas fiz o que ele pediu. Quando abri senti uma felicidade enorme tomar conta do meu corpo.
Sophie: Canadá?! - Perguntei quase gritando.
Justin: Sim, vamos passar o Natal lá, se você quiser, claro. - Disse sorrindo.
Sophie: Mas é claro que eu quero! - Pulei em cima dele de novo e ele riu.
Justin: Calma, ainda tem mais. - Me colocou no chão e pegou outro envelope dentro da mala.
Sophie: Ai Justin, acho que não vou aguentar tantas emoções. - Disse pegando o envelope e ele riu de novo.
Abri e de novo quase tive um surto de felicidade.
Sophie: OMG! Disney! - Dentro do envelope estavam os ingressos dos parques e a passagem de avião de Toronto para Flórida.
Justin: Sim, para o Ano Novo. - O abracei e distribuí beijos por todo o seu rosto.
Sophie: Muito, muito, muito obrigada!
Justin: Não precisa agradecer. - Disse. - Mas eu quero meu prêmio. - Sorriu malicioso e me beijou, me empurrando em direção a cama. Bem, aí vocês sabem o que aconteceu né. E não, eu não sou mais virgem, se quer saber eu perdi dois dias antes do Justin viajar pra essa mini-turnê e não, não tem ninguém em casa nesse momento.


Liiiiiiiiiiindas, olha eu aqui de novo \o/
Adiantei bastante coisa nesse capítulo, mas é que o próximo vai ser o último #xatiada
Sobre a parte hot, eu não escrevi porque não gosto e também porque sou péssima com essas partes.
O próximo capítulo já vai ser eles no Canadá ^^
Enfim, o que acharam? Me digam nos comentários :)
Respondendo os comentários:
Amanda Correa Leite Rosa: Ok amr ^^  Obrigada por comentar.
Midi dos Santos: Sim, Jus10 é um perfeito u.u  E eu n-ã-o sou diva. Bjs ;*
Pequena do Justin: Fico feliz que tenha gostado, diva :D
Evellyn: Obrigada por comentar e já postei u_u
Fernanda de Mello: Obrigada :D
Stella: Awn, muito obrigada fofa e eu não sou diva :)
Ana Carolina: Sou diva não :s
Beatriz R: Muito obrigada xará :D
Anônimo: O próximo é o último :c
Fiquei muito triste pq só teve 9 comentários :c
#bolada
Até o próximo capítulo gente e não esqueçam de falar comigo pelo ask :D


OBS: VOTEM NA NOVA ENQUETE PRA ESCOLHER A PERSONAGEM PRINCIPAL DA MINHA NOVA IB.

8 comentários:

  1. Amei o capítulo *-* Como assim o próximo vai ser o último??? Ai, conseguiu me fazer chorar, sua má :'( Enfim, ansiosa para o próximo capítulo - Que infelizmente é o último :( - Espero que não demore muito para postar, please!
    Beijos mesnina linda!

    Ass: Midi dos Santos

    ResponderExcluir
  2. \O/ \O/ AIN QUE LINDO! GENTE DO CÉU! QUE COISA MAIS FOFO <3 EU AMEI, DE VERDADE! #PERFEITO o Justin é um safadinho, e lindo ao mesmo tempo. Cara, eles são ótimos juntos acho super fofo :3 to triste que esse seja o penúltimo capitulo, essa ib é tão linda! estou curiosa *u* continua for. Beijo na bunda <3

    ResponderExcluir
  3. Aaaaaah fofos,lindos,maravilhosos.. Por nada amr. E JA É o ULTIMO?? poxaa :/.. amo essa IB. Continua logoo

    ResponderExcluir
  4. Nâo acredito que o próximo vai ser o último! Cara essa IB ta sendo perfeita :)
    Curiosa para o último cap! Me emocionei demais no texto do Justin * -- * Continuaaa <3
    Beijos lindaa
    // Beatriz R \\

    ResponderExcluir
  5. Diva diva diva SIM, nossa cara, eu acho que eu vou chorar no ultimo cap, acho não, tenho certeza, aaaaaaah continua!

    ResponderExcluir
  6. Nossa ta perfeito linda
    como sempre claro,
    ansiosa pro proximo;)
    continua *-*

    ResponderExcluir
  7. ui kkkk continuee q perfect...eles n vao mais se separar ne?!?! por favor kkk

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.