02/12/2012

LLG 2nd Season: Capítulo 25 - Remembering

| |
18303_442697482445287_1032099714_n_large

Beverly Hills - Los Angeles, segunda-feira, 1:00PM
Depois de ligar para Caitlin, marcamos de nos encontrar em um restaurante perto de onde estávamos. Pegaria Bob depois do almoço.
Justin: Nós poderíamos comer no Subway. - Disse enquanto caminhávamos até o restaurante italiano que havíamos combinado.
Carly: Você tem que comer comida saudável, não ouviu sua mãe?
Justin: Tá bom, mãe. Mas eu preferia Subway.
Carly: Você sabe que o restaurante que vamos é italiano?
Justin: Tá brincando?! Sério? Vou comer espaguete! - Jogou as mãos pro alto e fez uma dancinha esquisita em comemoração, fazendo eu e Joe rir.
Carly: Você não é normal. - Disse rindo.
Justin: É o espaguete que faz essas coisas comigo. - Riu e me deu um beijo na bochecha.
Entramos no restaurante e Caitlin e Austin já estavam sentados em uma mesa mais isolada. Fomos até lá e nos sentamos.
Austin: Demoraram...
Carly: Fomos levar o Bob na pet shop.
Justin: Já fizeram o pedido?
Austin: Já. Pedimos espaguete pra todo mundo.
Justin: Que ótimo, não vejo a hora de comer. - Se arrumou na cadeira.
Carly: Pra quem queria ir pro Subway...
Justin: É que eu não sabia que aqui era restaurante italiano. - Eu e Austin rimos. Caitlin estava vendo algo no celular.
Caitlin: Tenho uma ótima notícia. - Disse colocando o celular na mão de Austin, que bufou e o colocou no bolso.
Austin: Qual? Você nunca mais vai me dar coisas pra por no bolso? - Ela deu uma risada irônica.
Caitlin: Não, eu vou ficar aqui em LA a semana toda. - Disse animada.
Carly: Sério? Precisamos comemorar!
Justin: Vocês querem comemorar tudo também..
Austin: Verdade.
Caitlin: Claro que não, nós só comemo..
xxx: O almoço de vocês. - O garçom disse colocando os pratos em cima da mesa, interrompendo Caitlin.
Justin: Muitíssimo obrigado, você não imagina o quanto eu estava esperando por esse alimento divino. - Ele apertou a mão do garçom, que sorriu e se retirou. Nós rimos.
Comemos enquanto conversávamos, menos Justin que estava ocupado se concentrando na comida. Às vezes ele dizia alguma coisa, mas a maior parte do tempo ele ficava apenas comendo.
[...]
Austin: Tenho algumas coisas pra resolver. Você vai comigo, Cait? - Disse enquanto caminhávamos pra fora do restaurante.
Caitlin: Aham, não quero ficar segurando vela. - Rimos. - Depois nos encontramos, Carly. - Ela me deu um beijo na bochecha. - Tchau, Biebs. - Eles se abraçaram.
Justin: Até mais. Tchau, Austin. - Eles fizeram aqueles toques que os garotos fazem. (sabem como é né? aqueles que o Justin faz com os homens haha)
Austin: Tchau. Tchau chata. - Disse à mim e me abraçou.
Carly: Tchau irritante. - Ele riu.
Depois das despedidas Caitlin e Austin entraram no carro de Austin e eu e Justin caminhamos até a pet shop. Bob ainda não tinha terminado, então ficamos olhando as roupas.
Justin: OMG! - Ele me mostrou uma roupa roxa que estava escrito Bieber em cima.
Carly: OMB! - Disse e peguei a roupa da mão dele. - Precisamos levar essa! - Justin riu.
Justin: Tá tendo um surto de Belieber é? - Se aproximou e envolveu minha cintura com os seus braços.
Carly: Ah, sabe como é né. Às vezes eu tenho esses surtos. - Ele riu e selou nossos lábios, em um beijo bem rápido, pois estávamos em público.
Justin: Vamos levar essa roxa e essa vermelha. - Pegou uma vermelha com capuz.
