24/02/2013

7 Things: Date me?

| |
I threw my hands in the air, I said "show me something".
He said, "if you dare come a little closer".



(aviso: antes de tudo, leiam aqui)

Juliana narrando:

Acordei num lugar estranho. Um quarto todo branco, um armário pequeno, uma TV de plasma que devia ter 25 polegadas, um criado mudo, uma mesa redonda pequena com uma cadeira, um sofá e uma poltrona, uma porta que de deveria ser a saída e uma do banheiro.
Espera, porque eu to com um cano no braço? Isso é estranho.
O que eu to fazendo num quarto de hospital?
Pelo que eu me lembro, estava no carro do Justin.
Aliás, cade o Justin?

Pattie: Querida, você acordou! - Disse contente, saindo do banheiro
Eu: Pattie, o que aconteceu? - Falei fraco
Pattie: Você e o Justin sofreram um acidente ontem quando voltavam do aeroporto. Parece que o Justin parou em frente ao shopping pra deixar seu irmão, então um carro veio com tudo na contra-mão e bateu de frente com o carro do Justin. - Respondeu sentando no sofá que ficava perto da enorme janela.
Eu: E cade o Justin? Ele ta bem? - Perguntei assustada
Pattie: Ele ta bem, está no quarto aqui do lado, mas você se machucou mais do que ele. - Olhei meus braços e realmente, eu estava toda cortada.
Eu: Meu Deus Pattie... E o bebê?
Pattie: Só um minuto Ju, vou trazer o Justin pra te ver. - Assenti e ela saiu do quarto.

Como será que o meu filho ta? O tempo inteiro eu pensava naquilo. Logo veio Pattie e Justin. Ele realmente parecia bem, só com alguns arranhões, tentei sentar na cama mas não consegui pois não tinha força.

Justin: Juuuuuu! - Correu pra me abraçar, percebi um sorriso fraco no seu rosto e quando ele se aproximou, notei que seus olhos estavam inchados.
Eu: Bebê, como você ta? - Dei um selinho nele e ele me ajudou a levantar, fiquei sentada na cama e ele sentou do meu lado.
Pattie: Vou deixar vocês a sós. - Se retirou
Justin: To muito mal mor, tenho uma notícia pra te dar, mas você tem que prometer ser forte. - Assenti, com medo. Ele me colocou deitada em seu colo e continuou...- O bebê não sobreviveu.

Espera, o quê? Como assim o meu filho não sobreviveu? Aquele era, oficialmente, o pior dia da minha vida. Não consegui responder o Justin, comecei a chorar feito louca e parecia que eu não ia parar nunca.
A verdade é que aquela dor jamais iria sair de mim.
Como a gente pode amar tanto uma pessoa que ainda nem nasceu?
Incrível.

Justin: Calma meu amor, eu também to mal, muito mal.. Mas talvez seja melhor assim, quer dizer, se isso aconteceu, é porque papai do céu achou que seria melhor. Por favor, seja forte. Nós também somos muito novos... mais pra frente podemos ter um time de futebol se você aguentar. - Ri fraco enquanto secava as minhas lágrimas
Eu: Não me abandona, nunca, por favor. Eu sou dependente de ti pra tudo. Eu te amo muito. 
Justin: Eu nunca vou te deixar. Como eu poderia abandonar o motivo do meu sorriso? - Sorrimos e ele me deu um beijo na testa.
Eu: Mas, um time de futebol mor? Não é muito não?
Justin: Ah bebê, acho que não, já que vamos ter uma casa enorme. Podemos ter 2 times de futebol!
Eu: Que isso? Não somos coelho! - Rimos - Quando eu saio daqui mor?
Justin: Amanhã vida.
Eu: Ótimo!
Justin: Mor, tweetei que Justana está de volta.
Eu: OMG Justin! Como assim? E as suas Beliebers? Elas vão querer me matar. E porque "de volta" sendo que é a primeira vez que estamos juntos?
Justin: Calma mor, elas apoiaram, e, sei lá. - Rimos
Eu: Besta! - Cantarolei 
Justin: Que você ama.
Eu: Muito! - Sorrimos e nos assustamos quando a porta começou a abrir, mas era só o médico.
Dr: Desculpa interromper, mas a senhora, Juliana, precisa descansar. Tudo bem?
Eu: Certo. - Sorri sem mostrar os dentes
Justin: Vou lá amor. Fica bem, tá? Depois eu volto pra te encher mais um pouco! - Sorri e assenti, ele me deu um selinho e saiu do quarto.
Dr: Descansa um pouco, daqui a pouco chega a janta. - Disse 
Eu: Ta bom.
Dr: Pronto. Licença.
Eu: Obrigada. - Ele deu um meio-sorriso e saiu do quarto, me deixando sozinha. O barulho da tv ecoava no quarto, eu não gostava daquilo. Então olhei pro lado e vi que meu celular tava em cima do criado mudo. - Como eu não pensei nisso antes?! - Disse à mim mesma, pegando o celular.

