22/04/2012

IB: Little London Girl - Capítulo 26

| |
Acordei e olhei as horas no celular. 8h30min. Legal, meu celular não despertou e eu estou atrasada. Levantei e tomei um banho super rápido de uns 5 minutos. Penteei meu cabelo, me vesti e desci. Não tomaria café hoje. Peguei minha mochila e saí correndo. Teria que esperar o ônibus, o que demoraria bastante pois existem poucos ônibus aqui em Los Angeles. Fiquei uns 10 minutos lá no ponto, até parar um carro na minha frente. Era Justin.
Justin: Quer carona moça bonita?
Carly: Claro gentil rapaz. - Nós rimos e eu entrei no carro.
Justin: Está bem atrasada. - Ele olhou o relógio de pulso rapidamente e depois voltou a fitar a pista.
Carly: Sim, meu celular não despertou e vou ter que entrar na segunda aula. O diretor não vai gostar nada.
Justin: Que horas é a segunda aula?
Carly: 10h30min.
Justin: Então dá tempo de irmos no Starbucks.
Carly: Pode ser. - Ele virou em uma rua à direita.
Carly: Justin, para onde você estava indo?
Justin: Tomar café e depois ir no estúdio.
Carly: E eu não vou te atrasar?
Justin: Relaxa, eu vou ligar pro Scooter. - Assenti.
Chegamos no Starbucks e pedimos Cappuccino. Sentamos em uma mesa e Justin ligou pro Scooter.
Justin: Scooter ligou para a Katy e ela só tem horário para a reunião às 11h20min.
Carly: Mas eu vou estar na escola.
Justin: Você pode faltar né?
Carly: Tenho que avisar minha mãe. E você tem que falar com o chefe dela.
Justin: É verdade. Temos que ir lá. Onde é?
Carly: Não sei. Tenho que ligar pra ela. - Liguei para minha mãe e expliquei tudo a ela. Ela passou o endereço e o nome do chefe dela, então eu e Justin fomos até lá.
Justin: Tomara que ninguém aqui seja fã do Justin Bieber. - Ele riu.
Carly: Vamos entrar pra ver né. - Saímos do carro e caminhamos até a recepção. Minha mãe trabalhava em uma empresa de construção. Ela era arquiteta.
Quando entramos todas as pessoas olharam para nós.
Justin: Eu gostaria de falar com o Senhor Simon Lawrence.
Recepcionista: Vou ver se ele pode atendê-lo. - Ela ligou para algum lugar e óbvio que Simon autorizou.
A recepcionista nos guiou até a sala dele e nós entramos.
Simon: Entrem e podem sentar. - Nós sentamos.
Justin: Muito prazer. - Eles se cumprimentaram.
Simon: O prazer é meu.
Justin: Essa é a filha da Sra. Lauren e nós precisamos urgentemente de um favor seu.
Simon: Pode falar.
Justin: Nós precisamos que o Sr. deixe a Lauren sair às 11h para tratar de alguns negócios importantes.
Simon: Não sei. Nós temos muitos serviços aqui hoje e ela é a única arquiteta disponível.
Justin: É só por 2 horas no máximo. Por favor.
Simon: Tudo bem, mas é só por 2 horas. Nenhum minuto a mais.
Justin: Muito obrigada Senhor. - Nós nos despedimos dele e saímos. Alguns funcionários pediram pra tirar fotos e autógrafos, mas nada fora do normal.
Justin: Agora vamos pro estúdio e você pode ficar me vendo gravar. - Ele me deu um beijo e então deu a partida.
Chegamos no estúdio 10h10min e Scooter, Alfredo e mais algumas pessoas que eu não conhecia estavam lá. Cumprimentei todos e sentei no sofá, enquanto Justin gravava.
De vez em quando ele parava pra ficar um pouco comigo, e depois continuava. As músicas estavam ficando muito perfeitas. Nunca imaginaria que pudesse ser uma das primeiras pessoas a ouvir elas. 
Justin ficou gravando até as 11h10min.
Justin: O que achou? - Ele sentou do meu lado.
Carly: Perfeito. Nunca imaginei que um dia ia ser uma das primeiras pessoas a escutar um CD seu. - Dei um selinho nele.
Justin: E algum dia você imaginou isso? - Ele me beijou. Sorri durante o beijo. Ele parou o beijo e me deu vários selinhos depois.
Carly: Imaginar eu já imaginei, mas nunca achei que se tornaria realidade.
Justin: Never Say Never. - Ele me beijou novamente.
Scooter: Desculpa interromper os pombinhos, mas a mãe da Carly já chegou e está subindo. (o estúdio ficava no 4º andar de um prédio.)
Justin: Ok. - Ficamos ali conversando sobre minha carreira até a Katy chegar, o que não demorou. Depois fomos até uma sala de reuniões que tinha no mesmo prédio.