Carly: Ok, eu vou pagando e você vai ver se o Bob tá pronto. - Ele assentiu e eu fui até o caixa. Paguei tudo e quando voltei Justin estava com Bob no colo e bagunçando o pelo dele.
Carly: Justin! Você tá bagunçando ele. - Peguei o Bob do colo dele.
Justin: É pra deixar ele com swag. - Disse rindo e veio pra tentar bagunçar mais, mas eu virei e ele me mandou língua, me fazendo rir.
Justin: Opa, meu celular tá tocando. - Tateou o bolso e tirou o iPhone 5 com uma capa do Canadá. Ficou alguns minutos falando e logo desligou.
Carly: O que foi? - Disse enquanto caminhávamos até a porta.
Justin: Eu vou ter que encontrar Scooter pra resolver algumas coisas. - Disse chateado. - Queria passar o dia com você.
Carly: Não fica assim. Você passa todos os dias comigo. - Dei um selinho nele.
Justin: Mas eu queria passar mais tempo ainda com você.
Carly: Você pode ir lá em casa a noite. - Ele deu um sorriso malicioso. - Para comermos pizza.
Justin: Ah, pizza.. - Disse decepcionado. Não disse nada, apenas continuei caminhando até o carro.
Sabe, eu sei que agora Justin tem 21 anos, que é um homem, que eu tenho 19 anos e que ele quer fazer essas coisas (é essa "coisa" que vocês estão pensando mesmo haha), mas eu ainda não estou preparada. Eu namorei somente uma pessoa depois que terminei com o Justin e ele me respeitava muito e entendia que eu ainda não estava preparada. Não que o Justin não me respeite, ele me respeita até demais, mas eu nunca encontrei o cara certo. Talvez Justin seja esse cara, mas eu não sei quando é a hora certa.
Justin: Chegamos madame. - Disse quando parou o carro em frente à minha casa, me despertando dos meus pensamentos. Joe desceu primeiro e entrou em casa carregando Bob no colo, pra me deixar à sós com o Justin um pouco.
Carly: Obrigada. - Sorri.
Justin: Mais tarde eu venho aqui. Trago a pizza e você arranja o refrigerante.
Carly: Ok. - Dei um selinho nele. - Até à noite então. - Ia saindo do carro, mas Justin me segurou.
Justin: Só isso que eu ganho? - Fez bico e eu revirei os olhos.
Carly: Manhoso como sempre. - Rimos e eu selei nossos lábios. Justin pediu passagem para a língua e eu cedi. Novamente eu tinha a sensação de borboletas no estômago, é assim toda vez que beijo ele. Infelizmente nós não podíamos ficar muito tempo ali, já que poderia aparecer algum paparazzi.
Justin: Agora sim. - Ele sorriu e eu ri.
Carly: Tchau, manhoso. - Disse saindo do carro.
Justin: Tchau, linda. - Sorri e bati a porta do carro. Justin acelerou e entrou na garagem da casa dele, enquanto eu entrei na minha casa.
Carly: Cheguei! - Gritei mas não obtive nenhuma resposta. Fui até a cozinha e Margareth estava conversando com Emma. (Pra quem não lembra Margareth é a cozinheira e Emma é a empregada)
Carly: Olá moças.
Emma: Oi Carly.
Carly: Onde tá o povo dessa casa?
Margareth: Robert e Lauren saíram agora a pouco.
Carly: Hmm, ok. Vou subir então. - Elas assentiram e eu subi a escada correndo. Não tinha nada pra fazer, então decidi tomar um banho de piscina. Fui até o closet pegar meu biquini, mas vi a caixa roxa [n/a:imaginem que seja grande] em um canto isolado. Imediatamente várias lembranças vieram a minha mente. Decidi pegá-la, aliás estava de folga e não tinha nada pra fazer.
Ela estava exatamente como a deixei da última vez, sem nenhuma poeira, já que Emma limpava meu closet todos os dias.