Entrei no twitter como de costume e tinha várias mentions perguntando como eu estava, e #PrayForJustinAndJu estava nos assuntos mais comentados, aquilo era incrível, como eles já sabiam?
Óbvio, resolvi dar satisfação.

@JuAlbuquerq: I will be fine. Thanks a lot, love u #muchlove 

Não respondi nenhuma mention, nem as da Bru, do Austin, de ninguém. Resolvi stalkear o Justin, como sempre. E ele tinha tweetado algumas coisas.

@JustinBieber: Sad and scared. But it's all right now. thanks thanks thanks 
@JustinBieber: You're the best fans in the world. I LOVE YOU ALL, MY BELIEBERS!
@JustinBieber: Thank you for everything.

Dei RT no primeiro tweet e entrei no facebook, fiquei uns 10 minutos mexendo lá, falei com Austin, ele disse que ta adorando a Australia, isso é bom.
Até que recebi uma ligação, mas no telefone do quarto. Não tinha como eu saber quem era.

Ligação mode on:
Eu: Alô?
xxx: Juliana, a senhora poderia entrar no twitter do senhor Bieber?
Eu: Oxe..que estranho.
xxx: Por favor.
Eu: Tá né.
xxx: Obrigada. Desculpa incomodá-la. - Disse e desligou antes que eu pudesse responder.
Ligação mode off.

Que estranho cara, eu hein. Fazer o que no twitter do Jubs se eu acabei de sair de lá? Ok, ok.
Mesmo achando estranho, eu entrei. Fiquei boquiaberta quando vi o que ele tinha tweetado a segundos atrás.

@JustinBieber: You're my everything. I love you so much, you're my life. Pls, date me? @JuAlbuquerq

Não pensei duas vezes e respondi, ok, eu estava explodindo de felicidade, dei RT e favoritei, haha. Em questão de segundos, tinha umas milhares de mentions falando pra eu aceitar.

@JuAlbuquerq: I love you more than anything. Of course I accepted! I can't live without you. @JustinBieber <3

Segundos depois bateram na porta e eu corri pra atender, não sei de onde arrumei forças, mas eu arrumei, quando abri fiquei mais impressionada ainda. O Justin estava ajoelhado segurando um anel e um buquê de flores.


Oi amores. :)
Kra, to muito decepcionada com vocês (não só eu). Vocês simplesmente não comentam mais '-'
O capítulo tem 47163628352 visualizações e 3 comentários, tipo??????? Isso não é legal. E não to falando só da minha IB!
Mas enfim, isso vocês já leram lá no link que eu coloquei no começo do cap., né?! Ótimo.
Espero que nesse vocês comentem muuuuitooo!! Pq os próximos capítulos são novos, nem no meu outro blog eu postei, hehe.
Enfim.
Comentem! haha
beijosss

9 comentários:

  1. Continua, eu amo de essa IB, ou melhor eu amo todas as IBS do blog! awwn continua por favor!

    ResponderExcluir
  2. ei, amo suas fics... não comentei nehuma vez ainda mas sempre tou aqui lendo, continua

    ResponderExcluir
  3. Contiuaaaa e meu deus o bebe não podia morrer :( , mas também eles estão namorando agora :D

    ResponderExcluir
  4. Triste em saber que o bebê morreu :'( O lado bom é que agora eles estão namorando néh:/ Bom, o capítulo está perfeito, apesar da perda do bebê, continua, please!
    Beijos linda!


    Ass: Midi dos Santos (@midisantosv)

    ResponderExcluir
  5. Ta muito perfeito, parabenss, ainda bem que agora vc vai continuar a escrever, uhuuul

    ResponderExcluir
  6. Perfeitooo!! Continua!! @AnaJuBiebs

    ResponderExcluir
  7. Ow ela perdeu o bebê?! Como assim man! Mas foi melhor pra eles né !! TIPO WHAT?! ELE PEDIU ELA EM NAMORO VIA TWITTER?!?! MININA CRIATIVA VC HEIN?!?!?!?!'!? CONTINUA

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.