Na reunião Katy disse que eu ia assinar com a mesma gravadora que ela e Justin, a Island Def Jam. Scooter seria meu empresário e minha mãe teve que assinar alguns papéis. Combinamos de gravar minha primeira música amanhã depois da escola. Foi apenas isso. Terminamos a reunião e minha mãe voltou pro trabalho. Eu e Justin decidimos ir até o shopping. Tinha vários paparazzis na saída do estúdio. Entramos no carro depois de bastante dificuldade e Justin decidiu falar com eles.
Paparazzi: Você e Carly Miller estão namorando?
Justin: Sim, nós estamos.
Paparazzi: E você está fazendo ela virar uma cantora?
Justin: Eu não estou fazendo, ela já é. Eu apenas estou ajudando ela a ter reconhecimento.
Paparazzi: E quando sai o primeiro single dela?
Justin: Em breve. Ela vai começar a gravar amanhã.
Paparazzi: Obrigada Justin e tenha um bom dia.
Justin: Vocês também. Tchau. - Justin deu a partida e fomos até o shopping. Chegamos e por sorte, não estava muito cheio. Assim poderíamos andar com tranquilidade.
Justin: Me ajude a comprar algumas roupas pra mim.
Carly: Seria um prazer. - Nós rimos. Fomos até uma loja e compramos várias peças de roupa.
Justin: Agora vamos comprar algumas roupas pra você.
Carly: Justin, eu já disse que não precisa gastar seu dinheiro comigo.
Justin: É só um presente. Por favor.
Carly: Justin...
Justin: Eu vou ficar triste se você não aceitar.
Carly: Tá bom, mas é só dessa vez.
Justin: Yeeeeeaaah. - Nós rimos.
Entramos em algumas lojas e compramos algumas roupas. Depois Justin foi me levar em casa, pois tinha que voltar para o estúdio.
Carly: Biebs, pode me deixar aqui. Eu vou na casa de Austin pedir o caderno dele emprestado. - Estávamos na frente da casa de Austin.
Justin: Eu vou com você. Vamos fazer uma surpresa pro Austin. Ele é meu fã certo?
Carly: Sim. Vamos lá então. - Saímos do carro e a Austin atendeu.
Austin: OMG. - Nós rimos e Austin continuou com aquela cara de espanto.
Justin: E aí bro? Tudo bom? - Eles se cumprimentaram.
Austin: Tudo sim. E você?
Justin: To bem.
Carly: Mas então Austin, eu queria saber se você podia me emprestar seu caderno para copiar a matéria de hoje.
Austin: Ah sim, está lá em cima. Eu vou buscar. Vocês podem vir comigo se quiserem.
Carly: Nós queremos. - Subimos até o quarto de Austin e o quarto dele era cheio de cartas de fãs. Nas paredes, tetos, guarda-roupa, TUDO.
Justin: Seu quarto é muito foda. - Ele disse olhando as cartas.
Austin: Obrigada. - Ele sorriu e tirou o caderno que estava dentro da mochila.
Olhei para Justin e ele estava sorrindo e olhando para um boneco dele em uma prateleira. Sorri também.
Austin: Aqui o caderno, Carly. - Ele me deu o caderno.
Carly: Obrigada Austin. Mais tarde eu trago aqui.
Austin: Pode me entregar amanhã. Não tem lição.
Carly: Ok. Tchau. - Dei um abraço nele. 
Justin: Tchau mano. - Eles deram um aperto de mão.
Austin: Tchau.
Entramos no carro de Justin e ele me levou até em casa, que não era longe mas ele fez questão.
Justin: Tchau shawty. - Ele me deu um beijo.
Carly: Tchau bebê. - Dei um selinho nele e saí do carro. Entrei em casa e fui colocar comida pro Bob. Depois fui copiar a matéria e quando terminei fui dormir um pouco, com o Bob.

6 comentários:

  1. segue? http://belieber-forevermente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A-M-E-I... Leitora nova no pedaço.Queria saber se você pode dar uma olhada no meu blog?
    http://never-say-never-to-your-dream.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu vi e queria seguir, mas não achei onde fica. Onde é?

      Excluir
  3. Ameii,mim segue no Twitter @8Lizandra

    ResponderExcluir
  4. Eu to amando de verdade. Você tem muito talento pra escrever. Eu escrevo bem, mas gosto mais de escrever músicas. é um Hobby meu. Continua... e se puder segue: esse http://ib4you.blogspot.com.br/ e esse http://imaginekidrauhlswag.blogspot.com.br/. beijos

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar um comentário. Além de deixar a autora feliz, vai ajudá-la a saber se você está gostando ou não. Se achar algum link que não esteja funcionando nos avise.