Assim que a abri vi um porta retrato também roxo com a foto que tirei com Justin no aeroporto, quando o conheci. Lá também estava o primeiro CD que comprei dele: My World. Ele era tão fofo e pequeno, com aquela vozinha fina e o cabelo grande, tão novo e tão talentoso. Já colocava sorrisos no rosto de milhares de pessoas, inclusive o meu. Senti algo quente percorrer meu rosto e percebi que eram lágrimas. Lágrimas de orgulho por ver ele crescer e ver que meu sonho se realizou. Nós vivemos tantos momentos juntos, tantos momentos felizes e tristes, momentos que eu achava que nunca ia se tornar realidade.
Lá no fundo estava a revista que minha mãe me deu quando Justin me convidou para a festa da Vanity Fair. Olhei para a parte onde ficava os vestidos e lá estava ele, o vestido que usei no dia daquela festa. Guardaria ele pra sempre, até o último dia da minha vida, pois naquele dia eu percebi que tinha um príncipe comigo, meu melhor amigo, meu namorado e meu ídolo, o garoto com quem sonhei durante anos.
Dentro da caixa também tinha algumas fotos, revistas, posters, dvds de shows feitos por mim, o anel que Justin me deu quando começamos a namorar pela primeira vez, o ingresso do primeiro show dele que eu fui e até mesmo um daqueles papeizinhos que soltam no final da música Baby, na My World Tour. Exatamente tudo estava ali.
Lembrei da época em que eu estudava em Londres e que falavam que eu nunca ia conhecê-lo, que eu era uma criança por gostar dele e que ele nem sabia que eu existia. Finalmente eu posso dizer que eu conheci ele e que ele sabe que eu existo. Finalmente posso dizer que meu sonho se realizou.
Vi uma foto que tiramos quando Justin estava me ensinando a tocar violão. Foi um sacrifício pra mim aprender e Justin ficava até nervoso de tanto que eu era lerda.
Carly: É Justin, finalmente eu aprendi a tocar violão. - Disse à mim mesma e ri.
Vi o violão preto no canto do meu quarto e uma ideia veio à minha mente. Foi incrível como apenas vendo meus tesouros, eu consegui compor algo na minha mente, tudo em apenas alguns minutos.
Peguei alguns papéis, um lápis e o violão e deslizei o dedo pelas cordas, tentando pensar na melodia. 
Logo já tinha tudo formulado na minha mente e só tinha que passar para o papel.

Sinceramente, eu adorei esse capítulo. Achei muito fofo a parte que ela lembra de quando sonhava em conhecer o Justin.
E vocês, o que acharam? Digam nos comentários ^^
Quem me mandou selinho, eu não postei ainda porque preciso das respostas da Liny e da Adri, mas elas não entram no msn :(
Obrigada pelos comentários e elogios no capítulo anterior, mesmo ele tendo ficado ruim haha
Criei um twitter, sigam? @BieberIsAngel_  Sigo de volta.
Até o próximo capítulo :)
+8 pro próximo

8 comentários:

  1. Uuuuuuh acho que o proximo capitulo vai ser hooot hehehe'
    Ownnnnx esse capitulo foi taocute ><'
    Eu amo demais esse imagine, é a primeira IB que eu leio que esta na segunda temporada e nao tem nenhuma parte hot *o*
    Amo demais !

    ResponderExcluir
  2. Eles sao fofos de mais!!!! Que perfeitos !! Continua logo!!!!

    ResponderExcluir
  3. http://sonhemaisalto-belieber.blogspot.com.br/2012/12/4-selinhos.html
    AMOR TE DEI 4 SELINHOS *-*

    ResponderExcluir
  4. Ficou d++++++++++++ continua

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.